Exploratório bate recorde de visitas escolares este final de semana

O Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra registou este final de semana, quinta e sexta-feira, 7 e 8 de março, um número recorde de visitas escolares, recebendo nestes dois dias 1.050 jovens alunos dos diversos graus de ensino e vindos de diversos pontos do país, cumprindo, assim, uma das suas missões fundamentais: contribuir para promover a cultura e a literacia científicas dos nossos mais jovens cidadãos.

As exposições – Em forma com a Ciência, MECHANE – Homens, Máquinas e Grandes Pedras, A Mata Atlântica vai até minha casa: fauna e flora, The Beauty in our Cells – e as diversas atividades – Hemispherium, MechaneOficina, Maternidade de Pintos, Há Ciência nos Ovos – que o Exploratório tem para oferecer a todo o seu público tiveram uma animação especialmente intensa este final de semana, com a presença de mais de um milhar de jovens.

Para a direção do Exploratório, “atingir números como estes é sempre motivo de grande regozijo, uma vez que o público escolar, os mais jovens, são, naturalmente, uma das grandes preocupações de qualquer centro ciência viva”. Depois, destacam ainda os responsáveis pela direção do Exploratório, é fundamental referir “a importância que têm os protocolos celebrados”, nomeadamente com as autarquias de Coimbra e da Figueira da Foz, “para que todas as escolas tenham acesso a este tipo de visitas e de atividades de exploração de ciência”.

Refira-se que, na quinta-feira, estiveram no Exploratório 400 jovens alunos, distribuídos em nove grupos de oito escolas: colégio Dr. Luís Pereira da Costa (Monte Redondo), Instituto Pedro Hispano (Soure), Agrupamento de Escolas Fontes Pereira de Melo (Porto), EB1 Gualdim Pais (Pombal), Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura, Agrupamento de Escolas de Mortágua, Colégio Sagrado Coração de Maria (Fátima) e Agrupamento de Escolas de Branca.

Na sexta-feira, estiveram no Exploratório 650 alunos dos diversos graus de ensino, de sete escolas: Solum Norte e Sul, Dianteiro, EB 2,3 Eugénio de Castro (todas de Coimbra), Colégio Senhor dos Milagres (Leiria), Agrupamento de Escolas Gualdim Pais (Pombal) e Colégio da Imaculada Conceição (Viseu).

Tags:

Sobre nós

Primeiro centro interativo de Ciência em Portugal, constituído em 1995 como associação sem fins lucrativos, tendo a Universidade de Coimbra e a sua Faculdade de Ciências e Tecnologia como principais associados fundadores e a Casa Municipal da Cultura de Coimbra como anfitriã.

Subscrever