Católica assina escritura de venda do Edifício da Asprela ao IPP

Dando cumprimento ao plano estratégico de juntar no campus Foz todas as suas Unidades Académicas, Católica no Porto consolida, assim, um novo ciclo ao serviço da academia e da sociedade

A última fase de venda do Edifício da Asprela ao Instituto Politécnico do Porto – IPP será concluída na cerimónia de assinatura da escritura que terá lugar esta quinta-feira, 5 de dezembro, pelas 11h00. O evento contará com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira. 

Cumprindo a sua estratégia de consolidação e crescimento no Porto, no ano em que a Católica celebra os seus 40 anos na cidade, era objetivo da Universidade integrar toda a sua atividade num único campus. Para isso, apostou na construção de um novo Edifício para a Escola Superior de Biotecnologia no campus Foz, edifício esse que está já em pleno funcionamento e que garante as melhores e mais modernas condições para o ensino e investigação. O arranque das atividades neste novo edifício permitiu concluir o processo de venda das suas antigas instalações ao IPP. 

Ao agregar as atividades das oito Unidades Académicas num único campus, a Católica reforça, assim, a vivência multidisciplinar que oferece a toda a sua comunidade académica. Artes, Bioética, Biotecnologia, Business School, Ciências da Saúde, Direito, Educação e Psicologia e Teologia constituem uma pluralidade de saberes que muito contribuem para a formação integral dos estudantes e para a criação de sinergias entre as várias áreas do saber. O antigo edifício da Asprela da Católica dará lugar ao PORTIC, o novo centro de investigação, transferência de tecnologia e inovação do IPP. 

Isabel Braga da Cruz, presidente do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, e João Rocha, presidente do Instituto Politécnico do Porto, representarão as duas instituições na escritura de venda, que decorre no IPP (Rua Dr. Roberto Frias, Porto).



A Universidade Católica Portuguesa é constituída por quatro centros regionais: Braga, Lisboa, Porto e Viseu. No Porto, a Universidade tem um campus que integra oito unidades académicas e sete unidades de investigação onde uma comunidade vibrante de mais de 8.000 mil professores, alunos e colaboradores partilham conhecimento nas áreas das Artes, Bioética, Biotecnologia, Direito, Economia, Educação, Enfermagem, Gestão, Psicologia, Teologia entre outras. Neste momento, a Católica no Porto oferece 13 licenciaturas, 29 mestrados, 11 doutoramentos, 40 pós-graduações, formação avançada e executiva, Teen Academy e programa Universitário Mais Saber. www.porto.ucp.pt

Tags:

Sobre nós

A Universidade Católica Portuguesa, fundada em 1967, é uma universidade de matriz humanista focada na produção de investigação transformadora e na formação de cidadãos e profissionais educados e competentes, capazes de antecipar e liderar as transformações do futuro.

Subscrever

Media

Media