Escritórios terminam 1º trimestre com take up de 22.349 m2

A JLL acaba de divulgar os resultados de março do Office Flashpoint, boletim mensal que acompanha a atividade do mercado de escritórios, concluindo que o 1º trimestre de 2018 terminou com 22.349 m2 de área ocupada em Lisboa. Tal representa uma forte retração (-45%) face aos níveis de atividade registados em igual período do ano passado, uma situação que se deve maioritariamente à falta de produto disponível no mercado.

É absolutamente necessário o desenvolvimento de novos edifícios de escritórios, uma vez que o grande desafio do mercado atualmente é encontrar espaços que correspondam aos requisitos atuais das empresas. Não falta procura, quer nacional quer estrangeira, e a oferta tem que acelerar para dar resposta a esta dinâmica, incluindo encontrar algumas soluções de curto e médio-prazo”, comenta Mariana Rosa, Diretora de Office / Logistics Agency and Transaction Manager da JLL.    

Para mais informação, por favor entre em contacto.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever