Nespresso lança cápsulas com 80% de alumínio reciclado

Em prol da economia circular e em linha com o compromisso com a sustentabilidade, a Nespresso lança, em julho, cápsulas com 80% de alumínio reciclado. Trata-se de uma nova liga ajustada que combina alumínio virgem com reciclado e contribui para dar vida às novas cápsulas da marca.

A composição permite uma redução da utilização do alumínio e a obtenção de cápsulas mais leves. Os benefícios serão ainda mais evidentes para o meio ambiente quando esta liga for adotada em toda a linha de sistemas domésticos da Nespresso – estima-se uma diminuição de CO2 de cerca de 28,5 mil toneladas. A utilização de alumínio reciclado vai também permitir uma redução do consumo de energia de 95% face ao da produção de cápsulas com alumínio virgem.

A escolha deste material obedece a dois critérios: o facto de ser infinitamente e 100% reciclável, e de ser um dos materiais mais reciclados no mundo. A estes fatores associa-se a garantia de melhor frescura, sabor e qualidade do café Nespresso.

A novidade chega ao mercado português através das cápsulas do Master Origin Colombia, o primeiro café a usar a nova liga de alumínio. Até ao final de 2021, todas as cápsulas da Linha Original vão ser fabricadas com alumínio reciclado.

‘Entregas verdes’ em Lisboa
O compromisso com a sustentabilidade da Nespresso fez a marca apostar também num projeto piloto de ‘entregas verdes’. Lisboa foi a cidade escolhida para dar arranque às novas entregas sustentáveis e, até ao final de julho, todas serão feitas por um veículo elétrico dos CTT. A utilização destes veículos vai permitir uma poupança anual de CO2 de mais de 15 toneladas por ano, face à versão com motorização a diesel. Estes veículos elétricos não emitem partículas e NOx durante a sua utilização.
Aliado a este projeto, a Nespresso desafia os portugueses a entregar aos estafetas as cápsulas já usadas para integrarem o processo de reciclagem, em que serão reutilizadas na produção de carros, caixilharia de janelas, bicicletas ou embalagens de alimentos.

Novas metas de reciclagem
A taxa global de reciclagem de cápsulas da Nespresso é de 30%, atingindo um ano antes as metas definidas para 2020. Em Portugal, a taxa foi de 23% no último ano e o objetivo é que chegue aos 25% em 2020.
Para tornar o processo ainda mais simples e conveniente para os consumidores, a marca acaba agora de substituir o saco de separação de cápsulas por um novo, feito de material 70% reciclado. O desafio está lançado: aumentar a taxa de reciclagem.
O investimento da Nespresso em reciclagem cresce e, desde 2014, atingiu cerca de 175 milhões de euros, com mais de cem mil pontos de recolha em 53 países.

Sobre a Nestlé Nespresso SA
A Nestlé Nespresso SA é pioneira e a maior referência para café premium em porções. A empresa trabalha com mais de 100.000 agricultores em 13 países através do seu programa AAA Sustainable Quality™ para incorporar práticas de sustentabilidade nas culturas e nas paisagens circundantes. Lançado em 2003, em colaboração com a Rainforest Alliance, o programa tem como objetivo melhorar o rendimento e a qualidade das colheitas, garantindo um fornecimento sustentável de café de alta qualidade, melhorando a subsistência dos agricultores e das suas comunidades. Sediada em Lausanne, Suíça, a Nespresso está em 80 países e possui mais de 13.000 colaboradores. Em 2018, a marca tinha uma rede global de retalho de aproximadamente 800 lojas. Para mais informações, visite o site da Nespresso: www.nestle-nespresso.com.

Tags:

Sobre nós

Comercialização de café e assessórios como máquinas, copos e talheres.

Subscrever

Media

Media