João Reis encena a “A Disputa” de Marivaux em Queluz

- Sessões a 13, 14, 16, 17, 18, 19, 20, 21 julho, às 21h30

- Elenco conta com Pedro Almendra e Soraia Chaves, entre outros

- Nuno Baltazar assina os figurinos

- Cascata das Conchas é o palco da peça

Nos dias 13, 14, 16, 17, 18, 19, 20 e 21 de julho, às 21h30, “A Disputa”, de Marivaux, é apresentada nos Jardins do Palácio Nacional de Queluz, na Cascata das Conchas. A obra do dramaturgo do século XVIII, traduzida por Maria João Brilhante, tem encenação de João Reis e conta com interpretações de Pedro Almendra e de Soraia Chaves, entre outros.

Os Jardins do Palácio Nacional de Queluz, que no passado foram palco de vários espetáculos teatrais destinados à família real e à corte, voltam a acolher uma peça de teatro, que convida a uma viagem no tempo até ao período barroco e também a uma reflexão acerca de um tema eterno: quem terá, em primeiro lugar, sido infiel e inconstante no amor – os homens ou as mulheres? Para verem resolvida esta questão, um Príncipe e a sua Dama, Hermianne, assistem a uma experiência iniciada anos antes, na corte. É este o mote para “A Disputa”, uma das numerosas comédias escritas por Marivaux, o mestre francês do teatro da máscara e da mentira.

O estilista Nuno Baltazar assina os figurinos da peça, cujo elenco é constituído por Pedro Almendra, Soraia Chaves, Diana Sousa Lara, Laurinda Chiungue, Bernardo Beja, Ana Pessoa, Luís Simões, Alice Coelho, Daniel Martinho e João Teixeira.

O espetáculo, promovido pela Parques de Sintra, integra-se na sua missão de revitalizar o património sob sua gestão através da recuperação das suas vivências passadas e colocando essas experiências ao alcance de todos. A produção está a cargo de O Lince Viaja.

Os bilhetes custam 15 euros e já estão à venda nas bilheteiras da Parques de Sintra. Em breve, estarão igualmente disponíveis nos locais habituais ou online.

“A Disputa”
 
Datas: 13, 14, 16, 17, 18, 19, 20, 21 de julho, às 21h30
 
Local: Cascata das Conchas, Jardins do Palácio Nacional de Queluz
 
Bilhetes: 15,00€
À venda nas bilheteiras da Parques de Sintra. Disponíveis, em breve, online em www.parquesdesintra.pt e www.blueticket.pt, FNAC, Worten, El Corte Inglés, MEO Arena, Media Markt, lojas ACP, rede PAGAQUI e Postos de Turismo de Sintra e Cascais.
 
Classificação: maiores de 12 anos
 
Ficha Técnica
Elenco: Pedro Almendra, Soraia Chaves, Diana Sousa Lara, Laurinda Chiungue, Bernardo Beja, Ana Pessoa, Luís Simões, Alice Coelho, Daniel Martinho, João Teixeira
Texto: Pierre de Marivaux
Tradução: Maria João Brilhante
Encenação: João Reis
Assistente de Encenação: Lígia Roque
Desenho de Luz: Nuno Meira
Desenho de Som: Francisco Leal
Figurinos: Nuno Baltazar
Produção: O Lince Viaja
 

Sobre O Lince Viaja

O Lince Viaja é um pequeno coletivo cujo propósito é produzir espetáculos de interesse público, reunindo criadores de diferentes proveniências e interesses e cuja natureza se reflete nas escolhas e nos processos desenvolvidos. As últimas criações foram produzidas no âmbito de colaborações diretas com o Teatro Nacional São João e com o Teatro Municipal São Luiz.

Sobre a Parques de Sintra - Monte da Lua

A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.

Em 2018, as áreas sob gestão da PSML (Parque e Palácio Nacional da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam cerca de 3,5 milhões de visitas, cerca de 86% das quais por parte de estrangeiros. Recebeu, em 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018, o World Travel Award para Melhor Empresa em Conservação.

São acionistas da PSML a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.

www.parquesdesintra.pt / www.facebook.com/parquesdesintra / https://www.instagram.com/parquesdesintra/

Promotor: Parques de Sintra

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever