IKEA Portugal já disponibilizou 670 mil euros para combater as desigualdades criadas pela pandemia

A cumprir a visão de criar um melhor dia a dia para a maioria das pessoas, a IKEA Portugal, em resposta à pandemia do coronavírus, desde março de 2020, já doou mais de 670 mil euros em produtos e alimentos, a mais de 133 entidades.

Focada em ter um impacto positivo na vida das pessoas, a IKEA Portugal definiu uma estratégia de apoio local prolongada. Entre hospitais, lares, centros de acolhimento e instituições de bombeiros, a IKEA Portugal tem vindo a apoiar e a melhorar as áreas de descanso dos profissionais de saúde e a organizar os materiais médicos e de proteção.

Na primeira fase de resposta, até maio, a IKEA Portugal apoiou 48 entidades e grupos de risco, com artigos para melhorar o conforto e a organização, nomeadamente, das zonas de descanso do pessoal médico, que foram mais impactados por esta pandemia. Entre junho e agosto de 2020, foram apoiadas 10 000 crianças através de 85 instituições de solidariedade social de apoio a famílias mais carenciadas, com mais de 68 mil produtos doados adaptados a idades entre os 0 e os 10 anos, contribuindo para melhorar as suas condições de brincadeira e estudo.

Durante a terceira fase de confinamento, já em 2021, a IKEA Portugal disponibilizou um total de 30 mil euros em produtos e cabazes de alimentos, a 12 entidades – já apoiadas durante a primeira fase de resposta.

Através das nossas lojas, em Portugal, foi possível doar até ao momento 68.700€ ao Banco Alimentar Contra a Fome, nomeadamente com 27.270 doses de almôndegas
vegetarianas.
 
Para além do Banco Alimentar Contra a Fome, também doámos localmente cerca de 10.000€ em produtos alimentares para os profissionais de saúde que estão na linha
da frente dos principais hospitais portugueses e para várias associações locais (REFOOD Almancil, CASA, Centro Cultural e Social de Santo António dos Cavaleiros,
“Desde o início desta pandemia global, sentimos a necessidade de ajudar a combater a situação de crise e as desigualdades que foram criadas. Desde março de 2020 que temos vindo a apoiar estas instituições e hospitais, na esperança de contribuir para um melhor dia a dia de quem lá trabalha e delas depende. Os resultados enchem-nos de orgulho por já termos apoiado milhares de pessoas com soluções de decoração e mobiliário, mas também com cabazes alimentares. Queremos ser um agente de mudança positiva e foi com esse objetivo que estabelecemos e implementámos esta estratégia de apoio a longo prazo que começa agora uma nova fase, com a reconstrução de várias casas de famílias muito carenciadas” afirma Ana Barbosa, responsável de Sustentabilidade da IKEA Portugal.

Nesta próxima fase de apoio, a IKEA vai iniciar a reabilitação das casas de, pelo menos, 16 famílias que vivem em pobreza habitacional na zona do Algarve, uma das regiões onde o impacto da pandemia foi maior ao nível do emprego e das condições de vida. Um projeto desenvolvido em parceria com a associação Just a Change e que será realizado ao longo deste ano.

*Entidades apoiadas até agora: Consultar em anexo 

Tags:

Subscrever

Media

Media