Já temos as 10 grandes vencedoras do ano e ultrapassamos as 50 mil sardinhas!

A nova coleção vai estar disponível em 10 espaços da EGEAC
 
Chegou ao fim mais uma temporada criativa e estão escolhidas as 10 vencedoras do Concurso Sardinhas 2021. Num “cardume” generoso, com mais de 2600 sardinhas, a escolha foi difícil, mas uma coisa é certa: a imaginação não tem mesmo limites.

Entre as 2656 propostas recebidas, oriundas de 42 países, foram eleitas 7 sardinhas portuguesas, 1 brasileira, 1 bielorussa e 1 francesa. Estas 10 vencedoras serão premiadas, cada uma delas, com um prémio no valor de 1.000€, assinalando o 10.º aniversário do concurso. A pandemia e as vacinas, os migrantes, a cultura, o ambiente ou o Santo António, quase tudo serviu de inspiração para a criação de novas sardinhas, cuja originalidade não facilitou a tarefa do júri composto por Filipe Melo, Luís Royal, Joana Astolfi, Carolina Deslandes e Jorge Silva.

Dez anos de criatividade depois, o desejo para atingir a meta das 50 mil concorrentes não foi apenas concretizado, mas superado, celebrando assim da melhor forma o aniversário redondo desta competição saudável.

Este ano, e pela primeira vez, as vencedoras serão disponibilizadas ao público, a partir de dia 12 de junho, no Atelier-Museu Júlio Pomar, Museu da Marioneta, Museu do Aljube - Resistência e Liberdade, Museu do Fado, Museu de Lisboa - Palácio Pimenta, Museu de Lisboa - Santo António, Museu de Lisboa - Teatro Romano, Casa Fernando Pessoa, Museu Bordalo Pinheiro e LU.CA - Teatro Luís de Camões. O desafio é simples: reunir a nova coleção das 10 sardinhas, “pescando” uma a uma em cada um destes 10 espaços culturais da EGEAC.

Além das sardinhas, há ainda um outro bom motivo para passar por alguns destes espaços naquele que habitualmente seria o fim de semana alto dos Santos Populares.  Dias 10, 11, 12 e 13 de junho os residentes em Lisboa estão convidados a visitar gratuitamente os museus, galerias e monumentos geridos pela EGEAC.

Tags:

Subscrever

Media

Media