MDS lança campanha para valorizar profissionais essenciais durante a pandemia COVID-19

A MDS, multinacional portuguesa líder na consultoria de riscos e seguros, lançou a campanha We See Hope (“Nós Vemos Esperança”) com o intuito de valorizar e apoiar os profissionais que se têm sacrificado em prol de todos no combate à COVID-19 e aos seus efeitos.  A pandemia alterou a rotina de milhões de pessoas em todo o mundo e, face às orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), diversos países adotaram medidas de prevenção com base no distanciamento social. Embora grande parte da força de trabalho se tenha adaptado ao sistema de trabalho remoto, existem diversas funções e serviços que necessitam de estar em funcionamento e que não são adaptáveis ao teletrabalho. 

José Manuel Dias da Fonseca, CEO Global do Grupo MDS, realça que este é o momento de pensar positivo. “Neste período tão conturbado, a MDS escolheu ser uma voz positiva e acreditar que até os tempos mais complexos podem ser transformados por pessoas e para pessoas. Por isso, agradecemos a todos os profissionais que semeiam a esperança de um futuro sólido diante deste presente nublado”, afirma. 

O primeiro vídeo da campanha (ver aqui) apresenta o agradecimento de vários dos gestores e profissionais do grupo, das diversas geografias, criando uma mensagem única de reconhecimento que conjuga diferentes línguas.

Beatriz Cabral, Head Global de Marketing e Comunicação do Grupo MDS, explica que “a ideia da campanha é exaltar todos os profissionais que, através das suas funções ou atividades, trazem a certeza de dias melhores. Queremos valorizar quem está na linha da frente no combate ao coronavírus, nomeadamente os profissionais de saúde dos hospitais e postos de atendimento em todo o mundo. A campanha enaltece também aqueles que indiretamente sustentam e mantêm a sociedade saudável e em funcionamento, nos diferentes sentidos: profissionais da alimentação, de comércios de itens essenciais, da limpeza, logística e muitos outros serviços”. E acrescenta: “São médicos, enfermeiros, equipas de apoio e limpeza, funcionários de supermercados e padarias, camionistas, agentes de limpeza urbana, estafetas, bombeiros, entre muitos outros que diariamente trabalham em benefício da comunidade”.

A campanha aposta no digital e está presente em todas as redes sociais do grupo, que desenvolve a sua atividade em mais de 100 países em todo o mundo. Desenvolvida pela equipa interna da MDS, contou com a colaboração com a agência FSB.

A campanha tem como mote a ideia de que "seja qual for o momento, há sempre profissionais e palavras que levam cores até si”. Com este pensamento, a empresa reitera a convicção de que até os tempos mais complexos podem ser transformados por pessoas e para pessoas.

Entre as mensagens-chave do projeto, destaca-se a frase “Na tempestade, há sempre quem traga o arco-íris".

A MDS também tem motivado os seus colaboradores a nível global a reconhecer e apoiar estes profissionais usando as redes sociais. O Manifesto da MDS em prol destes profissionais já está online e terá vídeos e peças que serão divulgadas durante um mês, com posts semanais no Instagram, Facebook, LinkedIn e site oficial do MDS Group. 
 
Microsite dedicado à Covid-19
A MDS acaba também de lançar um microsite que reúne informações gerais sobre o vírus, dicas de cuidados e prevenção em diferentes formatos e informações da Direção Geral de Saúde e outras entidades competentes, bem como notícias de Portugal e do mundo.
Ao aceder à página, o visitante encontra em destaque um resumo dos tipos de conteúdo que podem ser encontrados em cada separador. A seção Sobre reúne tópicos com as principais perguntas e respostas relacionadas com o vírus – O que é? Quais são os sintomas?, Existe tratamento? e Quais são as medidas de prevenção?. No separador Notícias podem ler-se as últimas notícias e tweets de órgãos de comunicação social credíveis, tal como artigos de opinião do blog da MDS. Nos Vídeos encontram-se conteúdos audiovisuais informativos da Direção Geral de Saúde, quando a seção #Verdadeiro ou #Falso é destinada a desmistificar mitos e verdades sobre a pandemia. Em Cuide-se o público descobre conselhos e canais de suporte, enquanto no Fique Em Casa! são disponibilizadas sugestões de atividades e conteúdos – como cursos gratuitos, filmes, séries, playlists, livros, exercícios e entretenimento para crianças – destinados a tornar o período de isolamento mais seguro e produtivo.
Os conteúdos são atualizados em tempo real, acompanhando a dinâmica e a evolução da conjuntura da pandemia. Aos visitantes que desejarem ainda mais apoio ou informações, basta recorrer às seções Downloads e F.A.Q, nas quais a MDS disponibiliza conteúdos exclusivos e reúne as principais dúvidas sobre o tema.
A plataforma está disponível ao público no link https://covid19.mdsinsure.com/pt/
 
Sobre a MDS
A MDS é um grupo multinacional que atua na área da corretagem de seguro e resseguro e consultoria de riscos, presente em mais de 100 países. É líder de mercado em Portugal, um dos maiores players no Brasil e está diretamente em Angola, Moçambique e Espanha, Malta e Suíça. Através da Brokerslink, empresa global de corretagem fundada pelo grupo e que integra cerca de 18.000 profissionais de seguros, responde às necessidades dos seus clientes nas mais diversas geografias e sectores.
O grupo integra também a MDS RE, companhia especializada em resseguro presta serviços na Europa, América e África, e a RCG - Risk Consulting Group, uma referência na análise de riscos, controle de perdas, plano de continuidade de negócios e enterprise risk management. Através da HighDome, uma Protected Cell Company (PCC), a MDS oferece soluções alternativas de transferência de riscos ao mercado tradicional de seguros. A MDS atua também na área de gestão de benefícios e benefícios flexíveis, através das empresas 838 Soluções e Ben’s (Brasil) e Flexben (Portugal). Mais informações em www.mdsinsure.com
 
(Comunicado integral e imagem ilustrativa em anexo. Primeiro vídeo da campanha disponível aqui)

Tags:

Sobre nós

Grupo de corretagem criado em 1984, com sede no Porto. É detida pela Sonae, a maior multinacional privada portuguesa e pela Suzano, um grupo industrial brasileiro com atividades ligadas às indústrias de papel e energia renovável.

Subscrever

Media

Media