JLL e Cushman & Wakefield procuram inquilino para ocupar a totalidade do edifício Castilho 2-4

O Grupo Ageas Portugal confiou à JLL e à Cushman & Wakefield o mandato co-exclusivo para encontrar o futuro ocupante do renovado Castilho 2-4. Localizado numa das mais prestigiadas moradas de Lisboa, a rua Castilho, o imóvel está atualmente devoluto e ficará totalmente remodelado no início do próximo ano, configurando-se como ideal para acolher uma sede empresarial, ao mesmo tempo que é um dos poucos edifícios modernizados e disponível para ocupação no curto prazo na capital.

Totalizando 2.885 m² de escritórios, distribuídos por sete pisos, além de quatro pisos de estacionamento subterrâneo, o Castilho 2-4 está localizado numa zona privilegiada de escritórios, hotelaria e habitação, beneficiando da proximidade à Avenida da Liberdade e ao Marquês de Pombal, bem como aos principais meios de transporte público.

Após ter sido adquirido pelo Grupo Ageas Portugal no final do ano passado, este ativo foi alvo de um ambicioso projeto de remodelação, cujas obras já estão a decorrer, prevendo-se que fiquem finalizadas em março de 2021. Entre as diversas mais valias, o edifício tem a particularidade de interligar o 5º e o 6º piso, havendo ainda um terraço neste último.

Mariana Rosa, Head of Office, Logistics Agency & Transaction Management da JLL comenta: “O Castilho 2-4 é a morada ideal para empresas que queiram instalar a sua sede numa localização de prestígio, obtendo por esta via uma maior visibilidade e reconhecimento. Conjuga uma localização prime, rodeada de bons acessos rodoviários e de transportes, com a disponibilidade de espaço e, claro, qualidade e modernidade; além de que é um dos poucos ativos existentes neste eixo totalmente disponível para ocupação”.

(Comunicado Integral em Anexo)

Tags:

Subscrever

Media

Media