Mais de 10.000 m2 de escritórios ocupados em abril

Em abril, o take-up de escritórios em Lisboa ascendeu a 10.887 m2, num total de 12 operações e uma área média de 907 m2, revela a JLL no seu mais recente Office Flashpoint, referente ao desempenho mensal do mercado de escritórios. Em termos acumulados (janeiro a abril), a atividade no mercado de escritórios ascendeu a 52.666 m2 (*) num total de 55 operações e com uma área média de 958 m2, sendo a JLL responsável pela colocação de 36% desta área.

Em abril, 64% da área ocupada pelas empresas foi gerada pela expansão de área ou pela entrada de novas empresas em Lisboa, como foi o caso da ocupação de 3.928 m2 no edifício EUA43 pela Conectys, a maior operação do mês. Já os restantes 38% do take-up dizem respeito à mudança de edifício, de que são exemplo outras duas operações com a dimensão mais expressiva como a tomada de 1.140 m2 no edifício 5 de Outubro 124 pela PKF e de 1.134 m2 pela EGEAC no edifício Duarte Pacheco 26. Em termos geográficos, a zona 7 (Outras Zonas) foi a mais dinâmica (36% do take-up), devido à operação da Conectys, embora apenas ligeiramente acima da zona 6 (Corredor Oeste), com um peso de 35%. Destaca-se ainda a zona 2 (CBD), com 25% do take-up mensal. Do lado da procura, o setor de “Serviços a Empresas” foi o mais dinâmico (50%), seguido de TMT’s & Utilities (22%).

Para mais informação, por favor entre em contacto.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever