Académica de Coimbra nas Meias-Finais

Vagas para a ‘Champions League 2020’ em aberto

‘Judo European Club Championships – Odivelas 2019’

16 e 17 Novembro | Pavilhão Multiusos de Odivelas

A ‘Europa League’ está a decorrer este domingo, 17 de novembro, em Odivelas – Cidade Europeia do Desporto 2020. O segundo dia dos ‘Judo European Club Championships – Odivelas 2019’ conta com a presença de mais 2 Equipas Portuguesas: a Associação Académica de Coimbra, no feminino e os Salesianos, no masculino.

O Pavilhão Multiusos de Odivelas é o epicentro do Judo Mundial durante este fim-de-semana, com a realização das Maiores Competições Mundiais de Clubes da modalidade. Relembramos que este sábado se cumpriu a ‘Champions League’, com a presença das 8 Melhores Equipas Masculinas e Femininas da Europa, que coroou o Sporting CP como Bicampeão Europeu. O SL Benfica fez a sua estreia na prova, com uma equipa feminina, terminando num honroso 5º lugar.

Os Salesianos, a estrearem-se em provas internacionais de judo, contaram com a oposição de Edelweiss (RUS), Aris JC (GRE), SGS Judo (FRA), Sucy Judo (FRA), Olymp Krasnodar (RUS), TSV Abensberg (GER), Fighter Tbilisu (GEO), Nice Judo (FRA), JC Kinezis (SRB) e JC Rakovica (SRB). A equipa lisboeta encontrou o Nice Judo na primeira ronda da prova. Os franceses adiantaram-se no marcador, por intermédio de Denis Vieru, que derrotou João Abreu (-66 kg). Henrique Lopes (-73 kg) repôs a igualdade, com o triunfo sobre Paata Doliashvili. O Nice voltou a recuperar a vantagem, com Matthieu Pettiti a sobrepor-se a Steve Castanheira (-81 kg).  A equipa portuguesa estava determinada em avançar na competição e Guilherme Salvador (-90 kg), com um ‘ippon’ espetacular sobre Ryan Bidault-Leal, manteve os Salesianos na prova. Com um empate no marcador, a decisão ficou reservada para o último confronto. Vasco Rompão (+90 kg) tentou garantir o triunfo, mas não conseguiu ultrapassar Guzman Andreev, fixando o marcador em 2-3, para os franceses.

Os Salesianos regressaram à ação na ‘Repescagem’, onde encontraram o TSV Abensberg. Os alemães, que alinharam com Sebastien Seidl (-66 kg), David Kraemer (-73 kg), Julien Kolein (-81 kg), Marc Odenthal (-90 kg) e Karl-Richard Frey (+90 kg), não deram hipótese ao conjunto luso, que utilizou o mesmo quinteto, mas cedeu por 0-5.

Também a realizar a sua estreia em competições internacionais de judo, a Associação Académica de Coimbra teve a concorrência de Ujisk Slavija (SRB), US Orleans Loiret (FRA), SGS Judo (FRA), Olymp Krasnodar (RUS) e Blanc-Mesnil SJ (FRA). As ‘estudantes’, compostas por Teresa Santos (-52 kg), Ana Sousa (-57 kg), Sarai Padilla Guerrero (-63 kg), Sara Rodriguez (-70 kg) e Patrícia Sampaio (+70 kg), defrontaram o Blanc-Mesnil Sport Judo no primeiro encontro. Na categoria mais leve, Charline Van Snick deu vantagem às francesas, com uma vitória sobre Teresa Santos. O clube de Coimbra recuperou com o triunfo de Ana Sousa, que derrotou Farah Hamdaoui. A espanhola Sarai Padilla Guerrero, ao serviço da Académica, alcançou a vitória no terceiro combate perante Julia Etienne. Candice Lebreton voltou a igualar o encontro, superiorizando-se a Sara Rodriguez. Com um empate no marcador, coube a Patrícia Sampaio a decisão. A jovem portuguesa não desiludiu, mesmo contra uma Atleta de categoria mais pesada – Tahina Durant, alcançando o ‘ippon’ que leva a Associação Académica de Coimbra para as Meias-Finais.

Os últimos combates do fim-de-semana arrancam a partir das 16h00, com o Bloco de Finais a decidir quais os medalhados que garantem uma vaga na ‘Champions League 2020’.

Declarações:

Presidente da União Europeia de Judo – Sergey Soloveychik

“Esta é uma das provas mais competitivas do calendário da União Europeia de Judo, por ser disputada entre clubes. Estou muito feliz por termos uma presença de sucesso das equipas portuguesas. Penso que, para os espectadores, é muito importante estar nesta competição e a assistir ao Jorge Fonseca a lutar pela sua equipa. Estamos habituados a competições individuais, onde existe uma grande tensão, porém aqui vive-se intensamente o espírito de equipa, onde a tensão duplica ou triplica quando os elementos da mesma equipa estão a competir. Os melhores clubes da Europa estão em Portugal, nesta competição, por isso é bastante positivo e penso que todas as pessoas se encontram felizes. Eu espero e desejo o melhor para as equipa portuguesas e para o seu público. É visível para todas as pessoas que o judo português está a crescer, aliás foi possível ver e é a primeira vez que temos um campeão mundial em Portugal. Foi um grande combate, no Japão, onde se vai realizar os Jogos Olímpicos, e tendo em conta que era a concorrência era fortíssima, foi resultado enorme e bastante positivo. Tenho de dar os parabéns ao presidente Jorge Fernandes e também à sua equipa e treinadores. Eu assisti ao desempenho da Seleção Nacional no campeonato da Europa e o que posso dizer é que são uma equipa bastante forte e com um excelente espírito. Acredito que a equipa apresenta um grande potencial para os Jogos Olímpicos, por isso só lhes desejo o melhor.”

 

Presidente da Câmara Municipal de Odivelas – Hugo Martins

“Esta é uma prova emblemática e de grande nível internacional, com atletas de renome, tanto do judo europeu como mundial. Odivelas afirma-se, definitivamente, como um concelho que promove uma prática desportiva, hábitos e estilos de vida saudáveis, sendo também uma referência no mundo do desporto e no mundo do judo, em particular. Por isso, é um orgulho muito grande para nós receber aqui este campeonato. O judo português está a atravessar uma fase bastante positiva, e eu olho para este momento com a certeza de que quando o trabalho existe, quando a dedicação acontece, os resultados acabam, naturalmente, por aparecer. Por isso, acho que existe aqui uma simbiose quase perfeita entre a federação, atletas e clubes, e que  o Município de Odivelas foi, no fundo, uma plataforma integral para conseguirmos bons resultados, a nível internacional. Com a confiança renovada, com a certeza afirmada, eu penso que todos ganhamos bastante. Os resultados estão à vista, porque os portugueses são efetivamente bons naquilo que fazem, e nós muitas vezes esquecemo-nos disso. Em 2020, o compromisso de Odivelas é, acima de tudo, mantermos a fasquia. Penso que a fasquia está, neste momento, bastante alta. Odivelas tem-se afirmado, em todas as modalidades e em todos os campos, como um concelho que promove hábitos de vida saudáveis e uma prática de desporto regular, e eu penso que a Cidade Europeia do Desporto é a nossa cereja no topo do bolo. Por isso, vamos esperar empenho, dedicação, espetacularidade e, no fundo, queremos colorir o nosso Concelho. Para que isso aconteça, todos são necessários e, claro, muito em particular, a Federação de Judo também.”

 

Notas:

Resultados até às 13h00.

Transmissão em Direto e Resultados atualizados: https://www.eju.net/calendar-detail/3916

Fotografias: https://we.tl/t-PjO1HI6R6O

Tags:

Sobre nós

Pessoa colectiva de direito privado sem fins lucrativos dotada de Utilidade Pública Desportiva que visa dirigir, promover e regulamentar a prática do Judo Kodokan em Portugal.

Subscrever

Media

Media