NOS ACELERA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DA MADEIRA COM NOVO DATA CENTER

  • Requalificação do Data Center da Madeira permitiu dotar a infraestrutura de tecnologias mais avançadas e preparadas para o futuro
  • O projeto representa um investimento de 500.000 euros
  • Novo Data Center da NOS Madeira aumentou a eficiência energética em quase 30%
 
A NOS Madeira inaugura hoje o seu Data Center integralmente renovado, no Funchal. A infraestrutura foi dotada da mais avançada tecnologia, permitindo fortalecer o suporte ao negócio da operadora, nomeadamente nas áreas de Cloud e serviços associados na Região Autónoma da Madeira.
O mais recente Data Center da NOS Madeira substitui uma infraestrutura com quase três décadas e insere-se no investimento da empresa para aumentar a capacidade e a fiabilidade dos serviços prestados aos clientes da NOS Madeira, reforçando a entrega de novas soluções ao mercado empresarial e particular, e respondendo às necessidades da sociedade digital, presentes e futuras.
Agora melhor preparado para suportar as tecnologias de última geração, incluindo o 5G e as suas características inovadoras, o novo Data Center utiliza soluções altamente seguras e mais sustentáveis. A duplicação de sistemas de rede e a otimização dos sistemas energia e refrigeração, permitem uma poupança significativa, tornando esta estrutura 28% mais eficiente face à anterior.
Representando um investimento de 500.000 euros, a requalificação da nova infraestrutura envolveu uma equipa de 50 profissionais, num trabalho efetuado ao longo de 6 meses. Ao longo deste período foram migrados quase 950 equipamentos, sem afetar a totalidade dos serviços residenciais e empresariais prestados pela NOS Madeira, graças a um esforço acrescido para manter o normal funcionamento das operações, com a qualidade habitual.
Comprometida com o desenvolvimento da Região Autónoma da Madeira, este projeto reflete a aposta contínua da NOS Madeira no processo transformação digital do arquipélago, bem como a sua ambição de entregar serviços de excelência e soluções inovadoras.
De acordo com Manuel Ramalho Eanes, administrador da NOS, “a partir de hoje, as empresas e os clientes particulares na Madeira têm ao dispor um dos mais modernos e eficientes Data Center em Portugal, integralmente preparado para os desafios do futuro, como é o caso do 5G. Esta nova infraestrutura sublinha o forte compromisso da NOS com a Região, e acrescenta mais soluções, capacidade e segurança no serviço aos clientes na Madeira”.
O parque de Data Centers da NOS é objeto de investimento contínuo por parte da operadora, representando cerca de 10M€ anuais. Com esta nova infraestrutura, a NOS passa a contar, na Madeira, com uma área total acumulada de 300 m2 de salas técnicas e de alojamento distribuídos por dois Data Centers na Região, elevando assim para 3487 m2 a capacidade instalada da NOS distribuída por sete Data Centers em todo o território nacional.

Sobre o novo Data Center NOS na Madeira
Distribuído ao longo de seis salas, o Data Center é suportado em duas infraestruturas independentes de energia para uma resiliência acrescida, complementada por 1 gerador de emergência e 2 sistemas independentes de ups e 2 sistemas independentes de DC, que permitem um consumo até 400Kw de potência. A climatização é assegurada por infraestrutura central com corredores frios e sistemas In-Row redundantes. A construção desta infraestrutura norteou-se pela sustentabilidade da operação pelo que implementou as mais avançadas tecnologias disponíveis nas áreas da eficiência energética e flexibilidade estrutural, com escalabilidade modular em todos os níveis da infraestrutura.
O sistema de rede é composto por quatro redes, duas de serviço, dedicadas à transmissão de serviços de cliente, uma rede de laboratório, sobre a qual são testadas novas soluções e procedimentos e a uma rede de gestão out-of-band dedicada ao acesso e configuração de equipamentos.
A nova infraestrutura integra 31 Km de fibra ótica entre bastidores técnicos, assim como 12 Km de cabo Ethernet. No âmbito da construção do novo Data Center foram passados 7.000 metros de cabo coaxial, 2.500 metros de cabo elétrico e usados 350 metros de esteiras.
 
Link para imagens: https://we.tl/t-qB66H7Trwh

Tags:

Subscrever

Media

Media