INOVAÇÃO E INCONFORMISMO ELEVAM O VALOR DA REGIÃO

O trabalho diário de uma equipa com ADN, empenho e dedicação fazem com que a empresa se posicione num ranking onde figuram quatro empresas nacionais do setor dos Vinhos Verdes,  sendo a única a representar a casta que a apaixona: o alvarinho.

Sempre focado numa gestão cuidada, na excelência e na qualidade, nunca sendo o volume a primeira prioridade, o Soalheiro conquista o título de PME Excelência pelo terceiro ano consecutivo. Um reconhecimento da aposta da empresa no crescimento económico e ambiental sustentável do território onde se insere – a região dos Vinhos Verdes, em especial Monção e Melgaço: a origem do Alvarinho. O trabalho diário de uma equipa com ADN, empenho e dedicação fazem com que a empresa se posicione num ranking onde figuram quatro empresas nacionais do setor dos Vinhos Verdes, sendo a única a representar a casta que a apaixona: o alvarinho.

Com um volume de faturação de 3,8 milhões de euros em 2018, o Soalheiro registou um crescimento de 25% no volume de faturação e de 67% face ao número de colaboradores face a 2017. Também a quota de exportação cresceu, em cerca de 14%, em 2018, representando mais de 40% do volume de negócios. O Soalheiro posiciona-se assim no top 10 de faturação e rentabilidade nos Vinhos Verdes e no top 3 de faturação e rentabilidade nos produtores de Monção e Melgaço – A Origem do Alvarinho. Estes números contribuem para a sustentabilidade económica, social e ambiental do tecido produtivo e empresarial da região, sendo um dos grandes objetivos do Soalheiro a procura não só o seu crescimento nacional e internacional, mas igualmente o crescimento global na valorização dos vinhos da região onde se insere.

“Estamos perante uma história de sucesso, bem estruturada e pensada.  O percurso dos vinhos portugueses é um percurso de inovação e qualificação do capital humano e o Soalheiro é um excelente exemplo disso”.

Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira

Atualmente, são já vinte elementos que compõe o Soalheiro Team e que, diariamente, vestem a camisola e comungam com os valores da inovação, do inconformismo, da responsabilidade e da excelência, contribuindo para a evolução contínua e sólida do Soalheiro. Foi a paixão pela vinha e pelo vinho que os uniu e é o respeito pelo nosso Terroir que os realiza. Mas o compromisso do Soalheiro alarga-se ainda aos seus parceiros, com o objetivo de trazer prosperidade para a agricultura da região e para a economia local, baseada numa viticultura biológica profissionalizada e que complementa os rendimentos das famílias. A primeira marca de Alvarinho de Melgaço tem registado um crescimento nacional e internacional gradual e constante que contribui para que um conjunto de amantes do vinho continuem a descobrir o Vinho Verde de Monção e Melgaço - A Origem do Alvarinho e o grande potencial dos Vinhos Portugueses.

Com o objetivo de continuar a evoluir a empresa em termos de infraestruturas, equipamentos, enoturismo e conhecimento, o Soalheiro está a levar a cabo o segundo investimento de crescimento e valorização da Adega desde a sua criação. Trata-se de um projeto com financiamento aprovado pelo Programa de Desenvolvimento Rural 2020 (PDR 2020), num investimento global de 1 milhão de euros, em infraestruturas e equipamentos valorizado e destaca pelo Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, aquando da sua visita ao município mais a Norte de Portugal: “Estamos perante uma história de sucesso, bem estruturada e pensada. O percurso dos vinhos portugueses é um percurso de inovação e qualificação do capital humano e o Soalheiro é um excelente exemplo disso”.

Tags:

Sobre nós

Empresa produtora de vinho situada em Melgaço.

Subscrever

Media

Media