Office Flashpoint: Ocupação de escritórios até final de outubro já iguala atividade de 2017

De acordo com o boletim mensal da JLL referente ao mercado de escritórios de Lisboa, o Office Flashpoint, a atividade ocupacional deste tipo de imóvel terminou outubro nos 166.152 m2 (em termos acumulados), estando já nivelada com os 166.819 m2 ocupados no total de 2017. A JLL é responsável pela colocação de 23% da área de escritórios transacionada neste período.

O ano passado foi o melhor ano desde 2008 e temos agora a certeza de que 2018 o irá superar de forma expressiva. Numa perspetiva mais conservadora que considera uma taxa de crescimento anual de 15% a 20%, e não os atuais 30% com que terminamos outubro, diria que temos condições de chegar perto dos 200.000 m2 de área ocupada este ano”, comenta Mariana Rosa, Diretora de Office Agency da JLL.

A consistência do crescimento económico, a confiança das empresas já presentes no mercado e a capacidade de atração de novas empresas internacionais são alguns fatores que têm determinado a dinâmica da procura”, acrescenta Mariana Rosa, para quem, “a atividade poderia ser bastante mais significativa se existisse oferta disponível adequada aos requisitos da procura latente”.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever