Navigator Art on Paper Prize divulga artistas nomeados para a 2ª edição

O júri do Navigator Art on Paper já selecionou os 15 artistas nomeados à 2ª edição do Prémio, o maior galardão de arte em papel no mundo, e cujo vencedor será conhecido no dia 11 maio.

Da lista de nomeados fazem parte Abu Bakarr  Mansaray (Serra Leoa), Andrea Bowers (EUA), Ane Mette Hol (Noruega), Catherine Anyango Grünewald (Suécia / Quénia), Elijah Burgher (EUA), Hippolyte Hentgen (França), Ignacio Uriarte (Espanha), Judith Hopf (Alemanha), Lasse Krog Møller (Dinamarca), Maria Berrio (Colômbia), Mariana Castillo Deball (México), Mateo López (Colômbia), Martín Vitaliti (Argentina), Rebecca Salter (Reino Unido) e Riccardo Baruzzi (Itália).

Este ano, o elenco do júri é composto por cinco nomes de renome internacional, dando expressão ao carácter transfronteiriço do prémio. Claire Gilman, Curadora Chefe do Drawing Center, em Nova Iorque; Jacob Fabricius, Diretor do Kunsthal Aarhus, em Copenhaga; María Inés Rodríguez, Curadora Independente (e até há poucos meses Diretora do Musée d’Art Contemporain de Bordéus); Nimfa Bisbe Molin, Diretora da Coleção de Arte da Fundación La Caixa e Joana P. R. Neves, Diretora Artística do Drawing Now (conceituada Feira de Desenho em Paris) são os responsáveis pela escolha daquele que será o vencedor do galardão Navigator Art on Paper, em 2019.

Com curadoria da responsabilidade de Filipa Oliveira, o Prémio Navigator Art on Paper tem como missão apoiar a criação artística em papel, valorizando-o como um dos suportes de inovação, criatividade, investigação e arte. O artista plástico Pedro A. H. Paixão foi o vencedor da 1ª Edição do Prémio Navigator Art on Paper. Até dia 14 de maio será apurado o vencedor da 2ª Edição.

Nota: Imagens sobre os trabalhos realizados pelos nomeados ao Prémio Navigator Art on Paper encontram-se disponíveis aqui: https://we.tl/t-KeDYnP5tIc

Sobre a The Navigator Company

A The Navigator Company é um produtor integrado de floresta, pasta e papel, tissue e energia, cuja atividade está alicerçada em fábricas modernas de grande escala, com tecnologia de ponta e que constituem uma referência de qualidade no setor. O modelo de negócio da Empresa desenvolve-se com base numa matéria-prima de excelência − o Eucalyptus globulus − cujas características intrínsecas permitiram desenvolver uma estratégia de diferenciação, baseada em produtos de elevada qualidade, que são hoje uma referência internacional neste setor.

A Empresa é a terceira maior exportadora portuguesa, representa aproximadamente 1% do PIB nacional e 2,4% das exportações nacionais de bens, sendo a que gera o maior Valor Acrescentado Nacional. Em 2018, a The Navigator Company teve um volume de negócios, de cerca de € 1,6 mil milhões, cerca de 91% dos produtos do Grupo são vendidos para fora de Portugal, e têm por destino aproximadamente 130 países.

Consolidada a sua posição de líder europeu na produção de papéis finos de impressão e escrita não revestidos (UWF) e sexto a nível mundial, a Companhia é também o maior produtor europeu, o quinto a nível mundial, de pasta branqueada de eucalipto BEKP - Bleached Eucalyptus Kraft Pulp. A empresa entrou no negócio do tissue e tem atualmente uma capacidade de produção de 65 mil toneladas de produto acabado por ano na fábrica de Vila Velha de Ródão e 55 mil toneladas na nova fábrica de Aveiro.

A The Navigator Company tem seguido com êxito uma estratégia de inovação e desenvolvimento de marcas próprias e de produtos premium, que se traduz numa quota de mercado na Europa Ocidental de 19% no UWF, de cerca de 54% no segmento premium e com um peso de 69% das marcas próprias nas suas vendas.

A Empresa tem mais de 110 000 hectares de floresta sob gestão e o maior viveiro certificado de plantas na Europa, com capacidade de produzir 12 milhões de plantas por ano. Com uma atividade florestal verticalmente integrada, o Grupo dispõe de um Instituto de Investigação Florestal próprio, referência mundial no melhoramento genético do Eucalyptus globulus. Gere em Portugal uma vasta área florestal, 100% certificada pelos sistemas internacionais FSC® (FSC C010852) e PEFC™ (PEFC/13-23-001). Dispõem de uma capacidade instalada de 1,6 milhões de toneladas de papel, de 1,6 milhões de toneladas de pasta (80% integradas em papel), 120 mil toneladas de tissue produto acabado, produzindo cerca de 2,5 Twh de eletricidade anualmente, sendo responsável por cerca de 4% da produção de energia de Portugal e de 52% da energia produzida a partir de biomassa.

No início de 2019, a The Navigator Company recebeu a classificação pelo Carbon Disclosure Project (CDP) de líder global no combate às alterações climáticas, alcançando um lugar de destaque na lista “A” desta organização. A Companhia foi reconhecida pela sua atuação, em 2018, na redução de emissões, diminuição dos riscos climáticos e desenvolvimento de uma economia de baixo impacto de carbono, sendo a única empresa portuguesa a obter a classificação máxima, integrando o lote das únicas cinco empresas a nível mundial do sector de pasta, papel e floresta que receberam esta distinção.

Tags:

Sobre nós

Empresa ligada à indústria da pasta e do papel, bem como à produção de energia elétrica e de energia a partir da biomassa.

Subscrever