IV CICLO DE CONCERTOS DE COIMBRA

Ciclo de Concertos de Coimbra homenageia o pianista Adriano Jordão
A quarta edição do Ciclo de Concertos de Coimbra propaga-se pelos espaços históricos e contemporâneos mais emblemáticos da cidade, de 15 a 17 de março. Foi criado um percurso com oito concertos que permitem num fim de semana, não só conhecer a eterna cidade dos estudantes com usufruir de uma programação de música dedicada a diversos públicos.
 
O Ciclo de Concertos de Coimbra (CCC) abre com chave de ouro com um concerto que evoca os 50 anos de carreira do pianista Adriano Jordão. Será o primeiro concerto de comemoração da efemeridade precisamente na cidade onde realizou o primeiro concurso de piano. Adriano Jordão, na apresentação do programa realizada na Quinta das Lágrimas falou sobre o repertório para dia 15, às 21h30 no Conservatório de Música de Coimbra “escolhi obras com as quais tenho uma relação, este concerto reflete um pouco a história da minha vida. Penso que não houve um único recital meu que não tenha incluído obras de autores portugueses, começo assim, com Carlos Seixas.
Um concerto de piano a quatro mãos é apresentado por Tiago Nunes e Maja Stojanovska, no hotel Quinta das Lágrimas, no dia 16 (sábado), às 16:00, a que segue às 18:00, no Conservatório, a atuação da Orquestra de Sopros de Coimbra, intitulada "Revisitar Gershwin”. 

Este dia fecha com uma homenagem a Amália Rodrigues para assinalar os 20 anos da morte da fadista, com a participação do Alma de Coimbra, coro e grupo de fados, com direção do maestro Augusto Mesquita, às 21h30 e no Conservatório de Música.

Na manhã de dia 17, às 11h00, haverá música de câmara no Conservatório de Coimbra, por grupos desta instituição, dando assim a oportunidade a jovens que estão a estudar de fazerem parte da programação de um evento. Pela tarde, uma sessão de piano por Inês Filipe, às 15:00, no Museu Machado de Castro, e um concerto de órgão na Igreja de Santa Cruz, às 17:00, por Paulo Bernardino.

António Victorino de Almeida encerra o CCC, no dia 17, às 18:30, no Conservatório de Música num concerto com muita interação com o público e em que parte da receita da bilheteira reverte a favor dos Rotarys de Coimbra sendo o dinheiro angariado destinado a apoiar bolsas de estudo.

Dos oito concertos que integram o Ciclo, cinco dos quais são de entrada livre. “Oferecemos cinco concertos à cidade, para assim também contribuirmos para o bem comum", remata o diretor artístico do festival, Tiago Nunes.


O Ciclo de Concertos de Coimbra é organizado pela Associação CulturXis. Foi fundado pelo pianista Tiago Nunes em 2016 com o objetivo de ajudar associações locais que estavam com algumas dificuldades financeiras. A bilheteira das duas primeiras edições reverteu integralmente para a Associação de Defesa e Apoio da Vida (ADAV) e LAHUC - Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra, respetivamente. Esta é já uma iniciativa confirmada e estabelecida na oferta cultural anual da cidade de Coimbra e da região Centro.

Tags:

Sobre nós

Digressão de concertos em Coimbra.

Subscrever

Media

Media