Parque da Pena recebe exposição “International Garden Photographer Of The Year” (IGPOTY)

- 11.ª Edição do maior concurso de fotografia de jardins, plantas, flores e botânica
- 39 Imagens premiadas em exposição no Picadeiro do Parque da Pena
- Marcio Cabral é o vencedor geral da competição com a fotografia “Cerrado Sunrise”
 
 
Sintra, 21 de agosto de 2018 – O Picadeiro do Parque da Pena recebe, a partir do dia 1 de setembro, a exposição “International Garden Photographer Of The Year” (IGPOTY), a maior mostra mundial de fotografia especializada em jardins, plantas, flores e botânica, que estará patente até 25 de novembro.
 
Pelo oitavo ano consecutivo, a Parques de Sintra volta a acolher ao ar livre as 39 imagens premiadas, pela primeira vez no Picadeiro do Parque da Pena, nas categorias “Wildflower Landscapes” (Paisagens Silvestres), “Beautiful Gardens” (Jardins Belos), “The Beauty of Plants” (A Beleza das Plantas), “Bountiful Earth” (Terra Generosa), “Trees, Woods and Forests” (Árvores, Bosques e Florestas), “Breathing Spaces” (Espaços para Respirar) e “Wildlife in the Garden” (Vida Selvagem no Jardim).
 
As fotografias são apresentadas num painel com um formato de 1x1 metros, em suportes de madeira de acácia, de árvores que caíram na Serra de Sintra e que a Parques de Sintra aproveitou para este efeito.
 
Entre as imagens expostas, está a do vencedor geral da competição, Marcio Cabral, com a fotografia “Cerrado Sunrise” (Nascer do Sol no Cerrado), integrada na categoria “Wildflower Escapes”, que se inspirou na Paepalanthus chiquitensis, uma planta especial, endémica da América do Sul, que ocorre principalmente na região do cerrado brasileiro. Apesar de esta planta não ser considerada uma espécie em perigo, o rápido avanço das monoculturas na área (como a da soja) está a gerar preocupação. “É urgente chamar a atenção para estas plantas fascinantes e tomar medidas para preservar a beleza única do ecossistema do cerrado”, frisa o fotógrafo brasileiro, especialista em fotografia de paisagens e subaquáticas e considerado um dos cinco melhores do mundo em fotografia panorâmica.
 
A mostra contempla ainda uma imagem da portuguesa Inês Leonardo, “On Top of the World” (No Topo do Mundo), finalista na categoria “Wildlife in the Garden”, captada no Parque Natural da Serra da Arrábida. “Durante uma caminhada, uma pequena borboleta poisou sobre uma flor diante de mim e aproximei-me lentamente para tirar a foto. Escolhi esta composição particular, quando a borboleta estava virada de lado, mas centrada com a flor, devido à sensação de equilíbrio que proporciona”, explica a fotógrafa.
 
As inscrições para a 12.ª edição já estão abertas em https://igpoty.com/. O concurso é aberto a fotógrafos profissionais, mas também a amadores, e anualmente a exposição dos trabalhos vencedores é inaugurada nos Kew Gardens (Reino Unido), percorrendo posteriormente diversos locais de importância cultural e jardins icónicos do mundo. A exposição decorre ao ar livre, cuidadosamente integrada na natureza envolvente.
 
A competição IGPOTY foi criada em 2007 por cinco membros da “Garden Photographers’ Association” do Reino Unido, e tornou-se internacional em 2008, ano da primeira exposição nos “Royal Botanic Gardens”, em Kew.
 
 
 
 
- fim -
 
Sobre a Parques de Sintra - Monte da Lua
A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.
Em 2017, as áreas sob gestão da PSML (Parque e Palácio Nacional da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam cerca de 3,2 milhões de visitas, cerca de 80% das quais por parte de estrangeiros. Recebeu, em 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017, o World Travel Award para Melhor Empresa em Conservação.
São acionistas da PSML a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.
 
 
www.parquesdesintra.pt / www.facebook.com/parquesdesintra / https://www.instagram.com/parquesdesintra/

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever