António Travassos abre ciclo “Conversar é o Melhor Remédio” 2019 no Exploratório

“Conversar é o melhor Remédio - Médicos na Exposição”, ciclo de conversas com médicos promovido pelo Exploratório em parceria com o Centro Cirúrgico de Coimbra, apresenta este sábado, dia 19 de janeiro, às 18h00, a sessão de abertura em 2019. Ao longo de uma hora, o médico António Travassos, especialista em Oftalmologia, apresentará o tema “Ligações perigosas (olhos e diabetes)”. A entrada é livre.

“Ligações perigosas (olhos e diabetes)” é o tema da sessão que abre, este sábado, 19 de janeiro, às 18h00, o ciclo “Conversar é o melhor Remédio - Médicos na Exposição” em 2019, promovido pelo Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra, numa parceria com o Centro Cirúrgico de Coimbra. Nesta sessão, o médico oftalmologista António Travassos estará à conversa com quem quiser saber mais sobre “Ligações perigosas (olhos e diabetes)”.

Neste encontro informal com o público, António Travassos propõe-se responder a algumas perguntas importantes: Como é que a imagem de um sifão pode ser um ingrediente presente nesta conversa sobre ligações perigosas? Que ligações perigosas são estas? E quais os seus efeitos?

Quem participar nesta primeira sessão de 2019 do ciclo, deve preparar-se para uma conversa a envolver um alerta sobre os excessos que envolvem a nossa saúde, mas também a economia mundial. E como existe um interesse “maior” em manter a sociedade adocicada. O facto, assegura António Travassos, é que “a sobrevivência de algumas indústrias conta com estas ligações perigosas”.

Licenciado em Medicina pela Universidade de Coimbra, António Travassos é especialista em Oftalmologia. Exerceu funções nos HUC e saiu do Serviço Nacional de Saúde, instituição que, assegura, “muito respeita e defende”, para criar o Centro Cirúrgico de Coimbra. Com competências na área da retina e vítreo, é a luta contra a cegueira curável que lhe provoca “a inquietação necessária à reinvenção”. Assume que “o melhor diagnóstico consiste em ver o que todos viram e pensar o que ainda ninguém tinha pensado”.

Depois de um primeiro ano em que se afirmou na programação do Exploratório, o ciclo “Conversar é o melhor Remédio - Médicos na Exposição” prossegue em 2019, dando seguimento à proposta feita a um público alargado: aproveitar o final de tarde do terceiro sábado de cada mês para conversar, informalmente, com médicos de diferentes especialidades do Centro Cirúrgico de Coimbra sobre temáticas relacionadas com saúde e medicina.

À semelhança do programa que se desenvolveu ao longo de 2018, o ciclo que agora tem início prossegue com um conjunto de sessões que propõem conversas sobre temáticas tão diversas quanto oftalmologia, neurologia, neurocirurgia, ortopedia, psiquiatria ou pediatria. As sessões são gratuitas e decorrem no espaço da exposição Em Forma com a Ciência, sempre no terceiro sábado de cada mês, entre as 18h00 e as 19h00.

Tags:

Sobre nós

Primeiro centro interativo de Ciência em Portugal, constituído em 1995 como associação sem fins lucrativos, tendo a Universidade de Coimbra e a sua Faculdade de Ciências e Tecnologia como principais associados fundadores e a Casa Municipal da Cultura de Coimbra como anfitriã.

Subscrever

Media

Media