Equipa da Católica Lisbon School of Business and Economics alcança o ‘pódio’ na Final Internacional do L’Oréal Brandstorm 2020

A equipa Greensleeves da Católica Lisbon School of Business and Economics ficou em 3º lugar na final Internacional do L’Oréal Brandstorm 2020. A cerimónia decorreu esta quarta-feira, dia 24 de junho, em formato inteiramente digital, adaptado ao contexto da pandemia. A equipa portuguesa venceu, ainda, o ‘People Choice Award, prémio atribuído, pela primeria vez nesta edição, onde os alunos finalistas, do mundo inteiro, votaram no projeto que achavam que merecia um lugar na final.

O tema deste ano, “Constrói um Futuro sem Plástico na Indústria da Beleza”, desafiou os estudantes a criarem a próxima inovação sustentável para a Divisão de Produtos de Grande Público da L’Oréal que reduza, ou elimine, a utilização de plástico. O objetivo passa por encontrar novas soluções de embalagens e de negócio, enquanto mudam comportamentos de consumidores, consciencializando-os na redução do desperdício de plástico.

A edição deste ano está completamente alinhada com o novo programa de sustentabilidade do Grupo – L’Oréal for The Future – que foi apresentado internacionalmente no passado dia 25 de junho e que define as mais recentes ambições do Grupo para 2030. No contexto de crescentes desafios ambientais e sociais, a L'Oréal está a acelerar a sua transformação para um modelo de negócio que respeita os limites do planeta e reforça os seus compromissos com a sustentabilidade e a inclusão.

Depois de transformar o Brandstorm numa das principais competições do mundo para estudantes, com mais de 200 mil participantes de mais de 63 países desde a sua criação, a L'Oréal transformou definitivamente o seu jogo de negócios inicialmente focado em marketing numa experiência única de inovação. Ao longo dos últimos 6 meses, os participantes de cada equipa trabalharam num conceito, confrontaram ideias e trabalharam na viabilidade do seu projeto.

A 28ª edição contou com a participação de cerca de 60 equipas, cada uma representando um país. Os finalistas apresentaram as suas ideias a um júri composto por 6 membros executivos do Grupo L’Oréal. As equipas que representaram a Suiça e a Argentina ficaram em 1º e 2º lugar respetivamente. É possível rever a cerimónia final no link.

Depois da Final Nacional que decorreu no dia 5 de maio, a equipa Greensleeves - composta por Francesca Di Majo, Jonas Strunk e José Saraiva – representou Portugal na final internacional. A equipa, que contou com a mentoria do professor Kyryl Lakishyk da Católica Lisbon, apresentou um projeto inovador que propõe a utilização do desperdício proveniente do processamento de laranjas para a produção de produtos e embalagens sustentáveis, utilizando bioplástico.

“É um enorme orgulho ver a equipa portuguesa no top 3 desta competição e ainda sermos o primeiro país a receber o People Choice Award. O futuro mais sustentável é um dos grandes objectivos estratégicos para o Grupo L’Oréal, que anunciou, recentemente, o compromisso de 100% dos plásticos usados nas embalagens dos seus produtos serem de fontes recicladas ou de base biológica até 2030.” Afirma Cátia Martins, CEO da L’Oréal Portugal.

Tags: