Escola Superior de Enfermagem do Porto recebe exposição "A Minha Esclerose Múltipla Invisível"

  • De 2 a 6 de dezembro, com entrada livre.
“A Minha Esclerose Múltipla Invisível” é uma exposição itinerante que apresenta 12 painéis sobre os sintomas invisíveis mais comuns da Esclerose Múltipla e que passam despercebidos ao comum cidadão. De 2 a 6 de dezembro a exposição “A Minha Esclerose Múltipla Invisível” continua a sua rota por Portugal e estará na Escola Superior de Enfermagem do Porto.
 
Com o propósito de educar e consciencializar para os sinais e sintomas da Esclerose Múltipla, as associações de doentes – Associação Nacional de Esclerose Múltipla (ANEM), Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), e Todos com Esclerose Múltipla (TEM) – uniram-se nesta iniciativa para dar a conhecer os desafios dos doentes, através de 12 painéis com sintomas muitas vezes invisíveis, mas que se forem ignorados podem provocar grandes constrangimentos na vida dos doentes.
 
Serão proporcionadas diversas experiências aos visitantes, de acordo com o que é a realidade de um doente com Esclerose Múltipla (EM), nomeadamente tentar pegar numa caixa de cereais mais pesada que o normal, abotoar uma camisa com luvas de borracha, usar umas barbatanas para caminhar ou procurar ler o rótulo de uma embalagem com letras distorcidas.
 
“A Minha Esclerose Múltipla Invisível” é uma exposição itinerante que está a percorrer o país até maio de 2020, e que permitirá aos visitantes para além da compreensão de cada sintoma, conhecer testemunhos na primeira pessoa de doentes com EM.
 
A exposição conta com o apoio das empresas farmacêuticas, Almirall, Biogen, Merck, Novartis, Roche e Sanofi.
 
Localização:
Escola Superior de Enfermagem do Porto (Rua Dr. António Bernardino de Almeida, 830, 844, 856) Horário de visita: das 9h às 18h
 
 
Sobre a Associação Nacional de Esclerose Múltipla (ANEM)
A Associação Nacional de Esclerose Múltipla (ANEM) estabelecida em Maio 1999, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social cuja missão visa contribuir para que as pessoas vivam mais e melhor, disponibilizando e proporcionando opções de bem-estar, qualidade de vida, lazer, reabilitação, e apoio aos doentes de Esclerose Múltipla e de foro neurológico, seus familiares e/ou cuidadores bem como a comunidade a nível nacional (continente e ilhas).
Disponibilizamos e desenvolvemos na associação um conjunto de actividades lúdico-pedagógicas, de reabilitação física, cognitiva e psicológica prestando um apoio multidisciplinar e integrado a nível de acompanhamento, atendimento e reabilitação.
A ANEM dá resposta a nível nacional.
 
Sobre a Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla
A Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) é uma Instituição Particular de Solidariedade Social criada em 1984, que tem como missão contribuir para a melhoria das condições de vida dos portadores de Esclerose Múltipla e das pessoas que com eles convivem.
 Neste âmbito, a SPEM desenvolve a sua atividade em distintas mas complementares áreas de ação. Por um lado, intervém junto dos poderes públicos e organismos competentes, especialmente nas áreas da saúde e social, no sentido da maior eficiência na divulgação da informação pertinente sobre a patologia e o acesso às respetivas terapias. Por outro, presta apoio integrado e multidisciplinar, através de serviços especializados e de referência, como Centros Atividades Ocupacionais, Unidades de Neuro-reabilitação, Apoio Domiciliário, Consultas de Psicologia, Serviço Informativo Social e Aconselhamento Jurídico.
Com cerca de 3.000 sócios ativos, a SPEM, que tem sede em Lisboa, está presente em várias zonas do país (Porto, Chaves, Viseu, Coimbra, Leiria, Santarém, Beja, Évora, Portalegre e Faro) conseguindo chegar a cada vez mais pessoas atingidas pela Esclerose Múltipla.
 
Sobre a Associação Todos com a Esclerose Múltipla (TEM)
 
A Associação Todos com a Esclerose Múltipla é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, criada com a missão de promover o apoio aos doentes e familiares dos doentes neurológicos, em particular os de Esclerose Múltipla. 
Os propósitos da  missão da Associação mantêm-se inalterados. Para tal, a TEM promove a união de esforços entre todos os atores sociais e económicos em torno de ações inovadores e integradas que contribuem para a melhoria das condições de vida das pessoas com EM.
 
Sobre a Esclerose Múltipla  
A esclerose múltipla (EM) é uma condição inflamatória crónica do sistema nervoso central e é a doença neurológica mais comum, não traumática e incapacitante em jovens adultos. Estima-se que cerca de 2,5 milhões de pessoas têm EM a nível mundial. Embora possam variar, os sintomas mais comuns da EM incluem visão turva, dormência ou formigueiro nos membros e problemas em termos de força e coordenação. As formas recidivantes da EM são as mais comuns. Embora existam muitos tratamentos para conter a evolução da doença, ainda não existe a possibilidade de cura.

Tags:

Subscrever