Dormir com as Estrelas regressa em junho no Exploratório

O Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra apresentou uma nova proposta aos seus mais jovens exploradores e eles e elas marcaram presença e aprovaram entusiasmados. Dormir com as Estrelas, para crianças dos 6 aos 12 anos, teve estreia a 23 e 24 de março e vai estar de regresso em junho, com novas edições nos fins de semana próximos dos solstícios e equinócios durante o ano de 2019.

“As estrelas! Do que eu mais gostei foi das estrelas! As que vimos pelo telescópio!”. Estamos esclarecidos? Parece que sim! Até porque o Manuel foi muito claro quando lhe perguntaram sobre o que tinha gostado mais na primeira noite a Dormir com as Estrelas, que experimentou no Exploratório, com outros meninos e meninas, no último sábado.

A animação que reinava entre o grupo na manhã de domingo, mesmo depois de umas “curtas” horas de sono, também deixou clara outra consideração importante: a sessão que inaugurou no Exploratório uma atividade planeada com empenho e aguardada com expectativa, tinha atingido o seu grande objetivo: deixou muito entusiasmados os pequenos exploradores!

Entusiasmo fácil de perceber nas respostas da Catarina, do Rafael, do Miguel… e de todos os que estiveram nesta primeira noite: “Das estrelas, gostei muito!”, “Gostei muito de observar a lua no telescópio!”, “Gostei mais de fazer a estrela (de bórax)!”, “Gostei de tudo nesta noite, de todas as experiências, as observações, de dormir no Hemispherium!”. Todos vão querer repetir… e “dormir um bocadinho menos”, com mais atividades e… “ver o sol nascer"! Porque, com o cansaço, à hora a que o sol nasceu [06h31] estava quase toda a gente a dormir…

Dirigido a crianças dos 6 aos 12 anos, o novo programa do Exploratório estende-se entre as 21h00 de sábado e as 10h00 de domingo, com muitas atividades de exploração de ciência e a possibilidade de dormir uma noite debaixo das estrelas no Hemispherium.

Em 2019, nos fins de semana mais próximos dos solstícios e equinócios, estão agendadas outras três sessões – 22 e 23 de junho, 21 e 22 de setembro e 21 e 22 de dezembro –, abertas a todas as crianças que quiserem viver uma experiência única, num espaço onde a ciência acontece a cada canto e com as estrelas por teto. Enquanto o sono não chega, o desafio gira à volta da experimentação de ciência e do céu estrelado, com os miúdos a poderem fazer observações astronómicas a que se somam muitas histórias. Quando o Sol nascer, os madrugadores podem saudá-lo, mesmo antes de um pequeno-almoço (g)astronómico.

Tags:

Sobre nós

Primeiro centro interativo de Ciência em Portugal, constituído em 1995 como associação sem fins lucrativos, tendo a Universidade de Coimbra e a sua Faculdade de Ciências e Tecnologia como principais associados fundadores e a Casa Municipal da Cultura de Coimbra como anfitriã.

Subscrever

Media

Media