LIPOR e IPDJ juntos no combate ao Lixo Marinho

A LIPOR e o IPDJ apresentaram uma candidatura ao abrigo do Programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono ‘Programa Ambiente’, do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu 2014-2021 - Small Grants Scheme #1 – Projetos para a prevenção e sensibilização para a redução do lixo marinho e foi uma das 6 vencedoras, entre as 24 candidaturas apresentadas.
 
“HÁ RIO E MAR, HÁ LIXO PARA TRANSFORMAR” foi apresentado publicamente no dia 19 de junho, num evento de apresentação dos projetos de Prevenção e Sensibilização para a redução do lixo marinho, no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões. Este projeto pretende desenvolver um conjunto de iniciativas e ferramentas que promovam intensa e continuadamente a Literacia do Oceano e a Proteção e Preservação do Mar integradas nos sistemas educativos, na informação aos cidadãos, na capacitação de técnicos ao nível administrativo e empresarial, com vista à adoção de melhores práticas de gestão ambiental nesta matéria. Assume-se, pois, que o fortalecimento da educação e a consciencialização das populações são os fatores determinantes para o sucesso na prossecução de um Novo Rumo.
 
Este projeto, que agora se inicia, decorrerá até março de 2022, encontra-se alicerçado, sobretudo, no desenvolvimento de ações de Sensibilização para mudar atitudes e comportamentos, bem como iniciativas de Literacia, capacitando os diversos atores do processo para a adoção diária das melhores práticas de gestão ambiental nesta matéria.

Sobre a LIPOR
 
 
A LIPOR é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos Municípios associados: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.
 
A LIPOR trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por 1 milhão de habitantes. Sustentada nos modernos conceitos de gestão de RU, a LIPOR desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos RU, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, complementadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.
 
Ao assumir de forma clara que a gestão de resíduos é realizada na ótica do recurso, a LIPOR firma todos os esforços na sua valorização mais adequada, abordagem esta que tem por base a projeção de um modelo circular de negócios, e é sustentada por projetos demostrativos das práticas circulares de suporte. A atuação da Organização permite consolidar um posicionamento que se preconiza pela criação de valor no ciclo produtivo, caracterizado pela reintrodução do “resíduo” como “recurso” na cadeia de valor.
A nível nacional, a LIPOR pretende ser impulsionadora da temática da Economia Circular, através da partilha de novas estratégias e procura de soluções mais eficazes.
 



 
Sobre o IPDJ
 
O Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. (IPJ) é um organismo da Administração Pública com autonomia administrativa tutelado pelo Secretário de Estado do Desporto e Juventude (SEDJ) e tem por missão a execução de uma política integrada e descentralizada para as áreas do desporto e da juventude, em estreita colaboração com entes públicos e privados, designadamente com organismos desportivos, associações juvenis, estudantis e autarquias locais.
 
O IPDJ intervém na definição, execução e avaliação da política pública do desporto, promovendo a generalização do desporto, bem como o apoio à prática desportiva regular e de alto rendimento, através da disponibilização de meios técnicos, humanos e financeiros. A preservação da ética no desporto é ainda um dos escopos essenciais do IPDJ.
 
De igual modo, o IPDJ visa dinamizar o apoio ao associativismo, ao voluntariado e promoção da cidadania, à ocupação de tempos livres, à educação não formal, à informação e à mobilidade geográfica dos jovens em Portugal e no estrangeiro. Propõe-se, ainda, revitalizar o turismo jovem, em particular no que respeita à rede de Pousadas da Juventude e ao Cartão Jovem, de modo a incrementar a mobilidade, com ganhos de eficiência e economia.

Tags:

Media

Media