Projeto da Ezpeleta de chapéus de sol que purificam o ar vence Prémio de Sustentabilidade Nestlé

O projeto de chapéus solares que eliminam substâncias nocivas do ar, tornando-o mais limpo, da empresa Ezpeleta, foi o vencedor da primeira edição do Prémio de Sustentabilidade Nestlé para fornecedores, o prémio que distingue as melhores iniciativas nos pilares Pessoas e Famílias, Comunidades e Planeta que estão na base do propósito da Nestlé: Desenvolver o poder da alimentação para melhorar a qualidade de vida de todos, hoje e para as gerações futuras. Em segundo lugar ficou a empresa Dacsa Atlantic com um projeto de neutralidade carbónica ao longo da cadeia de valor e em terceiro a fornecedora de matérias-primas Acembex, com um projeto de cariz social de oferta de refeições aos mais carenciados. Foram ainda atribuídas duas Menções Honrosas, uma à Randstad, por um projeto de reinserção social de pessoas sem abrigo, e outra à Axians Portugal, que apresentou um projeto de contribuição para a criação de emprego entre os mais jovens no interior do país.
 
Para este prémio foram convidadas as empresas que são parceiras de negócio da Nestlé Portugal nas mais diversas áreas de atividade: matérias-primas, materiais de embalagens e serviços. O objetivo do prémio é a partilha de boas praticas, inovadoras e realizadas nos âmbitos ambiental, de apoio às comunidades onde as empresas estão inseridas e em prol do consumidor. Esta é também uma forma de a Nestlé alinhar com os seus parceiros os compromissos que tem nestes três níveis de impacto e cujo principal objetivo é tornar a companhia neutra em emissões de gases com efeito de estufa até 2050.

Tags:

Sobre nós

Companhia Mundial de Alimentação, Nutrição, Saúde e Bem-Estar.

Subscrever