Governo e Fundação Vodafone Portugal juntam-se para apoiar vítimas de violência doméstica

  • Linha SMS 3060 fica disponível a partir de hoje e é gratuita para qualquer rede
  • Ao disponibilizar esta linha verde, a Fundação Vodafone Portugal reforça o papel indispensável da tecnologia ao serviço de todas as pessoas

A COVID-19 impõe, a par das medidas necessárias para prevenir o contágio, a mobilização efetiva de meios e recursos no terreno para garantir a segurança e o apoio às vítimas de violência doméstica face ao risco acrescido que o atual contexto de isolamento significa.

Em coordenação com o Governo, a Fundação Vodafone Portugal criou uma linha de apoio com o número 3060, que permite o envio de mensagens de texto rápidas (SMS) pelas vítimas que queiram pedir ajuda. Este mecanismo, disponível a partir de hoje, é gratuito, está disponível 24 horas por dia e garante a confidencialidade.

A Linha 3060 permitirá, assim, que os serviços da CIG possam ter um canal alternativo de comunicação entre as vítimas e os técnicos responsáveis. Integralmente financiada pela Fundação Vodafone Portugal no âmbito do seu plano de diversidade e inclusão, esta Linha estará disponível enquanto o contexto atual em que vivemos assim o exigir.

Esta iniciativa reflete a ambição da Vodafone em estar perto de quem mais precisa. A tecnologia é um forte aliado no combate às desigualdes e torna-se ainda mais relevante em alturas como as que vivemos atualmente. Faz parte do propósito da Vodafone não deixar ninguém para trás, pelo que respondemos rapidamente ao apelo da Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade de Género, fazendo aquilo que melhor sabemos: ligar as pessoas e garantir que não ficam esquecidas principalmente em situações de grande vulnerabilidade”, afirma Luísa Pestana, Administradora da Vodafone Portugal e Presidente da Comissão Executiva da Fundação Vodafone Portugal.

Tags:

Sobre nós

Empresa de telecomunicações.

Subscrever

Media

Media