Resultados da Galp no 1º semestre refletem resiliência do portefólio

“Apesar de vivermos umas das mais desafiantes condições de mercado na história do setor, a Galp tem preservado o seu perfil único de crescimento sustentável. Tal resulta da qualidade e resiliência do nosso portfólio e das ações imediatas adotadas para preservar a posição financeira da empresa, bem como no compromisso e entrega das nossas equipas mantidas durante circunstâncias tão difíceis. Estou confiante que as iniciativas adotadas nos permitirão manter a solidez para prosseguir a execução da nossa estratégia, endereçando os desafios da transição energética, e assim posicionar a Galp para o futuro da energia.”
Carlos Gomes da Silva, CEO
 
Principais destaques:

  • A produção total média diária de petróleo e gás natural durante o primeiro semestre de 2020 foi de 131,8 mil barris, um aumento homólogo de 17% suportado pelo desenvolvimento dos projetos Lula, Iracema e Berbigão/Sururu, assim como pela maior contribuição do projeto Kaombo, em Angola
  • As matérias-primas processadas até ao final de junho totalizaram o equivalente a 40,2 milhões de barris, um decréscimo de 18% devido às restrições planeadas no sistema refinador, tanto para atividades de manutenção, como para lidar com o contexto de baixa procura na Península Ibérica
  • As vendas de produtos petrolíferos a clientes diretos diminuíram 28% em relação ao 1º semestre de 2019, para 2,9 milhões de toneladas, refletindo a quebra na procura provocada pelas restrições destinadas a combater o surto de Covid-19
  • Os volumes de gás natural vendidos a clientes diretos diminuíram 31%, impactados pelo decréscimo no segmento B2B
  • O cash flow das operações no 1º semestre de 2020 diminuiu 60% para €404 milhões e o Ebitda RCA totalizou €760 milhões, um decréscimo de 31%, refletindo a adversidade das condições de mercado
  • O resultado líquido ajustado (RCA) foi negativo em €22 milhões enquanto o resultado líquido de acordo com as normas de reporte internacionais (IFRS) se traduziu num prejuízo de €410 milhões sobretudo devido ao efeito de stock em €362 milhões
  • O investimento totalizou €280 milhões, com o Upstream a corresponder a 66% do mesmo, e o remanescente focado sobretudo na unidade Comercial e na melhoria da eficiência energética das refinarias
  • O caminho de transição da Galp para um modelo energético mais sustentável continuou a tomar forma com a celebração de uma parceria com a ACS para o desenvolvimento do nosso portfolio ibérico de energia solar
  • A proposta do dividendo integral relativo a 2020 será anunciada tendo em consideração os resultados anuais, cuja divulgação é esperada no primeiro trimestre de 2021. Não será efetuada qualquer distribuição interina no segundo semestre
------------------------------------------------------------
Information to the Press
 
Galp’s 1st-half earnings reflect portfolio’s strength
 
“Amidst some of the most challenging market conditions in our industry’s history, Galp has been able to preserve its unique sustainable growth profile. This is a result of the combination of the quality and resilience of our portfolio and the immediate actions taken in order to preserve the Company’s financial position, supported by the commitment of our people that were able to deliver under such difficult circumstances. I am confident that the ongoing initiatives will allow us to retain the strength to execute our strategy, towards a cleaner and more sustainable paradigm, positioning Galp for the future of the energy.”
Carlos Gomes da Silva, CEO
 
Main highlights:
  • Average working interest production in the first half of 2020 increased 17% YoY to 131,8 kboepd, supported by the development of Lula, Iracema and Berbigão/Sururu projects, as well as the higher contribution from the Kaombo project, in Angola
  • Processed raw materials were 40.2 mboe during the period, 18% lower YoY due to the planned restrictions placed on the refining system both for maintenance activities and to cope with the low Iberian demand environment
  • Total oil products’ sales to direct clients were 2.9 million tons, down 28% from a year before, reflecting the decrease in demand caused by the restrictions imposed to face the Covid-19 outbreak
  • Natural gas volumes were down 31% YoY, impacted the decline in the B2B segment
  • Cash flow from operations in the first half was €404 million, 60% lower from a year earlier, while RCA Ebitda amounted to €760 million, 31% lower, both reflecting the materially adverse market conditions in the period
  • Galp posted an adjusted net loss (RCA) of €22 million in the first half and an IFRS net loss of  €410 million, mostly explained by the inventory effect of €362 million
  • Total investment reached €280 million, with Upstream accounting for 66% and the remaining mainly focused on Commercial and the improvement of refining energy efficiency
  • Galp’s path to a more sustainable energy model continued to progress with a partnership with ACS Group for the development of Galp’s Iberian solar PV portfolio
  • The proposal for the 2020 dividend shall be made considering the full year results, expected to be announced in the first quarter of 2021. No interim distribution shall be made during the second half of 2020

Tags:

Sobre nós

Empresa de produção e distribuição de combustíveis e energia.

Subscrever