O Grupo Renault anuncia um projeto de evolução da sua organização em torno das suas marcas

O Grupo Renault projeta uma evolução da sua organização em torno das suas marcas, agrupando-as em quatro « business units »: Renault, Dacia, Alpine e Novas mobilidades. Este projeto visa a criação de uma organização mais simples e mais orientada para a obtenção de resultados, composta por equipas mais coesas agrupadas por marca.
 
O Grupo Renault inicia, desde já, uma reflexão sobre a sua organização, com o objetivo de a fazer evoluir para a criação de quatro « business units » (BU): Renault, Dacia, Alpine e Novas mobilidades. Cada uma das BU assentará numa organização autónoma.
Nesta reflexão serão também incluídas as funções transversais da empresa.
« A empresa necessita de alterar a forma de agir, passando da procura pelo volume de vendas, para a procura da criação de valor e de rentabilidade. A organização em torno de quatro marcas, em conjunto com as funções transversais da empresa, deverá permitir trabalhar de forma mais simples, orientada para os mercados e para os clientes e com um grande espírito de equipa. Esta é uma alavanca essencial para a recuperação do Grupo", declarou Luca de Meo, CEO do Grupo Renault.
 
Neste projeto, a reflexão para a criação e implementação destas novas BU será pilotada por:

  • Luca de Meo, CEO do Grupo Renault, para a marca Renault,
  • Denis Le Vot, Diretor das Regiões, Comércio e Marketing do Grupo, para a marca Dacia,
  • Cyril Abiteboul, Diretor Geral da Renault Sport Racing, para a Alpine,
  • Clotilde Delbos, Diretora-Geral adjunta e Diretora Financeira do Grupo, para as Novas  mobilidades.
 
Quando se encontrar mais avançado, este projeto será partilhado com as instâncias representativas dos trabalhadores.

Tags:

Sobre nós

Comércio automóvel.

Subscrever

Media

Media