Grupo Volkswagen, SEAT S.A. e o Governo espanhol partilham a visão de Espanha como futuro centro de mobilidade elétrica

  • Durante a visita de Sua Majestade, o Rei Felipe VI e o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, à sede da SEAT, a empresa mostrou o potencial de transformação da fábrica para a produção de veículos elétricos
  • Grupo Volkswagen e SEAT. S.A.  abordam uma aliança multissetorial público-privada para impulsionar o ecossistema elétrico em Espanha
 
Martorell, 05/03/2021. S.M. o Rei Felipe VI e o presidente do Governo, Pedro Sánchez, visitaram esta manhã a sede da SEAT S.A. em Martorell para comemorar o 70.º aniversário da empresa. Ambos foram acompanhados pelo Presidente do Conselho de Administração da SEAT e Presidente do Grupo Volkswagen, Dr. Herbert Diess, e pelo Presidente da SEAT S.A. Wayne Griffiths, bem como pelo Ministro da Indústria, Reyes Maroto, e pelos membros do Conselho de Administração da SEAT S.A., Stefan Pisach e Mark Porsche.

Durante a visita, o Grupo Volkswagen, a SEAT S.A. e o Governo espanhol valorizaram a sua visão comum da transformação sustentável da indústria automóvel. O Grupo Volkswagen e a SEAT S.A. estão prontos a colaborar na transformação das infraestruturas industriais e no ecossistema de mobilidade elétrica e acelerar a recuperação económica do país. A empresa já anunciou no ano passado um plano de investimento de 5 mil milhões de euros em mobilidade elétrica até 2025.
 
Para acelerar o desenvolvimento de um ecossistema de mobilidade elétrica, propõem um projeto liderado pelo Grupo Volkswagen e pela SEAT S.A. Este projeto servirá de trator para grandes e médias empresas, com a colaboração de organizações-chave de diferentes setores, como a Iberdrola na indústria energética, a Telefónica na área das telecomunicações, a CaixaBank na área financeira, o centro tecnológico Asti, ou grandes fornecedores do mundo automóvel, como a Gestamp ou a Antolín. Esta ambiciosa iniciativa conjunta e futura tem um grande potencial para a criação de emprego, especialmente para os jovens.
 
Espanha pode tornar-se o centro de mobilidade elétrica da Europa
Com a segunda maior indústria de produção automóvel da Europa, Espanha tem uma grande responsabilidade em alcançar os objetivos do Pacto Verde Europeu até 2030. Para isso, é essencial que Espanha acelere a criação do ecossistema de veículos elétricos, estimule a procura e desenvolva a infraestrutura pública de carregamento. Assim, uma visão comum futura inclui a produção local de pequenos veículos elétricos na fábrica de Martorell, bem como a produção local de células e módulos de bateria.
 
“Espanha pode tornar-se um centro de mobilidade elétrica na Europa. Partilhamos a visão do Governo espanhol: a transformação da indústria automóvel. A modernização das estruturas industriais e a criação de empregos orientados para o futuro podem ser um poderoso plano de ação para toda a região. Esperamos que a Comissão Europeia tenha a vontade política de permitir que este projeto emblemático e de importância histórica para Espanha se torne realidade”, disse Herbert Diess, Presidente do Grupo Volkswagen e Presidente do Conselho de Administração da SEAT S.A.
 
“Há 70 anos, pusemos este país sobre rodas. Agora o nosso objetivo é colocar Espanha sobre rodas elétricas. Para que esta seja uma realidade, todas as partes concordam que Espanha deve desenvolver e garantir uma grande infraestrutura de carregamento em todo o território e estimular a procura através de incentivos. Espanha deve entrar no comboio de eletrificação”, acrescentou Wayne Griffiths, presidente da SEAT S.A.
 
Um olhar sobre o futuro da SEAT S.A.
Durante a visita, S.M. o Rei e o presidente do Governo visitaram o Centro de Design da SEAT, um hub único no sul da Europa onde a empresa projeta os novos modelos SEAT e CUPRA. O vice-presidente de I+D da SEAT S.A., Dr. Werner Tietz, mostrou às autoridades os novos modelos que ambas as marcas vão lançar nos próximos anos. S.M o Rei Felipe VI e Pedro Sánchez também conheceram o plano de investimentos que a empresa vai desenvolver até 2025.
 
Posteriormente, continuaram no coração do cluster industrial de Martorell, onde visitaram a linha 2 da produção. Aí comprovaram como a empresa iniciou a transformação para a eletrificação, com a produção dos primeiros híbridos plug-in na história da empresa, o SEAT Leon, o CUPRA Leon e, nas últimas semanas, o CUPRA Formentor e-HYBRID.
 
As autoridades seguiram para a CUPRA Garage, sede da marca inaugurada em fevereiro de 2020. Ali foi possível conhecer alguns dos veículos eletrificados comercializados pela empresa e os modelos elétricos híbridos plug-in da família Leon, o SEAT Tarraco e o CUPRA Formentor, bem como o SEAT MÓ eScooter 125, a primeira moto elétrica da história da empresa.
 
 
A SEAT S.A.  é a única companhia que desenha, desenvolve, fabrica e comercializa automóveis em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell (Barcelona) e vende veículos com as marcas SEAT e CUPRA, enquanto a SEAT MÓ abrange produtos e soluções de mobilidade urbana.
 
A SEAT S.A. exporta 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 75 países. A empresa emprega mais de 15.000 profissionais e conta com três centros de produção: Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica o SEAT Ibiza, o SEAT Arona, a família Leon e o CUPRA Formentor. A SEAT S.A.  também produz o SEAT Ateca na República Checa, o SEAT Tarraco na Alemanha e o SEAT Alhambra em Portugal. A empresa também tem o centro de desenvolvimento de software SEAT:CODE, localizado em Barcelona. 
 
A SEAT S.A. irá investir 5 mil milhões de euros até 2025 para desenvolver novos modelos para as duas marcas comerciais, SEAT e CUPRA, e para eletrificar a gama. A empresa pretende desempenhar um papel relevante na eletrificação dos veículos elétricos urbanos, com especial enfoque na transformação da indústria automóvel espanhola.
 

Tags:

Subscrever

Media

Media