Quinto Aniversário da Casa Ronald McDonald do Porto reúne uma 'mão cheia' de convidados

O 5.º aniversário da Casa Ronald McDonald do Porto foi o mote para ‘Conversas de Mão Cheia’ que juntou, na Fundação Engenheiro António de Almeida, várias figuras emblemáticas da cidade do Porto e do País.

O economista Daniel Bessa, a manequim Diana Pereira, o presidente do Futebol Clube do Porto Jorge Nuno Pinto da Costa, o empresário Manuel Serrão, a apresentadora de televisão Sónia Araújo e a pequena Alicia, que viveu um ano na Casa Ronald McDonald do Porto, partilharam com uma vasta plateia de amigos, familiares e voluntários da Fundação Infantil Ronald McDonald, histórias de ‘Quando eu tinha 5 anos’. O evento contou ainda com a moderação da apresentadora Fernanda Freitas.

Inaugurada em 2013, a Casa Ronald McDonald do Porto já acolheu, gratuitamente, perto de 500 famílias de crianças que se deslocam da sua residência habitual para receberem tratamento no Centro Hospitalar S. João ou no IPO-Porto. As famílias são oriundas de vários pontos distantes da cidade do Porto, sobretudo dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Viseu, Aveiro e Vila Real. A ideia subjacente a esta Casa é simples: proporcionar uma “casa longe de casa” às famílias mais carenciadas das crianças em tratamento hospitalar.

Isabel Aragão, Gestora da Casa Ronald McDonald do Porto, salienta que “a Casa Ronald McDonald do Porto existe sobretudo para apoiar as famílias em situação socioeconómica vulnerável de forma a poderem acompanhar de perto o tratamento dos seus filhos. O que profundamente desejamos será libertar os pais de outras preocupações para além da plena recuperação e acompanhamento das crianças. Acreditamos que temos levado a bom porto o nosso trabalho, quer pelas manifestações de carinho recebidas, quer pelas famílias que já acolhemos após cinco anos de intensa, mas indescritivelmente gratificante, atividade”.

A Fundação Infantil Ronald McDonald, seguindo o exemplo de mais de 60 países onde a Ronald McDonald House Charities está representada, foi constituída em Portugal pela Sistemas McDonald’s Portugal, no ano 2000, e tem como missão a promoção de iniciativas que contribuam para o bem-estar das crianças e das suas famílias. Em 2001 foi oficialmente reconhecida como uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) de Utilidade Pública.

As Casas Ronald McDonald de Lisboa e do Porto e o Espaço Familiar Ronald McDonald, no Hospital Santa Maria em Lisboa, são, atualmente, os projetos da Fundação Infantil Ronald McDonald. O papel destes projetos é o de aproximar as famílias e as suas crianças numa altura difícil das suas vidas, e de contribuir para o seu bem-estar.

Uma das formas de ajudar a Fundação Infantil Ronald McDonald e os seus projetos é participando na Campanha McSorriso nos 167 restaurantes McDonald’s de todo o país, e que este ano decorre de 23 a 25 de novembro, durante os quais, na compra de um McMenu® ou McMenu Grande, os restaurantes contribuem com 25 cêntimos para apoiar a Fundação Infantil Ronald McDonald.

Fazer donativos, adquirir presentes solidários ou ser voluntário das Casas ou do Espaço Familiar Ronald McDonald são algumas outras formas de ajudar a Fundação Infantil Ronald McDonald a continuar a apoiar de forma gratuita as famílias das crianças em tratamento hospital.

Imagens

Tags:

Sobre nós

Grupo de restauração internacional especializado em fast food.

Subscrever

Media

Media