IndieJúnior 2020 vai levar-nos numa viagem com partida do Porto

O espaço sideral, os países exóticos ou a vida animal são algumas das viagens que estarão disponíveis para toda a família no regresso da quarta edição do IndieJúnior Allianz, o festival de cinema infantil e juvenil que terá lugar no Porto entre os dias 28 de janeiro e 2 de fevereiro. Do foco na animação canadiana com uma retrospectiva sobre o trabalho de Norman McClaren, das primeiras sessões de cinema com pais no regresso do Cinema de Colo, até às sessões especiais a bordo do carro eléctrico, são vários os desafios para descobrir e acompanhar na edição 2020 do maior festival de cinema dedicado aos mais novos a norte do país. E porque os caminhos do Indiejúnior Allianz se fazem também na discussão dos temas que marcam o crescimento, este ano há atenção particular ao ambiente, ao cuidado com os animais e à sexualidade, temáticas presentes não só na programação de filmes, mas também nas oficinas, debates e actividades paralelas.

Destaque este ano para a competição internacional de longas metragens, reforçada com a apresentação de três filmes que, em diferentes linguagens, trazem novas histórias e propostas visuais que possam ser uma divertida alternativa ao circuito audiovisual comercial. Começar pela história de vida de Marona (A Extraordina´ria Viagem de Marona), uma cadela que cresceu entre os amores e desamores dos humanos em Paris. Também centrada no mundo animal, Jacob, Mimmi e os Ca~es Falantes acompanha a luta de dois primos pela manutenção do parque local, enquanto Uma Colónia, retrata as subtilezas das relac¸o~es sociais entre jovens, contando a histo´ria de um grupo de adolescentes e da sua procura por um si´tio onde podem, simplesmente, ser eles pro´prios. Ainda no capítulo das longas metragens, recuperação para o grande ecrã dos clássicos A Quimera do OuroE.T. - O Extraterrestre e O Clube dos Poetas Mortos, na secção O Meu Primeiro Filme. Na cerimónia de encerramento do festival, O Barco, de Buster Keaton, será musicado ao vivo por alunos da Associação Porta-Jazz.

No programa especial de sessões dedicadas a toda a família, Arriscar é Preciso!, a sábado dia 1 de fevereiro no Rivoli, com uma sessão de curtas metragens, onde se propõe uma ida à floresta de neve, um longo dia numa praia cheia de gente e uma lição de bicicleta. No mesmo dia, pela tarde, A Nossa Família é vista sobre todos os prismas, numa sessão que de curtas metragens que olha as particularidades de diferentes seios familiares. E porque ir ao cinema é colocar Todos a bordo, no dia 2 de fevereiro, domingo, cabem todos numa sessão de cinema que conta com astronautas, animais a despedirem-se do outono ou uma mergulhadora que nos leva ao mais profundo dos mares. 

Comprometido com o trabalho que iniciou com as escolas nas suas últimas edições, o IndieJúnior Allianz volta a integrar sessões de cinema programadas por alunos portuenses, no regresso do ciclo Eu Programo um Festival de Cinema. Também realizada em parceria com as instituições de ensino, inaugura durante o festival a exposição, Ecos de Viagem, com trabalhos plásticos de alunos do pré-escolar e do 1ºciclo da OSMOPE, inspirados nas imagens e mensagens do programa de curtas metragens Ser Pequenino + 3 anos.

Nas actividades paralelas, o programa deste ano propõe oficinas de culinária com chocolate, construção de brinquedos, animação e desenho. Dia 9 janeiro, às 18h30, a Casa Comum da Reitoria da Universidade do Porto recebe um debate em torno do tema O desafio de falar sobre sexo com os mais novos, com participação de Ana Rocha, Pedro Fernandes e Filipa Bizarro e moderação a cargo de Graça Lacerda. A partir de Preliminares, de Anne van Campenhout, um documenta´rio divertido e descomplicado sobre como e´ feita a educac¸a~o sexual numa escola da Holanda, será lançada uma conversa com a intenc¸a~o de chegar a respostas que contribuam para uma melhor relac¸a~o com a educac¸a~o sexual, entre pais e filhos, escola e alunos.

O IndieJúnior Allianz - Festival de Cinema Infanto-juvenil estará de regresso ao Porto entre 28 de janeiro e 2 de fevereiro de 2020, com seis dias de cinema, oficinas, conversas e outros eventos para famílias e escolas. Os bilhetes já estão disponíveis para compras através da rede da BOL (www.bol.pt). As sessões especiais de cinema no Museu do Carro Eléctrico já se encontram esgotadas. Mais informações e programa completo em indiejunior.com

Tags:

Sobre nós

Festival de cinema com a duração de 11 dias, que decorre anualmente em Lisboa.

Subscrever

Media

Media