TAP CRESCEU MAIS DE 10 POR CENTO EM 2018 E TRANSPORTOU CERCA DE 16 MILHÕES DE PASSAGEIROS

  • Crescimento absoluto face a 2017 foi de 1,5 milhões de passageiros
  • Rotas na Europa (exceto Portugal) foram responsáveis por quase 10 milhões de passageiros, mais 932 mil do que no ano anterior
  • Taxa de ocupação média dos lugares oferecidos foi de 81 por cento
  • Passageiros entre cidades continentais portuguesas ultrapassaram pela primeira vez a marca de um milhão
  • Passageiros para Açores e Madeira foram mais 156 mil, um crescimento de 13,5 por cento em relação ao ano anterior
  • Rotas africanas cresceram 11,2 por cento, as da América do Norte 9,6 por cento e o Brasil teve um aumento de 7,8 por cento.

A TAP transportou em 2018 um total de 15,8 milhões de passageiros, registando um crescimento de 10,4 por cento face ao ano anterior, bastante acima das médias de crescimento das companhias aéreas na Europa e a nível global.

As rotas que mais contribuíram para este crescimento assinalável foram as europeias (excluindo Portugal), nas quais a TAP transportou mais 932 mil passageiros do que em 2017, o equivalente a mais 10,7 por cento.

Nos voos entre Lisboa, Porto e Faro, a TAP transportou pela primeira vez mais de um milhão de passageiros, atingindo os 1,1 milhões, que traduzem um crescimento de 9,4 por cento face ao ano anterior.

Os voos entre o Continente e os Açores e a Madeira foram os que registaram o maior crescimento relativo, de 13,5 por cento, totalizando 1,3 milhões de passageiros, mais 156 mil do que no ano anterior.

As rotas africanas operadas pela TAP tiveram um aumento considerável do número de passageiros, tendo sido transportados mais 116 mil do que em 2017, para um total de 1,1 milhões de passageiros, o que representa um crescimento de 11,2 por cento.

A grande aposta e investimento da TAP no mercado norte-americano refletiu-se no crescimento de 9,6 por cento no número de passageiros transportados, que aumentaram em 70 mil face a 2017, para um total de 800 mil.

As rotas do Brasil continuam a ser determinantes para a TAP e registaram também um forte aumento do número de passageiros transportados ao longo do ano passado. No total, a TAP transportou entre Portugal e o Brasil, de e para as 10 cidades onde opera neste país, 1,7 milhões de passageiros, mais 124 mil, ou 7,8 por cento, do que em 2017.

Quanto aos principais indicadores utilizados na indústria do transporte aéreo, em termos de ASK (assentos disponíveis por quilómetros voado, uma medida de oferta de lugares), a TAP teve em 2018 um crescimento de 12,3 por cento, para um total de 47 milhões.

O RPK (número de passageiros pagantes por quilómetros voados, uma medida de procura de lugares) cresceu 9,6 por cento, para um total de 38 milhões.

Ambos os indicadores mostram crescimentos da TAP bastante acima das médias de crescimento na indústria, a nível europeu e global.

Devido a um crescimento da oferta (ASK) superior em 2,7 pontos percentuais ao aumento da procura (RPK), o Load Factor (taxa de ocupação dos lugares oferecidos) foi de 81 por cento, menos dois pontos percentuais do que em 2017, colocando a taxa de ocupação da TAP em níveis semelhantes aos da média das restantes companhias europeias (81,7 por cento) e acima da média mundial que, em 2018, ficou próxima dos 80 por cento (dados divulgados publicamente pela IATA, referentes ao acumulado a novembro de 2018).
 

Acerca da TAP Air Portugal

 

A TAP Air Portugal é a companhia aérea Portuguesa líder de mercado, e membro da Star Alliance, a maior aliança verdadeiramente global do mundo, desde 2005. A operar desde 1945, a Companhia viu o seu processo de privatização concluído em 2015, ano em que celebrou 70 anos, com o consórcio Atlantic Gateway como novo acionista. Com Hub em Lisboa, plataforma privilegiada de acesso na Europa, na encruzilhada com África, América do Norte, Central e do Sul, a TAP é líder na operação entre a Europa e o Brasil.

A Rede TAP cobre 92 destinos em 37 países a nível mundial. Operando em média cerca de 2.500 voos por semana, a TAP dispõe de uma frota de 93 aeronaves: 72 aviões Airbus e 21 ao serviço da TAP Express, a nova marca comercial da companhia para a sua rede regional.

No âmbito do vasto plano de transformação da TAP em curso, na sequência da sua privatização, a companhia reestruturou a Rede, lançou novos produtos tarifários e anunciou, entre outras novidades, a renovação da sua frota de médio e longo curso a partir de 2018, a atualização e reconfiguração da frota presentemente em operação e o lançamento da TAP Express, que tomou o lugar da PGA e está equipada com uma frota integralmente renovada de 21 aviões ATR 72 e Embraer 190.

Prosseguindo uma orientação prioritariamente direcionada para o Cliente, a TAP investe continuamente em inovação e na utilização das novas tecnologias, oferecendo um produto e serviços de elevada qualidade, segurança e fiabilidade. 

A TAP foi eleita a Melhor Companhia Aérea na Europa em 2011, 2012, 2013 e 2015, pela prestigiada revista “Global Traveller” dos EUA, e foi distinguida pela UNESCO e pela International Union of Geological Sciences com o Prémio Planeta Terra IYPE 2010, na categoria Produto Sustentável Mais Inovador. Foi também eleita pela revista britânica Business Destinations como a Companhia Aérea com melhor Classe Executiva – América do Sul, em 2013 e considerada a Melhor Companhia Aérea pela revista “Condé Nast Traveller” em 2010. Foi ainda eleita a Melhor Empresa Portuguesa na área do Turismo em 2011 e também a Companhia Aérea com Melhor Reputação em Portugal, pelo Reputation Institute em 2014. A TAP tem também vindo a ser distinguida pelos prestigiados prémios World Travel Awards: Eleita a Companhia Aérea da Europa Líder para África e Companhia Aérea da Europa Líder para a América do Sul em 2017, 2016, 2015 e 2014 e Companhia Aérea Líder Mundial para África em 2011 e 2012. Detém igualmente o título de Companhia Aérea Líder Mundial para a América do Sul, dos WTA, em 2009, 2010, 2011 e 2012. A UP, revista de bordo da TAP foi também premiada pelos WTA em 2017, 2016 e 2015 como a Revista de Bordo Líder na Europa.

Tags:

Sobre nós

Transportadora aérea portuguesa.

Subscrever