LIPOR abre Concursos de cerca de 8 milhões de euros

“O tempo, agora, é de criar riqueza e INVESTIR”, assume Aires Pereira, Presidente do Conselho de Administração da LIPOR

A LIPOR abriu nas 2 últimas semanas, Concursos Públicos no valor de mais de 8 milhões de euros , para construir e montar uma nova Unidade de triagem de embalagens plásticas e metálicas (6 milhões de euros), uma linha de granulação de “composto“ para a agricultura nacional (1,8 milhões de euros), e uma Unidade de preparação de SUBSTRATOS, também para dar resposta à necessidade de melhorar os Solos agrícolas (400 mil euros).

Neste momento, está, ainda, a decorrer a reconstrução de 2 antigas Naves fabris, num investimento de cerca de 3 milhões de euros, para poder lá alojar os novos Investimentos que foram, agora, decididos.

Mesmo sem ainda ter qualquer garantia de Apoios de Fundos Comunitários para os Projetos de Investimentos, agora em concurso, Aires Pereira manifesta toda a sua confiança nas justas decisões do Ministro do Ambiente e dos responsáveis nacionais pela administração dos Fundos Comunitário: “Acredito que as Autoridades nacionais sabem bem que a Lipor não para, nem irá parar, e que este esforço de forte Investimento vai criar riqueza para o País, emprego, mais 30 Técnicos e operários, e ajuda em 2 importantes eixos da Estratégia do Governo, a promoção da Economia Circular e a descarbonização“.

Aires Pereira , Presidente do Conselho de Administração da LIPOR e Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, manifesta, ainda, grande satisfação pelo modo como os Cidadãos da região do Grande Porto, mesmo confinados nas suas residências e com preocupações de saúde, estão a reciclar cada vez mais embalagens, mais resíduos alimentares, motivo pelo qual os Serviços de todas as Câmaras Municipais Associadas, e as 3 grandes fábricas da LIPOR, estão a trabalhar em turnos contínuos, embora com redobrados cuidados de proteção e higiene para todos os trabalhadores.

Quando a reciclagem de fevereiro, para abril, cresce cerca de 12%, em peso, muito mais em volume, a nossa resposta só poderia ser a de avançar rapidamente com novos Investimentos, para respondermos adequadamente às BOAS PRÁTICAS dos Cidadãos.”

Por fim o Autarca e Responsável da LIPOR, aconselha a que os Cidadãos da região do Grande Porto “fiquem em casa e em segurança, sigam as recomendações das Autoridades de Saúde, mas continuem a reciclar, pois a LIPOR e os colaboradores das nossas Autarquias que recolhem os resíduos não param.”
 

Sobre a LIPOR

A LIPOR é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos Municípios associados: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

A LIPOR trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por 1 milhão de habitantes. Sustentada nos modernos conceitos de gestão de RU, a LIPOR desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos RU, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, complementadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.

Ao assumir de forma clara que a gestão de resíduos é realizada na ótica do recurso, a LIPOR firma todos os esforços na sua valorização mais adequada, abordagem esta que tem por base a projeção de um modelo circular de negócios, e é sustentada por projetos demostrativos das práticas circulares de suporte. A atuação da Organização permite consolidar um posicionamento que se preconiza pela criação de valor no ciclo produtivo, caracterizado pela reintrodução do “resíduo” como “recurso” na cadeia de valor.

A nível nacional, a LIPOR pretende ser impulsionadora da temática da Economia Circular, através da partilha de novas estratégias e procura de soluções mais eficazes.

Tags:

Sobre nós

Empresa de reciclagem e gestão de resíduos.