O MISTÉRIO DO SERCIALINHO

Aquando do lançamento de Série Ímpar Sercialinho 2017, uma das mais recentes novidades da Sogrape, o mistério quanto à origem desta rara casta portuguesa instalou-se. Após vários contactos com as principais instituições nacionais e internacionais dedicadas à genética das castas, a resposta acaba de chegar: Vital e Uva Cão são oficialmente os progenitores da casta Sercialinho.

No universo do vinho, escreve-se história não só a cada nova colheita lançada ou quando um novo vinho ou uma nova marca é apresentada. O vasto mundo das castas de uva esconde, por si só, inúmeros mistérios e histórias por revelar.

No final de 2019, o lançamento de Série Ímpar – o novo projeto da Sogrape que promove a criação de vinhos de inspiração, originais, especiais e únicos – trouxe consigo um Sercialinho 2017. A chegada deste branco da Bairrada ficou marcada por conversas e conjeturas acerca dos progenitores desta casta portuguesa, rara, mas de enorme potencial.

A Sogrape tem promovido, em colaboração com parceiros nacionais e internacionais, a conservação da diversidade das castas portuguesas. Por isso, o seu departamento de I&D está a organizar a informação existente sobre as suas genealogias. Ainda antes do lançamento do vinho, já tinha sido confirmado através do ADN que Sercial e Alvarinho não eram os progenitores de Sercialinho, como historicamente se assumia.

Junto dos principais centros de investigação em genética da videira em Portugal (BIOCANT, INIAV, PORVID) e na Alemanha (JKI), identificou-se o Vital como um dos progenitores, mantendo-se o outro desconhecido. Recentemente, um estudo luso-espanhol publicado em revista científica de renome confirmou a identidade do segundo progenitor: Uva Cão. Esta inesperada descoberta revelou, ainda, uma irmã do Sercialinho – a Malvasia de São Jorge,  também conhecida por Malvasia na região da Madeira.

A título de curiosidade, e porque o conhecimento não ocupa espaço, sabe-se que o Vital é também conhecido em algumas regiões por: Boal Bonifácio, Malvasia Corada e Cagado dos Pardais. Já a Uva Cão é, em alguns casos, designada como Cachorrinho e Casarinho. Apesar da sua invulgaridade apelar aos sentidos da imaginação, nenhum destes sinónimos é reconhecido oficialmente.

Numa Sogrape contadora de histórias e ávida por conhecimento, estas descobertas dos seus parceiros científicos vêm confirmar a autenticidade, a origem e a identidade dos seus vinhos, baseados no património botânico e cultural conservado em Portugal.

Tags:

Sobre nós

Iniciou a sua atividade em 1990, com o objetivo de desenvolver uma operação de distribuição própria, eficaz a nível nacional, que permita o alargamento da presença da Sogrape no ponto de venda. Tem como missão ser a maior e a melhor distribuidora de Vinhos e Espirituosos em Portugal, reconhecida pela qualidade do seu portfólio e pela excelência do serviço prestado aos seus clientes.

Media

Media