The Navigator Company leva 300 crianças e jovens ao ensaio do concerto “Florestas Silenciosas” da Fundação Gulbenkian

A The Navigator Company e a Fundação Calouste Gulbenkian irão proporcionar no próximo dia 8 de maio, a 300 crianças e jovens dos 2º e 3º ciclos da Escola EB2,3 de Vale de Aveiras, no concelho da Azambuja, a possibilidade de assistirem ao ensaio da Orquestra Gulbenkian para o concerto “Florestas Silenciosas”, uma obra da autoria do compositor checo Antonín Dvorák.

Esta iniciativa decorre no âmbito de um protocolo de mecenato estabelecido pela The Navigator Company com a Fundação Calouste Gulbenkian que visa o desenvolvimento de um programa de valorização da natureza em diálogo com as artes, através de um ciclo temático dedicado à “Música e Natureza”.

Após o ensaio, as crianças e jovens terão a oportunidade de participar nas oficinas pedagógicas sobre a importância da floresta para a sustentabilidade global que irão decorrer em vários locais do Jardim Gulbenkian, e cujos conteúdos temáticos são da responsabilidade do serviço educativo do Jardim e da The Navigator Company. Um exemplo destas ações é a sensibilização para a existência de uma nova e muito perigosa espécie invasora no planeta que está a colocar em sério risco a sobrevivência de humanos, animais e plantas – o plástico. A Ana Pêgo é bióloga, tem um blogue e coleciona lixo marinho, sendo a responsável por esta oficina pedagógica.

A The Navigator Company pretende, com a realização desta iniciativa, despertar os sentidos da comunidade escolar para duas temáticas importantes – a Música e a Natureza –, e promover a educação para a sustentabilidade através da sensibilização dos jovens para a adoção de comportamentos responsáveis em matéria de proteção e valorização da Natureza.

Para António Porto Monteiro, diretor de Sustentabilidade da The Navigator Company, “esta parceria estabelecida com a Fundação Calouste Gulbenkian vem ajudar-nos na promoção da cidadania pelo ambiente, sobretudo no que toca à proteção das florestas e à conservação da biodiversidade, temas que, à luz dos nossos dias, são fundamentais para o desenvolvimento sustentável do País e que fazem parte do ADN da nossa Empresa”.

Sobre a The Navigator Company

A The Navigator Company é um produtor integrado de floresta, pasta e papel, tissue e energia, cuja atividade está alicerçada em fábricas modernas de grande escala, com tecnologia de ponta e que constituem uma referência de qualidade no setor. O modelo de negócio da Empresa desenvolve-se com base numa matéria-prima de excelência − o Eucalyptus globulus − cujas características intrínsecas permitiram desenvolver uma estratégia de diferenciação, baseada em produtos de elevada qualidade, que são hoje uma referência internacional neste setor.

A Empresa é a terceira maior exportadora portuguesa, representa aproximadamente 1% do PIB nacional e 2,4% das exportações nacionais de bens, sendo a que gera o maior Valor Acrescentado Nacional. Em 2018, a The Navigator Company teve um volume de negócios, de cerca de € 1,6 mil milhões, cerca de 91% dos produtos do Grupo são vendidos para fora de Portugal, e têm por destino aproximadamente 130 países.

Consolidada a sua posição de líder europeu na produção de papéis finos de impressão e escrita não revestidos (UWF) e sexto a nível mundial, a Companhia é também o maior produtor europeu, o quinto a nível mundial, de pasta branqueada de eucalipto BEKP - Bleached Eucalyptus Kraft Pulp. A empresa entrou no negócio do tissue e tem atualmente uma capacidade de produção de 65 mil toneladas de produto acabado por ano na fábrica de Vila Velha de Ródão e 55 mil toneladas na nova fábrica de Aveiro.

A The Navigator Company tem seguido com êxito uma estratégia de inovação e desenvolvimento de marcas próprias e de produtos premium, que se traduz numa quota de mercado na Europa Ocidental de 19% no UWF, de cerca de 54% no segmento premium e com um peso de 69% das marcas próprias nas suas vendas.

A Empresa tem mais de 110 000 hectares de floresta sob gestão e o maior viveiro certificado de plantas na Europa, com capacidade de produzir 12 milhões de plantas por ano. Com uma atividade florestal verticalmente integrada, o Grupo dispõe de um Instituto de Investigação Florestal próprio, referência mundial no melhoramento genético do Eucalyptus globulus. Gere em Portugal uma vasta área florestal, 100% certificada pelos sistemas internacionais FSC® (FSC C010852) e PEFC™ (PEFC/13-23-001). Dispõem de uma capacidade instalada de 1,6 milhões de toneladas de papel, de 1,6 milhões de toneladas de pasta (80% integradas em papel), 120 mil toneladas de tissue produto acabado, produzindo cerca de 2,5 Twh de eletricidade anualmente, sendo responsável por cerca de 4% da produção de energia de Portugal e de 52% da energia produzida a partir de biomassa.

No início de 2019, a The Navigator Company recebeu a classificação pelo Carbon Disclosure Project (CDP) de líder global no combate às alterações climáticas, alcançando um lugar de destaque na lista “A” desta organização. A Companhia foi reconhecida pela sua atuação, em 2018, na redução de emissões, diminuição dos riscos climáticos e desenvolvimento de uma economia de baixo impacto de carbono, sendo a única empresa portuguesa a obter a classificação máxima, integrando o lote das únicas cinco empresas a nível mundial do sector de pasta, papel e floresta que receberam esta distinção.

www.thenavigatorcompany.com

Tags:

Sobre nós

Empresa ligada à indústria da pasta e do papel, bem como à produção de energia elétrica e de energia a partir da biomassa.

Subscrever