Tétris conquista primeira obra na área do ensino com a expansão da International Sharing School - Taguspark em Oeiras

A empresa de arquitetura e construção do grupo JLL continua a expandir o seu portefólio, conquistando a sua primeira obra na área da educação

LISBOA – 07 de junho de 2021 – A Tétris, empresa de arquitetura e construção do grupo JLL, continua a trabalhar com afinco na procura de novas áreas de design e construção no mercado português acabando de conquistar a sua primeira obra na área da educação. A equipa liderada por Carlos Cardoso foi a escolhida pela International Sharing School para executar a construção das suas novas instalações no Taguspark, numa obra que irá reconverter um edifício de escritórios anteriormente ocupado por um banco num moderno espaço de ensino, com salas de aulas, laboratórios e oficinas, para o qual transitarão todos os alunos dos 6.º ao 12.º ano.

Compreendendo uma área de intervenção de 2.500 m² distribuídos por três pisos, a intervenção arrancou no mês de maio e irá decorrer durante o verão, de modo a estar concluída a tempo do arranque do próximo ano letivo, proporcionando a todos os alunos e professores da escola internacional um novo espaço moderno e que traga o melhor conforto para os utilizadores.
Centrado num projeto pedagógico único, o novo layout do edifício foi desenhado numa colaboração das equipas pedagógicas da International Sharing School com o dinamarquês Rosan Bosch Design Studio e o atelier português Openbook. A obra criará neste segundo edifício espaços de aprendizagem dedicados, que proporcionarão aos alunos e professores o ambiente ideal para cada uma das 9 tipologias de aprendizagem que decorrem naturalmente ao longo do dia, em linha com os espaços já criados e em pleno funcionamento no Edifício 1 da escola internacional.

Carlos Cardoso, Managing Director da Tétris Portugal, comenta que “esta obra é muito importante para toda a nossa equipa. Em primeiro lugar, porque assinala a nossa estreia numa nova área e para um novo cliente. E, em segundo lugar, porque além de se tratar de uma experiência inédita, conta também com um prazo muito desafiante, uma vez que que dispomos de menos de três meses para executar toda a empreitada e ali criar uma nova escola, concebida não só para dar resposta às necessidades do ensino mas também para melhorar o conforto e o bem-estar de todos os que diariamente vivem aquele espaço. É sem dúvida um desafio aliciante, mas a nossa equipa está à sua altura e mal podemos esperar para ver o resultado final da obra da “nossa” primeira escola”.

Tags:

Subscrever

Media

Media