EYELIKE™ Fundus Camera da Samsung reaproveita smartphones Galaxy para melhorar acesso a Cuidados Oftalmológicos

O programa Galaxy Upcycling transforma smartphones obsoletos em câmaras de diagnóstico médico para ajudar populações carenciadas no Vietname, Índia, Marrocos e Papua-Nova Guiné.

Lisboa, Portugal – 14 de abril de 2021 – A Samsung Electronics Co. Ltd. está a reunir smartphones mais antigos para permitir um melhor acesso a cuidados de saúde oftalmológicos em comunidades carenciadas em todo o mundo. Em associação com a Agência Internacional de Prevenção da Cegueira (IAPB) e com a Yonsei University Health System (YUHS) na Coreia, a Samsung pretende criar dispositivos médicos que rastreiam doenças oftalmológicas através da reciclagem dos smartphones Samsung Galaxy que já não são utilizados. O programa Galaxy Upcycling tem como objetivo ajudar a prevenir os cerca de mil milhões de casos globais de deficiência visual que podem ser evitados através de um diagnóstico atempado e adequado.
 
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), pelo menos 2,2 mil milhões de pessoas têm alguma deficiência visual e quase metade destes casos eram evitáveis ou ainda não foram resolvidos. Existe uma grande disparidade na prevalência da deficiência visual, dependendo da acessibilidade e disponibilidade de serviços de cuidados oftalmológicos. Estima-se que este facto seja quatro vezes mais comum em regiões de baixo e médio rendimento do que em regiões desenvolvidas.

"As pessoas em todo o mundo enfrentam barreiras no acesso aos cuidados médicos fundamentais, por isso vimos uma oportunidade de conceber soluções inteligentes e inovadoras que reutilizam produtos para impulsionar práticas mais sustentáveis e ter um impacto positivo nas nossas comunidades", disse Sung-Koo Kim, VP do Gabinete de Gestão de Sustentabilidade, Mobile Communications Business da Samsung Electronics. "Este programa encarna a crença da Samsung de que a tecnologia pode enriquecer a vida das pessoas e ajudar-nos a construir um futuro mais equitativo e sustentável para todos".

Em 2017, a Samsung criou o programa Galaxy Upcycling para introduzir formas inovadoras que façam com que dispositivos Samsung Galaxy possam ter um impacto positivo. Através deste programa, um smartphone Galaxy mais antigo pode tornar-se o cérebro da EYELIKE™ fundus camera portátil, que se liga a uma lente para um melhor diagnóstico, enquanto que o smartphone é utilizado para captar imagens. O dispositivo Samsung Galaxy utiliza, então, um algoritmo de inteligência artificial para analisar e diagnosticar as imagens de doenças oftalmológicas, e liga-se a uma aplicação que capta com precisão os dados do paciente e sugere um regime de tratamento a uma fração do custo dos instrumentos comerciais. Esta câmara de diagnóstico única e acessível pode fazer o rastreio dos pacientes com condições que podem levar à cegueira, incluindo retinopatia diabética, glaucoma e degeneração macular relacionada com a idade.

"Estávamos à procura de uma solução de diagnóstico da saúde ocular que fosse económica para atingir o maior número de pessoas possível, e quando vimos o desempenho dos smartphones Samsung Galaxy quisemos integrar os seus esforços de upcycling na nossa investigação", disse o Dr. Sangchul Yoon, do Sistema de Saúde da Universidade de Yonsei. "A combinação da utilização de múltiplas tecnologias óticas e de inteligência artificial, juntamente com o desempenho da câmara de um smartphone Galaxy, criou um dispositivo médico acessível que é tão capaz como uma câmara de fundo utilizada por profissionais médicos. Isto não só resolveu um problema de saúde, como também uma crescente preocupação ambiental".

Desde 2018, a Samsung tem-se associado ao IAPB e ao Yonsei Medical Center para beneficiar as vidas e a visão de mais de 19.000 residentes no Vietname, com a sua câmara retinal portátil. Só em 2019, forneceu 90 oftalmoscópios portáteis a profissionais de saúde que operam em regiões remotas do país, sem acesso a clínicas de acolhimento. Agora, a Samsung expandiu o programa para a Índia, Marrocos e Papua-Nova Guiné. A Samsung está também a alargar as suas capacidades a novas áreas de rastreio, incluindo a utilização de dispositivos Galaxy upcycled, com o objetivo de criar colposcópios portáteis baseados em smartphones para rastrear o cancro do colo do útero e melhorar o acesso das mulheres a cuidados de saúde de qualidade.
 
"À medida que o mundo recupera lentamente da pandemia COVID-19, começa a ser mais evidente do que nunca que a tecnologia pode ser utilizada como uma solução para a saúde ocular. Países com terrenos difíceis e populações remotas contribuem para a necessidade de a tecnologia melhorar o acesso aos cuidados médicos e é aqui que a Plataforma EYELIKE está a ser testada.", disse Drew Keys, Coordenador da Região do Pacífico Ocidental (WPR) na Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira (IAPB). "A IAPB está muito satisfeita pelo facto de a Samsung estar a trabalhar em estreita colaboração com as suas organizações-membro para criar estas soluções. Trabalhar com a Samsung permite-nos fornecer tecnologia em países piloto e construir relações cooperativas e construtivas nestas regiões".

Para além do seu compromisso com a inovação com propósito, a Samsung está a construir a sustentabilidade ambiental em tudo aquilo que faz. Isto inclui trabalhar para o nosso objetivo de recolher 7,5 milhões de toneladas de lixo eletrónico e fazer uso de 500 mil toneladas de plástico reciclado até 2030. Ao transformar os smartphones Galaxy em equipamentos portáteis e de baixo custo de diagnóstico ocular, a Samsung ajuda a desviar o lixo eletrónico, ao mesmo tempo que fornece soluções médicas inovadoras às comunidades carenciadas. Além disso, o equipamento de diagnóstico da fundus camera é feito com 35% de material reciclado e foi concebido para fácil reutilização. Foi reconhecido pela Agência de Protecção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) com o prémio Sustainable Materials Management Cutting Edge Champion. O programa Galaxy Upcycling faz parte do compromisso contínuo da Samsung de apoiar a Agenda para o Desenvolvimento Sustentável de 2030 através de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.
 
Através de programas como o Galaxy Upcycling, a Samsung não só está a fornecer tecnologias inovadoras que vêm remodelar as nossas experiências com o mundo, mas também está a capacitar os consumidores de forma a desempenharem um papel fundamental no que diz respeito à promoção de comportamentos mais conscientes do ambiente.   

Sobre a Samsung Electronics Co., Ltd.:
A Samsung Electronics Co., Ltd. inspira o mundo e molda o futuro, através do desenvolvimento de tecnologias e ideias inovadoras. A empresa está a redefinir o universo das televisões, smartphones, equipamentos wearable, tablets, eletrodomésticos, sistemas de rede, memórias e soluções LED.
Para aceder às notícias mais recentes, visite a News Room em http://news.samsung.com

Tags:

Subscrever

Media

Media