Cushman & Wakefield publica opinião de dezenas de investidores imobiliários sobre Portugal pós-COVID19

87% continuam a seguir o mercado de perto e 63% estavam prontos a apresentar ofertas, mesmo durante o confinamento
 
A Cushman & Wakefield divulgou hoje os resultados de um inquérito realizado junto de mais de 50 investidores. Esta iniciativa, realizada em conjunto com a Cushman & Wakefield  Espanha (que também publicou os resultados para o país vizinho), visava entender o impacto da pandemia em Portugal nas intenções de investimento, nos mercados de ocupação e nos níveis de preços para as diferentes classes de ativos imobiliários. 

Somando as intenções de investimento de todos os participantes, haverá mais de € 7.000 milhões disponíveis para adquirir imobiliário comercial em Portugal. Confiantes na liquidez do mercado português, os investidores têm ainda cerca de € 3.000 milhões previstos em vendas num futuro próximo.

O apetite pela aquisição de escritórios e residências de estudantes continua em alta, mas as classes que registam um maior aumento da procura são logística, residencial de rendimento e o setor da saúde. A maioria dos participantes prevê ainda que, precisamente nestes setores, a atividade ocupacional regresse já daqui a 3 meses. Os restantes setores terão uma recuperação mais lenta, com destaque para retalho e hotéis.

83% dos inquiridos considera que o mercado de investimento retomará os níveis de atividade e de preços pré-COVID19 ao longo dos próximos 18 meses. A descida de preços será mais evidente nas áreas de retalho e hotelaria, enquanto a logística, escritórios e residências de estudantes verão menores oscilações.
 
Sobre a Cushman & Wakefield
A Cushman & Wakefield (NYSE: CWK) é uma consultora líder global em serviços imobiliários que cria valor significativo a ocupantes e investidores em todo o mundo. A Cushman & Wakefield está entre as maiores empresas de serviços imobiliários com 51.000 colaboradores distribuídos por 400 escritórios em 70 países. Em 2018, a consultora registou uma faturação de 8,2 mil milhões de dólares através de serviços de agência, representação de inquilinos, vendas e aquisições, gestão de imóveis, gestão de projetos, consultoria e avaliações. Para saber mais visite www.cushmanwakefield.pt

Tags:

Subscrever