‘PATRICK’, O FILME DE GONÇALO WADDINGTON ESTREIA A 23 DE JULHO E PROMETE NÃO DEIXAR NINGUÉM INDIFERENTE

Já é conhecido o segundo trailer de ‘Patrick’, a primeira longa-metragem de Gonçalo Waddington como realizador que aborda o rapto, o tráfico sexual de crianças, a pedofilia ou a desagregação familiar e os tremendos efeitos nefastos sobre as ‘suas’ vítimas. O filme teve a sua estreia na 67º edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián, em setembro de 2019, e chega a 23 de julho aos cinemas nacionais.
‘Patrick’ conta a história de um jovem adulto (interpretado pelo ator luso-francês Hugo Fernandes) a viver em Paris, com o namorado mais velho. Gere um site de pornografia adolescente, o que o leva a ser preso após uma rusga numa festa. As autoridades descobrem-lhe a verdadeira identidade e Patrick é afinal Mário, um português raptado, no interior de Portugal, em 1999, com apenas 8 anos.
 
É-lhe dada a opção de voltar para a sua família e colaborar na investigação do desmantelamento de uma rede de pedofilia. Ao regressar a Portugal, Mário, tenta adaptar-se a uma nova realidade, mas é recebido com desconfiança. A mãe tem dificuldade em reconhecer o filho e em comunicar com ele e as suas duas identidades entram em conflito: a vida de festas, drogas e promiscuidade em Paris; e a sua nova vida rural, no seio de uma família destruída.
 
Com interpretações de Teresa Sobral, Alba Baptista, Carla Maciel, Adriano Carvalho, João Pedro Bénardad, Raphael Tschudi ou Miguel Herz-Kestranek, Waddington faz de ‘Patrick’ um filme sobre a crise de identidade de um rapaz de 20 anos, que teve a sua infância arruinada. Quem é afinal ‘Patrick’ ou Mário que se apercebe que tem uma família em Portugal que nunca o esqueceu, mas que não sabe lidar com o seu passado?
 
Em simultâneo com estreia de ‘Patrick’, a Sony Music irá lançar digitalmente a Banda Sonora da autoria do músico e compositor Bruno Pernadas. 
 
“Se alguém te diz que afinal não és este, mas és aquele, isso faz faísca. Ele sabe quem foi, mas viveu oito anos com uma identidade, depois mais 10 anos numa 'Neverland', não muito longe do raptor, que foi um pai e um protetor; e depois, de repente, é devolvido à tua família.’
 
Gonçalo Waddington
 
 
Elenco
 
Hugo Fernandes | Patrick
Teresa Sobral | Laura
Carla Maciel | Helena
Alba Baptista | Marta
Miguel - Herz - Kestranet | Mark
João Pedro Bénardad | Inspetor Português
Adriano Carvalho | Pai
Raphael Tschudi | Thomas
Karim Bel Kac | Inspetor Francês
 
Sinopse
Patrick, 20 anos, vive em Paris com o namorado, mais velho. Gere um site de pornografia adolescente, o que o leva a ser preso, após uma rusga numa festa. Mário, um menino de 8 anos, foi raptado em Portugal, há 12 anos. Patrick e Mário são a mesma pessoa, e essas duas identidades estão em conflito: a vida de festas, drogas e promiscuidade em Paris; e a sua nova vida rural em Portugal, onde se sente obrigado a criar ligações com uma família destruída.
 
Links: Trailer | Conteúdos
 
 
A 23 DE JULHO NOS CINEMAS
 
 
Sobre a NOS
A NOS é o maior grupo de comunicações e entretenimento em Portugal. Oferece soluções fixas e móveis de última geração, televisão, internet, voz e dados para todos os segmentos de mercado. É líder na TV por subscrição, em serviços de banda larga de nova geração e na distribuição cinematográfica. No mercado empresarial posiciona-se como uma alternativa sustentada nos segmentos Corporate e Mass Business, oferecendo um portefólio alargado de produtos e serviços, com soluções à medida de cada setor e de negócios de diferentes dimensões, complementando a sua oferta com serviços ICT. IoT e Cloud.
Com uma rede preparada para o 5G e ao dotar a cidade de Matosinhos com a 5ª geração da rede móvel a NOS posiciona-se na linha da frente na implementação desta nova tecnologia e assume um papel de liderança na inovação associada às cidades inteligentes e ao desenvolvimento das sociedades 5.0.
Por outro lado, o objetivo de reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e contribuir para a sustentabilidade do planeta levou a NOS a subscrever a Carta de Compromisso “Business Ambition for 1.5ºC”, o que confirma o compromisso público da empresa para alinhar as suas emissões com as trajetórias de descarbonização, necessárias para limitar o aquecimento global.
Em 2019 a NOS levou mais de 9 milhões de espectadores ao cinema e continua a liderar o mercado com uma quota de 61,2% das receitas brutas sendo o exibidor com mais complexos (31) e salas (219)
A NOS está no principal índice bolsista nacional (PSI-20), conta com 4,8 milhões de clientes móveis, 1,6 milhões de clientes de televisão, 1,8 milhões de clientes de telefone fixo e 1,4 milhões clientes de internet de banda larga fixa.

Tags:

Subscrever