Atividade no mercado imobiliário português poderá superar este ano os níveis de 2018, revela o “Market Update” da Cushman & Wakefield

Veja aqui os principais tópicos e a análise completa no press-release e no relatório em anexo.
 

  • Até setembro, foram transacionados mais de 149.000 m² de escritórios na Grande Lisboa, com a área média ocupada por operação a atingir um novo recorde
     
  • Retalho regista mais de 620 negócios entre janeiro e setembro, alcançando um crescimento homólogo de 50% face a 2018
 
  • Atividade no setor de Industrial & Logística continua limitada pela escassez de oferta moderna e de qualidade, estando em desenvolvimento 340.000 m² de novos armazéns
 
Volume de investimento em imobiliário comercial até setembro chega aos €1.700 milhões, com os setores de escritórios e retalho a dominar o valor transacionado

Tags:

Subscrever

Media

Media