Mobilidade urbana no período pós-pandemia em debate no Exploratório com Ana Bastos

Quarta-feira, 1 de julho 2020 |18h30 | Pontos nos iii - Science Beer Talks

Quatro meses depois do interregno provocado pela situação de pandemia, o Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra retoma o ciclo Pontos nos iii - Science Beer Talks 2020. Agora num sunset ao ar livre, esta quarta-feira, 1 de julho, a partir das 18h30, Ana Bastos põe os pontos nos iii sobre mobilidade urbana exatamente a propósito do período pós-pandemia. Especialista na área e investigadora do Centro de Investigação do Território, Transportes e Ambiente da Universidade de Coimbra, Ana Bastos abordará os constrangimentos, as tendências e as possíveis soluções para esta questão.
 
Esta quarta-feira, 1 de julho, entre as 18h30 e as 19h30, é dia de voltar a pôr os Pontos nos iii, no retomar do programa de conversas ao fim da tarde com investigadores e médicos. Esta primeira sessão da reabertura do ciclo de conversas com cientistas dos centros associados ao Instituto de Investigação Interdisciplinar (III) da Universidade de Coimbra, acompanhadas por cerveja artesanal Praxis, decorre no Exploratório, agora no espaço exterior, com a investigadora Ana Bastos.
 
A propósito do tema, é a própria quem afirma: “Parece-me que este é um desafio a que qualquer investigador e académico deve ser chamado a intervir - definir soluções, úteis, viáveis e rapidamente acionáveis, que permitam ultrapassar, ou pelo menos mitigar, os problemas enfrentados pela sociedade atual, agravados pelos cenários de grande incerteza que se perspetivam no curto prazo”. De facto, ainda nas palavras de Ana Bastos, “o setor dos transportes foi um dos que mais sofreu com o decretar do estado de emergência, na sequência da pandemia provocada pela Covid-19, atingindo reduções de procura que chegaram a ultrapassar os 90%, nas ligações rodoviárias de longo curso”.
 
“O alijar de regras sanitárias nos transportes públicos, comparativamente a outros espaços de utilização pública, acaba por eleger o TP como um potencial foco de contágio e aumenta a relutância no seu uso, pelo que com a reabertura progressiva da economia, impera contrariar a fuga massiva para o transporte individual”. Por esta razão, assume a especialista, “este é o momento oportuno à mudança e à experimentação”, pelo que, na sessão Pontos nos iii desta quarta-feira, “serão abordadas algumas formas de atuação, que poderão contribuir para fazer a diferença, no curto prazo, no setor da mobilidade urbana”.
 
Docente do Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Coimbra (UC) e investigadora do Centro de Investigação do Território, Transportes e Ambiente da UC, Ana Bastos é doutorada em Engenharia Civil (especialidade em Urbanismo, Planeamento e Transporte) e integra a Comissão de Especialização em Transportes e Vias de Comunicação da Ordem dos Engenheiros, com mandato até 2022. A sua vida profissional tem vindo a ser dedicada maioritariamente às funções de docência e investigação, embora complementada por outras atividades de extensão universitária, ligadas ao estudo e estruturação do sistema de transportes de diversos municípios. É autora principal de diversas disposições técnicas normativas para apoio ao projeto de elementos rodoviários.
 
Pontos nos iii - Science Beer Talks é um programa anual de conversas com cientistas dos vários centros de investigação associados ao Instituto de Investigação.
 

Tags:

Subscrever

Media

Media