UMA NOVA TENDÊNCIA EM WORKPLACE STRATEGY

A Cushman & Wakefield, em mais uma iniciativa What’s Next, deu a conhecer esta semana aos seus clientes a certificação de edifícios mais inovadora do mercado, a certificação WELL.

A WELL é a primeira certificação de edifícios concentrada exclusivamente na avaliação do bem-estar dos seus ocupantes, defendendo o conceito de que os imóveis são um meio para melhorar a saúde e o bem-estar das pessoas.

Esta certificação agrupa os seus critérios em 10 conceitos – Ar, Água, Nutrição, Luz, Movimento, Conforto Térmico, Acústica, Materiais, Mente e Comunidade.

A certificação WELL está a ganhar impulso na Europa, potenciando um modelo de construção para o imobiliário que valoriza a saúde dos seus ocupantes. Esta tendência terá um impacto direto no mercado de escritórios a nível global, uma vez que a atração e retenção de talentos é cada vez mais um fator estratégico para as empresas.

O evento contou com a presença de Laura Danzig, diretora de Sustentabilidade da Cushman & Wakefield em Espanha, e que fornece, entre outros serviços, consultoria na certificação WELL. Segundo Laura, “Esta nova certificação procura proporcionar aos trabalhadores um estado de satisfação que favoreça o seu crescimento profissional e lhes permita atingir todo o seu potencial, para benefício deles próprios e da organização em que se inserem”.

Os benefícios das estratégias de bem-estar no local de trabalho, tanto ao nível pessoal dos trabalhadores como ao nível corporativo (no que ao aumento de produtividade se refere), vão impulsionar um crescimento de, pelo menos, 6% ao ano no setor do bem-estar ao longo dos próximos três anos.

“Esta tendência representa uma enorme oportunidade para o setor imobiliário. O escritório é um espaço crítico para suportar as iniciativas de bem-estar dos seus ocupantes, e os proprietários deverão oferecer aos seus inquilinos as condições necessárias para a implementação das suas estratégias de bem-estar com eficiência. A certificação WELL, é uma ferramenta importante para orientar as empresas na adaptação dos seus escritórios e das suas políticas de bem-estar, de forma a atender às exigências dos funcionários. Por sua vez, a WELL é fundamental para os promotores que pretendam desenvolver projetos que estejam em linha com os requisitos das empresas em todo o mundo”, conclui Laura Danzig.

Lançada em 2014, a WELL possui mais de 250 projetos certificados em todo o mundo. EUA, China, França e Austrália lideram a lista, sendo que os EUA ocupam o primeiro lugar com 85 projetos, seguidos pela China com 69 e Austrália e França, ambos com 17. A Europa responde por 21% dos projetos certificados, num total de 55. Mais de metade dos projetos possui certificação Ouro (55%), seguida pelos projetos com certificação Prata, que representam 31%. O setor de escritórios é predominante na WELL, com 74% dos projetos certificados. Em Portugal não existe ainda nenhum projeto certificado ou em fase de registo, mas são vários os promotores e ocupantes a estudarem atualmente a adoção desta certificação.
 
Sobre a Cushman & Wakefield
A Cushman & Wakefield (NYSE: CWK) é uma consultora líder global em serviços imobiliários que cria valor significativo a ocupantes e investidores em todo o mundo. A Cushman & Wakefield está entre as maiores empresas de serviços imobiliários com 51.000 colaboradores distribuídos por 400 escritórios em 70 países. Em 2018, a consultora registou uma faturação de 8,2 mil milhões de dólares através de serviços de agência, representação de inquilinos, vendas e aquisições, gestão de imóveis, gestão de projetos, consultoria e avaliações. Para saber mais visite www.cushmanwakefield.pt

Tags:

Sobre nós

Multinacional dedicada a serviços imobiliários de consultoria e research, estratégia de portfólio e gestão de risco.

Subscrever