A FROTA DE AUTOMÓVEIS ELÉCTRICOS DA ALIANÇA PERCORREU 175.000 KM, COM ZERO EMISSÕES, DURANTE A COP 21

  • A frota de 200 automóveis elétricos evitou a emissão para a atmosfera de 18 toneladas de CO 2 durante as duas semanas da cimeira COP 21
  • Esta foi a maior frota de veículos elétricos alguma vez utilizada numa conferência internacional e os 200 automóveis, Renault ZOE, Nissan LEAF e Nissan e-NV200, foram conduzidos por 200 colaboradores da Renault e da Nissan.
15 Dezembro de 2015 - A frota de automóveis elétricos que a Aliança Renault-Nissan colocou à disposição da COP21 transportou mais de 8.000 delegados, jornalistas e negociadores, e percorreu 175.000 km sem emissões de CO 2 e sem utilizar uma única gota de combustível, durante as duas semanas de duração desta conferência anual sobre as alterações climáticas que decorreu em Paris. A utilização desta frota permitiu evitar a emissão de 18 toneladas de CO 2 .
 
Esta frota de 200 automóveis elétricos, composta pelos modelos Renault ZOE, Nissan LEAF e Nissan e-NV200, foi a maior jamais colocada à disposição de uma conferência internacional. Estes veículos elétricos realizaram mais de 3.800 viagens e transportaram cerca de 8.000 delegados para o local da conferência, a norte de Paris. Estes automóveis foram conduzidos por colaboradores da Renault e da Nissan que se voluntariaram para serem os embaixadores dos automóveis elétricos.
 
Esta foi a primeira vez que as Nações Unidas utilizaram uma frota de veículos 100% elétricos para uma conferência sobre o clima.
Da COP21 resultou a Declaração de Paris sobre a mobilidade elétrica e as alterações climáticas, um contrato que tem como objetivo incrementar a presença de veículos elétricos e da infraestrutura de carregamento. A Aliança Renault-Nissan é signatária deste acordo que visa colocar o sector dos transportes em linha com os compromissos da COP 21, de redução dos impactos das alterações climáticas.   
 
Pontos de carregamento à disposição do público
 
A Aliança Renault-Nissan instalou uma rede de 90 pontos de carregamento normal e rápido em locais estratégicos e alimentados por eletricidade com baixo teor de carbono produzida pela EDF. As emissões residuais resultantes da produção de eletricidade são compensadas por um programa de compensação de carbono aprovado pelas Nações Unidas.
 
Treze das vinte e sete estações de carregamento rápido e semi-rápido instaladas, permanecerão à disposição dos utentes. As estações de carga rápida permitem recarregar um automóvel elétrico de 0% a 80% da sua capacidade em cerca de 30 minutos.
 
A Aliança Renault-Nissan é líder mundial nos veículos zero emissões e responsável por metade dos veículos elétricos em circulação em todo o mundo. Desde a comercialização do primeiro modelo, o Nissan LEAF em 2010, a Renault e a Nissan já venderam mais de 280.000 veículos elétricos.
 
Pode aceder às fotos em: www.media.blog.alliance-renault-nissan.com/cop21/photos/

Tags:

Sobre nós

Comércio automóvel.

Subscrever

Media

Media