Hoje - Manifestação Nacional dos Optometristas

A Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO) vai manifestar-se junto do Ministério da Saúde hoje, dia 12 de dezembro, pelas 12 horas. O protesto assinala o Dia Mundial do Acesso Universal aos Cuidados de Saúde e pede a intervenção urgente da Ministra da Saúde em prol da saúde visual dos portugueses.   “Chegou a altura do Governo se responsabilizar, e muito especificamente o Ministério da Saúde, pelas limitações no acesso a cuidados de saúde visual, pela extensa lista de espera para primeira Consulta de Oftalmologia e pela não regulamentação da profissão de Optometrista e consequente exclusão do Serviço Nacional da Saúde”, refere Raúl Sousa, presidente da APLO.    A APLO defende a elaboração de uma proposta de regulamentação do acesso à profissão que assegure ao utente que está a ser atendido um verdadeiro Optometrista e que promova a integração dos Optometristas no SNS, ao nível dos cuidados de saúde primários com a implementação de Consulta de Optometria, nos centros de saúde, responsável por resolver no imediato as condições de atenção primária e identificar precocemente as doenças visuais mais prevalentes, suscetíveis de tratamento em fase assintomática, e diagnosticar os fatores de risco, antes que a doença se instale.   “Se considerarmos que um optometrista pode realizar em média 6 000 consultas por ano espera-se que a implementação de optometristas no SNS consiga acabar com as listas de espera”, reafirma Raúl Sousa.   Os optometristas exigem ainda que seja reiniciado o processo de elaboração de uma estratégia verdadeiramente nacional para a saúde da visão: “A atual proposta ignora as recomendações da Organização Mundial de Saúde e da Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira e baseia-se exclusivamente na posição de um comissão que não representa toda a classe de profissionais que se dedicam diariamente à saúde visual dos portugueses”.   A Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO) representa os Optometristas, a maior classe profissional de prestadores de cuidados para a saúde da visão, em Portugal.  Atualmente conta com cerca de 1.145 membros. A APLO é membro Fundador da Academia Europeia de Optometria e Óptica, membro do Conselho Europeu de Optometria e Óptica e membro do Conselho Mundial de Optometria.   Andreia Garcia - 919947896

1,35M€ para financiar soluções tecnológicas nas áreas do Agrofood, Floresta e Ambiente

Chama-se DIVA o projeto europeu que está a dar a oportunidade às Pequenas e Médias Empresas (PME) de apresentar soluções tecnológicas nas áreas do Agrofood, Floresta e Ambiente. No total estão disponíveis 1,35M€ para apoiar empresas de Portugal, Espanha, França, Grécia, Itália e Irlanda que submetam projetos inovadores. As candidaturas podem ser feitas até 1 de fevereiro no website do projeto: https://www.projectdiva.eu/funding-calls/. Podem candidatar-se PME, incluindo empresas jovens e startups, legalmente constituídas e estabelecidas num dos seis países referidos. Este concurso agora lançado surge no âmbito do projeto DIVA, que tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de novas cadeias de valor digitais com aplicações nos setores agroalimentar, florestal e ambiental. “O foco está em apoiar o desenvolvimento de novas tecnologias, big data, cloud computing, robótica, inteligência artificial, sistemas ciberfísicos, internet das coisas e componentes digitais/eletrónicos e fotónicos, plataformas digitais, porque trazem novas perspetivas de inovação à industria agrofood, floresta e ambiente”, Sara Neves, investigadora do Centro para a Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC). Serão lançadas duas convocatórias com um orçamento de cerca de €3 milhões para financiar o desenvolvimento de novos produtos e serviços, através de várias tipologias de vales de inovação que podem ir até €60 mil:·         Coaching e Mentoring, vales até €10 mil, para financiar serviços de consultoria e assistência técnica especializada para aceleração do processo de inovação;·         Maturação, vales até €10 mil, para financiar o amadurecimento tecnológico da PME através de assistência técnica especializada;·         Demonstração, vales de €25 a € 60 mil, para financiar a demonstração de soluções inovadoras em ambiente real ou em condições “quase reais”;·         Internacionalização, vales até €30 mil, para financiar serviços de consultoria e assistência técnica especializada no processo de internacionalização, bem como a participação em feiras e eventos internacionais. Os projetos podem ser individuais ou em consórcio, devendo em qualquer dos casos ser liderado por uma empresa. O projeto em Portugal é liderado pelo Centro para a Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo do INESC TEC e pela INOVISA. O DIVA é financiado pelo programa de investigação e inovação da União Europeia H2020, sob o acordo número 777890. Mais informações sobre o projeto podem ser encontradas aqui: https://www.projectdiva.eu Joana Desport CoelhoServiço de ComunicaçãoCommunication ServiceINESC TECCampus da FEUPRua Dr Roberto Frias4200-465 PortoPortugalT +351 22 209 4297joana.d.coelho@inesctec.ptwww.inesctec.pt

RECOLHA SELETIVA DE RESÍDUOS ORGÂNICOS DIMINUI DEPOSIÇÃO DE LIXO INDIFERENCIADO

Com mais um fluxo de recolha porta a porta, a Maia reforça a sua posição de referência na recolha seletiva dos resíduos, contrariando a tendência nacional no cumprimento das metas do PERSU2020 Reportagem vídeo e fotografias disponíveis aqui: https://bit.ly/2EfYTrJ O Presidente da Câmara Municipal da Maia, António da Silva Tiago acompanhou o circuito de recolha de resíduos orgânicos integrado no serviço de recolha porta-a-porta, um projeto piloto que está a ser implementado, em articulação com o Município e a Lipor, em 1100 habitações uni e bifamiliares, na freguesia de Águas Santas. “Trata-se de uma experiência, que iniciou nos finais de outubro, onde ao serviço de recolha seletiva porta a porta já efetuado (papel/cartão, embalagens e vidro) se integrou a componente dos orgânicos de forma a segmentar os resíduos muitas vezes colocados no indiferenciado, mas que também têm potencial de valorização” afirma o autarca. A ação foi acompanhada pelo Conselho de Administração da Maiambiente: Paulo Ramalho (Presidente da Maiambiente e Vereador da Câmara Municipal da Maia), Marta Peneda (Vereadora da Câmara Municipal da Maia) e Fernando Leite (Administrador-Delegado da Lipor). A Maia reforça a sua posição de referência na recolha seletiva dos resíduos, contrariando a tendência nacional no cumprimento das metas do PERSU2020. “Criar uma cidade mais agradável para todos, mas também contribuir para que a sustentabilidade seja uma missão cumprida é um dos principais objetivos dos projetos que temos vindo a implementar” afirma Paulo Ramalho, Presidente da Maiambiente. Salientando, “graças ao empenho dos munícipes, a Maia é um município de referência na recolha seletiva dos resíduos. Mas isso só é possível se forem colocadas à disposição dos cidadãos condições que o permitam. E, sem dúvida, a Maiambiente tem dado um contributo fundamental para que isso aconteça.” ADESÃO É JÁ SUPERIOR A 53% Com o objetivo de promover a valorização dos resíduos orgânicos com potencial de compostagem, foram entregues contentores dedicados (40 litros para a recolha e de 10 litros para uso interior). A adesão é já superior a 53%, e nas primeiras 10 recolhas efetuadas, foram recolhidos mais de 6 mil kg destes resíduos, o que equivale a cerca de 5,15 kg por produtor. Sérgio Lira, munícipe abrangido pelo projeto, considera que a introdução de mais um fluxo de recolha seletiva foi uma “transição tranquila”. Explicando, “veio uma equipa de sensibilização que explicou como devíamos utilizar os equipamentos e quais os resíduos que deveríamos considerar e a partir daí foi fácil”. Para Sérgio Lira a maior diferença sentida foi na diminuição dos resíduos indiferenciados: “O lixo indiferenciado diminuiu para cerca de metade. Ou até menos” conclui com satisfação. O projeto piloto está a ser implementado na freguesia de Águas Santas, em zona composta maioritariamente por habitações uni e bifamiliares, mas tem como propósito ser alargado num futuro próximo ao resto do concelho. A entrega foi acompanhada de uma ação de sensibilização que irá continuar até ao final do ano. António da Silva Tiago conclui “é um projeto que está a ter um êxito excelente e que, a seu tempo e estando reunidas todas as condições técnicas e logísticas, gostaríamos de alargado ao resto do concelho”. É de salientar que a separação dos resíduos orgânicos permite o seu encaminhamento para a Central de Valorização Orgânica da Lipor, onde posteriormente são transformados em composto NUTRIMAIS. O projeto que arranca agora no serviço “Ecoponto em Casa”, já se encontrava implementado no município da Maia em “grandes produtores” de resíduos orgânicos (restaurantes, cantinas de escolas, empresas e instituições). Gabinete de Comunicaçãocomunicacao@maiambiente.ptTeresa Juncal Pires | 910 945 790MAIAMBIENTERua 5 de Outubro, nº 3594475-302 MilheirósTel (+351) 22 947 81 30Fax (+351) 22 947 81 39Portal: http://www.maiambiente.pt

Jaba Recordati ajuda a recuperar Parque Arco-Íris no Jardim Zoológico de Lisboa

Sob o mote “Parque Arco-Íris dá asas ao nosso bem-estar”, a farmacêutica mobilizou colaboradores que contribuíram para fazer a diferença no reconhecido Jardim Zoológico de Lisboa, apadrinhando e recuperando um espaço que necessitava de intervenção. Quando as boas intenções se juntam à determinação, coisas fantásticas acontecem. E foi precisamente isso que aconteceu quando a farmacêutica Jaba Recordati, decidiu contribuir para a reabilitação e apadrinhamento do Parque Arco-Íris, um espaço destinado a aves, que se encontrava fechado no Jardim Zoológico de Lisboa. O convite lançado pelo Zoo de Lisboa foi o desafio perfeito para contribuir para esta instituição de renome, que se dedica à conservação das espécies e dos seus habitats. Através da reabilitação e apadrinhamento deste espaço, que se pretende que volte a ser um local cheio de vida e cor, onde os visitantes do Zoo são convidados a interagir com as aves, sendo permitido alimentá-las, tocar-lhes e brincar com as mesmas, a Jaba Recordati desperta as gerações mais novas para a questão da sustentabilidade da biodiversidade do planeta. O Parque Arco-Íris é uma zona do Zoo destinada à habitação de aves, construída em 2001, que se encontrava abandonada e a necessitar de rápida intervenção, tendo sido lançado o desafio para a sua recuperação, o qual a Jaba Recordati demonstrou total disponibilidade em apoiar. No âmbito da parceria, foi lançado o desafio - no passado mês de novembro - às equipas de 3 marcas da farmacêutica - Aloclair®, AloBaby® e Biogaia® - para contribuírem e ajudarem em conjunto, a reconstruir o parque. Durante uma manhã, funcionários da farmacêutica, ajudaram a limpar o terreno e a fazer trabalhos exteriores de recuperação, colocando vários materiais gráficos que irão servir de decoração ao parque e, assim, contribuindo para que o espaço Arco-Íris abra as suas portas ainda antes do final de 2018. A parceria entre a Jaba Recordati e o Jardim Zoológico de Lisboa, terá uma duração de 2 anos e contará com um investimento no valor de 30 mil euros, permitindo contribuir para o desenvolvimento do bem-estar animal e da sua conservação. Hoje em dia, o Jardim Zoológico é um espaço dinâmico, moderno e em constante transformação, sendo visitado anualmente por cerca de 800 000 visitantes e onde desempenha um papel ativo na conservação, quer a nível nacional, como internacionalmente. IMAGENS EM ALTA NO SEGUINTE LINK: https://we.tl/t-o2P4Rm9TZ0 BIOGAIA® - suplemento alimentar ALOBABY® - Dispositivo médico indicado para o alívio natural da dor causada pela erupção dos primeiros dentes do bebé/criança. Não contém açúcar, anestésico local, álcool e substâncias de natureza farmacológica. A aplicação do produto deve ser feita por um adulto. A utilização é contra-indicada em caso de hipersensibilidade a qualquer um dos constituintes. Ler cuidadosamente a rotulagem e as instruções de utilização.ALOCLAIR® - Dispositivo médico indicado para o alívio rápido da dor e cicatrização das aftas. Contra-indicado em pessoas com antecedentes de hipersensibilidade a alguns dos seus componentes. Ler cuidadosamente a rotulagem e as instruções de utilização. IPSIS   Mafalda Santos Senior Consultant Rua Braamcamp,nº 9, 6º piso 1250-048 Lisboa, Portugal+351 916 356 841+351 211 978 073mafalda.santos@ipsis.pt 

Pizzi vai ser pai de mais um menino!

Pizzi, jogador do Benfica, e a mulher Maria Barros vão ser pais de mais um menino. Em dia de jogo do Benfica contra o AEK para a Liga dos Campeões, a futura mamã divulgou uma foto nas suas redes sociais para dar a boa nova. “Será que vem mais um ruivinho a caminho?? Sim, vou continuar a ser a princesa da casa!” escreveu Maria na legenda da imagem publicada no seu Instagram, e na qual revela o sexo e o nome do bebé. Com nascimento previsto para final de março, o sexo do segundo filho Francisco foi confirmado através de um rastreio pré-natal não invasivo. Recorde-se que o casal já tem um menino, Afonso de 2 anos. Em declaração, o jogador do Benfica e também da Seleção Nacional confessa que: “Estou muito feliz, queríamos muito um segundo filho e não tínhamos preferência pelo sexo! Estamos desejosos que nasça, e muito mais tranquilos que na primeira gravidez porque já sabemos lidar melhor com tudo e acreditamos que vai ser mais fácil. Somos um casal tranquilo e positivo em relação a tudo na vida, sabíamos que ia tudo correr lindamente. Mas admito que o facto de a Maria ter feito o teste neoBona nos primeiros meses de gravidez também ajudou a gerar este sentimento de tranquilidade: em apenas 5 dias e com uma simples amostra de sangue, soubemos que o bebé estava livre de trissomias e outras anomalias. E ainda nos deu a confirmação segura do que já sentíamos: vem aí mais um menino a caminho!”  Questionado sobre o atual momento do Benfica, Pizzi confessa que “Ainda faltam disputar muitos jogos, mantemos o nosso principal objetivo – a reconquista do título nacional.  Estou apenas focado no trabalho, sinto-me em forma e a atravessar um bom momento. O futebolista e Maria Barros casaram-se o ano passado depois de 12 anos de uma vida em comum, e nunca esconderam a vontade de aumentar a família. O casal revelou ainda que o filho mais velho está a reagir muito bem à notícia da chegada do bebé: todos os dias dá um beijinho de bom dia na barriga da mãe e pergunta se o irmão está bem. E que desconfiam que está ansioso pelo nascimento para puderem jogar à bola juntos! Filipa PereiraMarketing & ComunicaçãoSYNLAB PortugalRua Rodrigues Sampaio, 30C, 3º Esq.1169-067 Lisboa Tel.: +351 213 587 400 Tlm.: +351 918 808 622  Fax: +351 213 151 413 E-Mail: filipa.pereira@synlab.pt Web: www.synlab.pt

VINHOS PORTUGUESES EM DESTAQUE NO MAIS IMPORTANTE CONCURSO MUNDIAL DE VINHOS

A edição de 2019 – Tranche 1 - do International Wine Challenge galardoou 13 vinhos portugueses da garrafeira do Continente, naquele que é o concurso internacional de vinhos mais influente do setor a nível mundial. Esta distinção reforça a qualidade e excelência dos vinhos que o Continente disponibiliza aos seus clientes, procurando assegurar o acesso aos melhores produtos. O vinho “Coutada Velha Signature Tinto Regional Alentejano, 2017”, produzido pelo Monte da Ravasqueira a partir das castas Aragonês, Trincadeira e Cabernet Sauvignon, conquistou a medalha de Ouro, tendo sido um dos dois únicos vinhos tintos portugueses galardoados com esta distinção. Este é um resultado de excelência, atendendo à exigência que a própria organização admite estar inerente a esta classificação. Com a medalha de prata foram distinguidos os vinhos “Albenaz Jardim Secreto Alvarinho Premium Branco DOC Vinho Verde, 2017”, o “Contemporal Tinto Regional Península de Setúbal, 2016” e o “Contemporal Moscatel Roxo de Setúbal, 2011”, sendo também excelentes exemplos do que de melhor se produz nessas regiões. Com medalha de Bronze foram destacados os vinhos “Guarda Rios Gold Edition Tinto Regional Alentejano, 2017”, “Cancellus Premium Branco DOC Douro, 2017”, “Colete Velho Premium Tinto Regional Tejo, 2017”, “Sobreiro de Pegões Premium Branco Regional Península de Setúbal, 2017” e “Rovisco Pais Premium Tinto, Regional Península de Setúbal 2017”. Finalmente, o “Guarda Rios tinto Regional Alentejano, 2017”, o  “Vinha da Coutada Velha Tinto Regional Alentejano, 2017” e o “Valdeus Tinto Regional Lisboa, 2017” foram galardoados com a medalha Commended. Estes são os vinhos considerados muito bons exemplos da região. O Concurso International Wine Challenge acontece há 36 anos, em Londres, e avaliada vinhos de todo o mundo, provados por um conjunto de juízes especialistas em diferentes áreas. O reconhecimento internacional destes produtos nacionais é um indicador claro do compromisso que o Continente subscreve ao procurar disponibilizar as melhores referências, democratizando assim o acesso a vinhos de qualidade superior, desenvolvidos em parceria com produtores de referência.Para qualquer questão não hesite em contactar-nos! GCIMarta Silvamsilva@gci.pt

Senzi Ourivesaria abre loja no ViaCatarina Shopping

O ViaCatarina Shopping alarga a sua oferta na área da moda. A ourivesaria Senzi chega agora ao Centro e oferece relógios, brincos, anéis, pulseiras e colares de diversas marcas. Para além desta nova abertura, os visitantes podem ainda usufruir das novas lojas temporárias, mesmo a tempo do Natal. Na nova ourivesaria Senzi, situada no Piso 3, os visitantes podem encontrar joias elegantes para o dia-a-dia ou para uma ocasião especial. Conceituada no setor da joalharia, a Senzi comercializa uma grande variedade de artigos de prata, ouro e relógios com marcas que definem as tendências. A loja temporária meia.dúzia abriu no Piso 2 do ViaCatarina. A marca portuguesa proporciona uma experiência de degustação de sabores nacionais em Packs de meia.dúzia, composto por produtos como compotas, chocolates, mel, chás e licores. O presente ideal para oferecer este natal, uma experiencia única de sabores nacionais. Já no Piso 1 abriu a loja temporária Douro’s Flavours. Nesta loja os visitantes podem degustar os melhores sabores da região do Douro e conhecer um dos segredos mais bem guardados da região: o licor Carinus Est, considerado o melhor licor do País.Com estes novos espaços, o ViaCatarina Shopping reforça a sua oferta comercial, contribuindo para que os seus visitantes encontrem o presente ideal para oferecer este Natal! Lift ConsultingCatarina Marquescatarina.marques@lift.com.pt Communication Consultant Tel. +351 934 827 487

NOS ALIVE'19 RECEBE DIA 11 DE JULHO CONCERTO ESPECIAL DE ORNATOS VIOLETA

O NOS Alive’19 orgulha-se de confirmar, para o primeiro dia do festival, a atuação especial de regresso aos palcos de Ornatos Violeta, que vão brindar o público com a interpretação integral da sua obra seminal, “O Monstro Precisa de Amigos”. A banda sobe ao Palco NOS, dia 11 de julho, no mesmo dia dos já anunciados The Cure. Editado a 22 de novembro de 1999, “O Monstro Precisa de Amigos”, o segundo e último álbum de originais dos Ornatos Violeta, superou as expectativas criadas pelo disco de estreia, “Cão!”, e confirmou o talento de Manel Cruz (voz), Nuno Prata (baixo), Peixe (guitarra), Kinörm (bateria) e Elísio Donas (teclados) na composição de canções intemporais que, ano após ano, continuam a ser descobertas, recuperadas ou interpretadas  pelas gerações mais novas. É o caso de "Capitão Romance” — que conta com o convidado especial Gordon Gano, dos Violent Femmes, uma das maiores referências dos Ornatos Violeta, a cantar em português —, "Chaga", "Dia Mau" ou "Ouvi Dizer” — com a participação especial e inolvidável de Vítor Espadinha —, verdadeiros tesouros do cancioneiro nacional. Produzido por Mário Barreiros, “O Monstro Precisa de Amigos” foi o habitual “difícil segundo disco” que acabaria por se revelar o magnum opus da banda, quer a nível comercial, atingindo a marca de Platina quer, sobretudo, na receção pelos fãs e crítica especializada, com a BLITZ a considerá-lo o terceiro Melhor Álbum Português editado nos anos 90 e um dos 25 melhores álbuns nacionais editados entre 1960 e 2000. Formados no Porto em 1991, os Ornatos Violeta estiveram em atividade perto de uma década, durante a qual conquistaram o estatuto de banda de culto, graças aos dois álbuns editados e às suas intensas prestações em concerto. Em 2002 anunciaram a separação, regressando em 2012 para a celebração dos 20 anos da sua formação, com oito concertos especiais. Em 2019 voltam, para comemorar mais um marco, porque, 20 anos depois, “O Monstro (ainda) Precisa de Amigos”. Artistas confirmados: Bon Iver, The Cure, Curadoria Bridgetown (Carla Prata, Dillaz, DJ Dadda, Nubai Soundsystem, Plutonio, Saint Jhn, Trace Nova e Lé Vie), Jorja Smith, Pip Blom, The Smashing Pumpkins, Sharon Van Etten, Tash Sultana, Thom Yorke. Imagens oficiais aqui Informação Bilhetes NOS PRESSnospress@lpmcom.pt

Promoções de Natal PlayStation® incluem descontos imperdíveis

A partir de hoje e até ao próximo dia 26 de dezembro, a consola PS4 de 500GB está disponível por 199,99€. Durante o mesmo período, o PlayStation®VR, com oferta do ASTRO BOT Rescue Mission™, está disponível também por apenas 199,99€. Lisboa, 12 de dezembro de 2018 – A Sony Interactive Entertainment Portugal (SIEP) acaba de anunciar várias promoções de Natal em diversos produtos PlayStation®. É o caso da consola PS4 de 500GB, por exemplo, que a partir de hoje e até ao próximo dia 26 de dezembro, está disponível a um preço estimado de 199,99€. Durante o mesmo período, e pelo mesmo valor, também está disponível o Pacote inicial do PlayStation®VR com oferta do ASTRO BOT Rescue Mission™. Este pacote, para além do jogo de oferta e do dispositivo PlayStation®VR também inclui uma PlayStation®Camera e um voucher do PlayStation VR Worlds, que é um conjunto de 5 experiências de realidade virtual completamente diferentes. Vê aqui o vídeo. Os fãs da realidade virtual vão poder ainda adquirir, no mesmo período, o Mega Pack PlayStation®VR, disponível desde o passado dia 5 de outubro, por apenas 229,99€, em vez dos 329,99€ habituais. Este Mega Pack inclui o dispositivo, uma PlayStation®Camera e 5 jogos fantásticos: ASTRO BOT Rescue Mission™, WipEout™ Omega Collection, The Elder Scrolls V: Skyrim VR, DOOM VFR e o PlayStation VR Worlds. A partir de hoje e até dia 26 ainda, é de salientar que todas as consolas PlayStation®4 e PlayStation®4 Pro estão à venda, nas lojas habituais, com um desconto de 100€. As novidades não ficam por aqui e, durante as próximas três semanas, ou seja, até ao próximo dia 2 de janeiro, as edições físicas de diversos títulos para a PlayStation®4 estão também com alguns descontos incríveis. É o caso de God of War®, que antes tinha um custo estimado de 69,99€ e agora está disponível a 29,99€, de Call of Duty®: Black Ops 4, que antes custava 69,99€ e agora custa 49,99€ e de Marvel’s Spider-Man, que tem agora um preço estimado de apenas 39,99€ em vez dos 69,99€ habituais. Vê aqui um vídeo. Em baixo, um resumo destas ofertas (PVP estimado): Hidden Agenda: 9,99 € / PVP original: 19,99 € Saber é Poder: 9,99 € / PVP original: 19,99 € És tu!: 9,99 € / PVP original: 19,99 € SingStar Celebration: 9,99 € / PVP original: 19,99 € Detroit: Become Human: 19,99 € / PVP original: 69,99 € Gran Turismo® Sport: 19,99 € / PVP original: 39,99 € Shadow of the Colossus™: 19,99 € / PVP original: 39,99 € Uncharted™: O Legado Perdido: 19,99 € / PVP original: 39,99 € The Last Guardian: 19,99 € / PVP original: 39,99 € God of War®: 29,99 € / PVP original: 69,99 € Spyro™ Reignited Trilogy: 29,99 € / PVP original: 39,99 € Horizon Zero Dawn™ Complete Edition: 29,99 € / PVP original: 49,99 € Marvel’s Spider-Man: 39,99 € / PVP original: 69,99 € Call of Duty®: Black Ops 4: 49,99 € / PVP original: 69,99 € Para além destes descontos, existe ainda uma promoção em vigor em todos os jogos Sony que pertencem à gama PlayStation Hits, em que é possível comprar dois destes títulos por um PVP estimado de apenas 30€. Esta oferta também se estende até ao próximo dia 2 de janeiro de 2019. Desde o passado dia 3 de dezembro é ainda possível adquirir os Cartões Presente PlayStation®Store de 20€ ou de 50€, que permitem aos jogadores escolher o seu presente favorito entre os milhares de jogos e conteúdos digitais para a PS4 disponíveis na PlayStation®Store, e ainda os Cartões Presente Playstation®Plus, que oferecem a melhor experiência do modo multijogador online em diversos jogos. A propósito, importa mencionar que a subscrição PlayStation®Plus dá ainda acesso a 2 jogos para a PS4 todos os meses, sem custos adicionais, descontos exclusivos e muito mais. É possível comprar uma subscrição de 3 ou de 12 meses. Tanto um cartão como o outro estão disponíveis para venda nas lojas habituais.  Vê aqui algumas imagens. Segue-nos em http://www.facebook.com/PlayStationPT, www.twitter.com/PlayStationPT e www.instagram.com/PlayStationPT. Beatriz Monteirobeatriz.monteiro@lastlap.pt Last Lap Eventos & Comunicação, Lda. Rua Professor Reinaldo dos Santos, nº 42 1500-507 Lisboa - Portugal Tlm: + 351 91 051 29 93 Web Page: http://www.lastlap.pt

Parada de Natal no RioSul Shopping

O Natal já chegou ao RioSul Shopping mas as surpresas não param de chegar! É já nos dias 15 e 16 de dezembro que grandes personagens do mundo da animação chegam ao Centro para uma grande Parada de Natal, num espírito de enorme festa na altura do ano mais desejada por todas as crianças. O RUCA, a Heidi, a Branca de Neve, o Capuchinho Vermelho, a Abelha Maia, os Octonautas e a Masha e o Urso vão surpreender miúdos e graúdos num clima de verdadeira festa! Esta parada de mascotes infantis bem conhecidas dos mais pequenos chega agora ao Centro, distribuindo sorrisos e boa disposição ao som das melhores músicas natalícias. Nos próximos dias 15 e 16 de dezembro às 11h00, 15h00 e 17h30, as personagens preferidas das crianças vão passear pelo Centro, entretendo famílias inteiras que procuram os presentes de Natal perfeitos para as pessoas que mais gostam. E para que seja uma experiência diferente, estas mascotes vão fazer miúdos e graúdos dançar sem parar, relembrando que o Natal está mesmo a chegar. Estas paradas natalícias irão percorrer todo o Centro e, no final, as crianças vão poder conhecer e tirar uma fotografia com o RUCA, a Heidi, a Branca de Neve, o Capuchinho Vermelho, os Octonautas, a Abelha Maia, a Masha e o Urso.                                                                                                                 O RioSul Shopping convida todos os seus visitantes, mas especialmente as crianças entre os 2 e os 10 anos, a viver um fim de semana diferente e bem natalício, antecipando o Natal num clima de grande festa! Lift ConsultingCatarina Marquescatarina.marques@lift.com.pt Communication Consultant Tel. +351 934 827 487  

Rooftops de Lisboa destacam-se à escala europeia

A Cushman & Wakefield lançou recentemente o estudo Rooftops of EMEA que analisa o recente desenvolvimento deste conceito imobiliário. Os terraços lisboetas destacam-se nesta publicação que seleciona 20 projetos diferenciadores na Europa. Pelo seu conceito inovador e claro sucesso são referidos o Rio Maravilha, no LX Factory, e o Park, no Chiado, como excelentes exemplos deste formato em franco crescimento na Europa. O relatório afirma que, num mundo que será cada vez mais pautado pela experiência, o futuro do imobiliário passará pela sua capacidade de criar uma ligação emocional dos indivíduos aos espaços físicos, através de conceitos inovadores, icónicos e memoráveis. Neste sentido os rooftops surgem com uma força renovada, pelo seu caracter diferenciador e marcante. O potencial das coberturas dos edifícios está ainda numa fase de descoberta por parte dos proprietários imobiliários na Europa, sendo que nos Estados Unidos e na Ásia este conceito se encontra mais desenvolvido. O relatório defende que o conceito de rooftops funciona, em teoria, em praticamente todos os edifícios, independentemente do seu uso principal, e apresenta-se como uma fonte de receita adicional e, em muitos casos, como potenciador do uso maioritário do imóvel.Este conceito é definido tendo por base projetos existentes e bem-sucedidos, desafiando determinados princípios antes assumidos como inquestionáveis. Os rooftops não precisam de se localizar no ponto físico mais elevado do imóvel, nem têm necessariamente que estar a grandes alturas, ou gozar de vistas icónicas. A localização não tem obrigatoriamente que ser central na cidade, existindo já vários exemplos em zonas suburbanas. Como atributos chave comuns definem-se: um mínimo de dois pisos acima do solo; alguma vista, não necessariamente panorâmica ou icónica; localização com elevada densidade populacional; operador inovador; conceito com algum caracter único; e forte estratégia de marketing digital, particularmente ativa nas redes sociais. A geração de rooftops apresentada no estudo da Cushman & Wakefield distingue-se por uma maior diversificação, identificando-se 3 categorias possíveis: Restaurantes: a utilização mais comum é precisamente a de conceitos de restauração. No entanto, nesta nova conceção do produto é dado particular valor à qualidade gastronómica, em oposição aos conceitos do passado no qual este tema era frequentemente descurado. Os restaurantes em rooftop da nova geração caracterizam-se por: uma exploração por parte de cadeias de segmento elevado; operação num regime de 24 horas / 7 dias semana; e pela aposta na valorização dos acessos e na qualidade do design interior.   Espaços de eventos: ainda que parte destes projetos sejam também restaurantes, a grande maioria da operação é enfocada na organização de eventos; outros são espaços exclusivos para eventos com serviço de catering adicional. Caracterizam-se pela sua elevada dimensão, normalmente resultam de reabilitações integrais de imóveis ou novos edifícios, contam com particularidades que conferem ao evento elementos surpresa (wow factor) e apostam essencialmente nos clientes corporativos, beneficiando de uma localização nas zonas prime de escritórios.  Espaços de lazer: esta é a categoria de rooftop mais inovador e com maior potencial de crescimento. Abrange uma ampla variedade de conceitos, desde destinos noturnos de moda a espaços mais alternativos, culturais ou conceitos de lazer familiares. A aposta é enfocada na atividade de lazer oferecida, associada ao aspeto diferenciador do espaço em rooftop. Geralmente estes espaços não implicam um investimento significativo no design interior, até porque muito frequentemente operam num conceito de pop.up; alternando a oferta de atividades de lazer. Em Portugal o conceito ganhou recentemente particular destaque, com a abertura de variados espaços tanto em Lisboa como no Porto. Os já mencionados Rio Maravilha e Park, são destacados no relatório por se localizarem em edifícios particulares, o primeiro num edifício industrial obsoleto adaptado para escritórios, e o segundo na cobertura de um silo de estacionamento. Estes dois conceitos desafiam algumas das convicções dos atuais operadores, nomeadamente no que refere à sinalética (inexistente em ambos os casos) e aos acessos (nos dois casos com reduzida aposta em design); sendo ainda assim um exemplo de sucesso. A cidade de Lisboa é a que concentra a maioria dos rooftops identificados no âmbito do estudo, a quase totalidade são bares e restaurantes, representando os restaurantes 41% dos projetos. Os espaços instalados no topo de hotéis têm uma grande representatividade, 54% dos projetos. No Porto o peso dos espaços inseridos em hotéis é superior, 64%, sendo menos representativos os restaurantes, 36%. O BASE é um bom exemplos deste tipo de espaços na cidade do Porto, ainda que fuja à definição estrita de rooftop, pois sendo uma cobertura de um edifício (a galeria comercial Passeio dos Clérigos) é também acessível diretamente pela Rua Dr. Ferreira da Silva. Este espaço encaixa em termos de conceito de exploração na definição dos rooftops de última geração, sendo o jardim e a vista para a Torre dos Clérigos o seu aspeto diferenciador. Um bom exemplo de rooftop inserido em projeto hoteleiro é o terraço do Yeatman, Hotel de 5 estrelas em Vila Nova de Gaia, também vocacionado para a organização de eventos.         Sobre a Cushman & WakefieldA Cushman & Wakefield (NYSE: CWK) é uma consultora líder global em serviços imobiliários que cria valor significativo a ocupantes e investidores em todo o mundo. A Cushman & Wakefield está entre as maiores empresas de serviços imobiliários com 48.000 colaboradores distribuídos por 400 escritórios em 70 países. Em 2017, a consultora registou uma faturação de 6,9 mil milhões de dólares através de serviços de agência, representação de inquilinos, vendas e aquisições, gestão de imóveis, gestão de projetos, consultoria e avaliações. Para saber mais visite www.cushmanwakefield.pt Filipa Mota Carmo Associate Director Marketing Manager Direct: +351 213 219 548   Office: +351 213 224 757 Mobile: +351 914 029 971  filipa.carmo@cushwake.com

METRO e Target lançam Global Retail Accelerator em Berlim e Minneapolis

METRO forma parceria com Target para um Retail Accelerator único que terá lugar em dois continentes 10 Start-ups serão selecionadas para um programa de cerca de 3 meses em Berlim e Minneapolis Candidaturas podem ser realizadas através de www.metro-target-accelerator.com. O primeiro programa conjunto arranca em maio de 2019 Crescer com sucesso exige mais do que ter um bom conceito de negócio. Como pode uma start-up tecnológica, que tenha tração e um produto trabalhado, ter acesso ao mercado grossista e retalhista global? A grossista e especialista em produtos alimentares METRO (da qual a Makro Portugal faz parte), bem como a retalhista americana, Target, uniram forças para tornar este propósito possível. Tendo por base o sucesso da sua colaboração próxima com a Techstars, a METRO e a Target uniram-se para personalizar o seu programa de conteúdos e investir em start-ups. O METRO Target Retail Accelerator certificado pela Techstars terá lugar em Berlim e Minneapolis, sendo que todas as 10 start-ups passarão um total de 3 meses nas duas cidades. Durante este período, as start-ups serão orientadas por especialistas selecionados de um grupo de centenas de mentores. Irão receber financiamento até cerca de 120.000 dólares cada, bem como apoio da METRO e da Target em áreas como gestão, network e especialização na indústria. O recrutamento está agora aberto para o seu primeiro accelerator conjunto em www.metro-target-accelerator.com. O programa de 14 semanas terá início no princípio de maio de 2019, encerrando com um dia de demonstrações (Demo Day) em agosto, em Minneapolis, altura em que os empreendedores farão a apresentação dos seus negócios à Target, METRO e Techstars, bem como à comunidade local de start-ups e potenciais investidores. Com o novo METRO Target Retail Accelerator certificado pela Techstars com sede nos EUA e na Alemanha, as start-ups têm acesso único à indústria grossista e retalhista entre continentes. Esta estrutura permitirá às start-ups conectarem-se com uma rede global de especialistas, investidores, clientes e alumni accelerator de ambas as empresas, bem como da Techstars. “As nossas duas empresas estão a unir-se para ter um programa com uma característica única: dar acesso a executivos e a uma network de duas das maiores empresas no mercado grossista e retalhista,” comenta Hansjoerg Sage, Co General Manager of Hospitality Digital, uma empresa filiada da METRO que administra os programas Accelerator da empresa grossista. “O feedback de start-ups de programas Accelerator anteriores mostrou-nos o quão valioso é ter a oportunidade de experimentarem as suas soluções nas operações do dia-a-dia e implementá-las no caso de serem bem-sucedidas. Com este esforço conjunto, continuamos a desenvolver este valor acrescentado. Apontamos no sentido de criar uma ponte entre inovação e implementação ao atrair e investir em start-ups que têm produtos “live” e primeiras receitas. Em termos gerais, acreditamos que este novo programa irá contribuir para catalisar a evolução do setor grossista e de retalho.” “O portefólio da Target em programas accelerator permite-nos testar um vasto conjunto de inovações externas que podem diferenciar e reforçar ainda mais a experiência de cliente,” comenta Minsok Pak, Vice-Presidente Executivo da Target, Chief Strategy and Innovation Officer. “A parceria com a METRO não só expande o nosso alcance a nível global no sentido de trazer novas ideias para a Target, como ainda ajuda as start-ups a perceberem como crescer.” “Procuramos modelos de negócio globais que possam ser aplicados a todos os segmentos da cadeia de valor grossista e retalhista, dos bastidores à interação presencial com o cliente, e tudo o que está no entretanto,” refere Garan Goodman, que recentemente assumiu a posição de Managing Director do METRO Target Retail Accelerator. Goodman é um empreendedor bem-sucedido e responsável pelo investimento em start-ups com empresas internacionais e várias equipas que geraram rounds multimilionários. “O programa foca-se em factos vitais para qualquer start-up que queira testar o seu produto e ganhar novos fluxos: investimento, gestão e crescimento internacional.” As candidaturas podem ser realizadas em www.metro-target-accelerator.com e encerram a 24 de fevereiro. O programa tem início em maio de 2019 e estará concluído em agosto com um dia de demonstração em Minneapolis para apresentar o progresso de cada start-up.Junto enviamos comunicado de imprensa completo. SUSANA FREITAS Senior Communication Consultant Rua Fernando Vaz, nº 12-A – 1750-108 Lisboa t. +351 217 506 050 m. + 351 912 017 206 susanafreitas@youngnetworkgroup.com YOUNGNETWORK GROUP  www.youngnetworkgroup.com

“Hora do Natal” Limiano ajuda este ano mais de 2900 famílias carenciadas

Acreditando que é sempre possível fazer mais por quem mais precisa, Limiano volta a dar vida ao seu projeto de responsabilidade social - Hora do Natal Limiano,  com o objetivo incentivar os portugueses a parar e dedicar parte do seu tempo a tornar o Natal de alguém um pouco mais feliz. No ano passado, Limiano ofereceu aquilo que melhor sabe fazer, o seu queijo - dedicando uma hora inteira da sua produção a instituições que apoiam famílias carenciadas de norte a sul do país, chegando a mais de 2.500 famílias (mais de 3.000 Kg oferecidos).Este ano, inspirando-se no conceito “Podemos sempre fazer mais”, a marca desafiou-se a fazer ainda mais do que fez no Natal passado conseguindo ultrapassar a produção anterior e chegar a mais de 2.900 famílias portuguesas com a doação do seu genuíno queijo. Este contributo alcançou uma produção de 6.849 queijos (3,5 toneladas de queijo) que serão distribuídos por 15 instituições, entre as quais a Comunidade Vida e Paz, Fundação do Gil, A Casa – Centro de Apoio ao sem Abrigo, Cruz Vermelha de Vale de Cambra, Santa Casa da Misericórdia de Vale de Cambra, Banco Alimentar, entre outras. Veja algumas imagens e vídeos da ação aqui “Este ano acreditámos que era possível fazer mais por mais famílias, e foi com esse compromisso que voltámos a lançar a Hora do Natal, a reunir todos os colaboradores e a colocar em funcionamento todas as linhas de produção Limiano, para dar o nosso melhor a quem mais precisa. Não podíamos estar mais satisfeitos e gratos com o empenho de todos, vamos conseguir dar mais e estar presente no Natal de mais famílias em situação vulnerável. Contamos que esta iniciativa continue a inspirar as famílias a ajudar quem mais precisa, o Natal pode não ser perfeito, mas pode ser sempre especial e são os afetos e o espírito de partilha, que trazem a esta quadra o que ela tem de melhor.”, comenta Cátia Dias, Marketing Manager da marca Limiano. E você já pensou o que vai fazer na sua Hora do Natal? Dedique uma hora do seu tempo e deixe alguém mais feliz. Acompanhe este projeto em http://limiano.pt/ ou na página oficial de Facebook Limiano.   Sobre Limiano Limiano é a marca líder do mercado de queijo em Portugal, liderando também os rankings de notoriedade e preferência. É uma marca Portuguesa com quase 60 anos. O seu produto referência é a Bola de queijo tosca e amanteigada de onde surge toda a inovação da marca em queijo flamengo. As Fatias da Bola Limiano, cortadas diretamente da bola, são um exemplo de conveniência, mas onde se privilegia o autêntico e o genuíno. Presente em muitos lares portugueses, a sua missão é fazer parte da família, manter uma relação próxima e diária, tornando momentos simples, como o pequeno-almoço, o lanche ou uma refeição, em momentos especiais, de partilha em família. Sobre a Bel PortugalA Bel Portugal (www.belportugal.pt) é uma empresa especialista em queijo, com várias marcas que fazem parte dos hábitos alimentares dos portugueses há gerações. É líder do mercado de queijo, detendo as duas maiores marcas - Limiano (www.limiano.pt) e Terra Nostra (www.terra-nostra.pt) - que lideram também o segmento de flamengo. A marca ícone mundial da Bel é A Vaca que ri (www.avacaqueri.pt), que lidera em Portugal o segmento de queijo fundido. Com 2 fábricas em Portugal (1 nos Açores e 1 em Vale de Cambra), a Bel tem uma forte presença local empregando mais de 550 trabalhadores, com políticas ativas do ponto de vista social e ambiental. ATREVIA | Tel.213 240 227Neuza Farinha –  nfarinha@atrevia.comFilipa João – fjoao@atrevia.com

LISBOA RECEBE NOVOS AUTOCARROS DA CARRIS

Depois de dez anos sem qualquer aquisição, a CARRIS coloca esta sexta-feira em circulação os primeiros autocarros da nova frota de 250 veículos, que reforçarão os serviços da empresa. São os primeiros 15 autocarros novos - confortáveis, mais ecológicos, onde já está disponível WI-FI gratuito - que vão permitir melhorar significativamente o serviço público de transporte e a qualidade do ar na cidade de Lisboa.  Para completar um total de 250 autocarros, vão chegar em média 4 novos por semana a partir de Janeiro. O Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, o Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, vão entregar as chaves dos novos autocarros e acompanhar a primeira viagem comercial da nova geração de autocarros, conjuntamente com o Conselho de  Administração da CARRIS. Essa viagem terá início na Estação de Miraflores, na manhã do dia 14 de Dezembro às 9h00. Além do reforço das carreiras já existentes, a chegada dos novos autocarros permite à CARRIS continuar o projecto de criação de mais Carreiras de Bairro. Com a aquisição dos 250 autocarros, a frota da CARRIS vai passar a emitir menos 40% de partículas poluentes, indo assim ao encontro do compromisso assumido por uma cidade cada vez mais amiga do ambiente e pela saúde dos seus habitantes. Até ao Natal, toda a frota da CARRIS estará equipada com WI-FI a bordo. Com novos argumentos e um serviço que pretende ir cada vez mais ao encontro das necessidades de quem se desloca em Lisboa, começamos a incentivar a mudança de hábitos e a tornar a mobilidade mais acessível na cidade. Para isso, é também essencial que as pessoas comecem a deixar o carro em casa. Menos carros, mais CARRIS   Convidamos os meios de comunicação social a estar presentes na Estação de Miraflores, no dia 14 de Dezembro (sexta-feira), às 9h00, para acompanhar a saída dos autocarros para serviço, com possibilidade de participar na viagem inaugural de um deles. A presença do Presidente da CML, do Ministro do Ambiente, assim como do CA da CARRIS, está confirmada. Confirmações equipas de reportagem para ines.andrade@carris.pt  tlmv: 969 816 760

Fashion Weekend no AlgarveShopping com consultas de imagem gratuitas

O Fashion Weekend chega ao AlgarveShopping já no próximo fim de semana, dias 15 e 16 de dezembro, com consultas de imagem gratuitas e personalizadas, nomeadamente, com looks para o Natal e Passagem de Ano inspirados nas tendências. Este é um evento exclusivamente dedicado à moda, no qual os visitantes do AlgarveShopping vão poder ver em destaque os looks e tendências para a Passagem de Ano e Natal, numa zona de exposição com 8 bustos localizados no Piso 1 do Centro, que ao longo do fim de semana oferecem mais glamour ao AlgarveShopping. Os Fashion Advisors vão ajudar os visitantes a optarem pelos looks mais indicados de acordo com a ocasião e a silhueta de cada pessoa, oferecendo a melhor recomendação na compra das peças-chave para esta estação. As ações decorrem entre as 11h00 e as 15h00 e as 16h00 e as 20h00, num espaço criado especificamente para este efeito, que integra uma zona de receção de clientes, no qual as pessoas serão aconselhadas por consultores de imagem. Para poder contar com a opinião dos especialistas em moda deverá dirigir-se ao corredor coberto, no Piso 1. Também as reconhecidas caras da televisão, Rita Salema e Francisca Salema vão estar presentes no dia 15 de dezembro, entre as 12h00 e as 15h00, para receberem uma consulta de imagem com os Fashion Advisors. Durante os dias de Fashion Weekend os visitantes do AlgarveShopping podem aproveitar todo o ambiente de moda e inspirarem-se nos looks expostos em manequins com as tendências para esta época festiva, tirando partido da seleção feita pelos Fashion Advisors. Lift ConsultingCatarina Marquescatarina.marques@lift.com.pt Communication Consultant Tel. +351 934 827 487

THE CHEMICAL BROTHERS ENCERRAM PALCO NOS DO NOS ALIVE'19

The Chemical Brothers é a nova grande confirmação para a 13.ª edição do NOS Alive. A banda do Reino Unido atua dia 13 de julho no Palco NOS, juntando-se aos já confirmados The Smashing Pumpkins e Bon Iver. A dupla eletrónica de Tom Rowlands e Ed Simons trazem ao NOS Alive o novo álbum “No Geography” que será lançado na primavera de 2019. O nono longa-duração da banda inclui o último single “Free Yourself”, apresentado no mês passado ao público e que rapidamente conquistou elogios da imprensa especializada, como é o caso da Rolling Stone que salienta “a euphoric, multi-faceted odyssey of blistering synths and deep grooves”. O primeiro tema já revelado, conta com mais de um milhão de visualizações no YouTube, vídeo inovador dirigido pela equipa de criativos de longa data, Dom & Nic. The Chemical Brothers já venderam mais de 12 milhões de álbuns, seis milhões de singles em todo o mundo e contam uma lista considerável de prémios, entre eles um Brit Award, quatro Grammy Awards conquistados e sete nomeações, a mais recente referente ao último disco, “Born In The Echoes”, editado em 2015. De referir que esta foi a primeira banda de eletrónica a receber um Grammy na categoria “Best Rock Instrumental Perfomance” com o álbum “Block Rockin Beats”, o primeiro longa-duração. Conhecidos pelas atuações extasiantes, The Chemical Brothers prometem fechar com chave de ouro o Palco NOS  no dia 13 de julho. Artistas confirmados: Bon Iver, The Cure, Curadoria Bridgetown (Carla Prata, Dillaz, DJ Dadda, Nubai Soundsystem, Plutonio, Saint Jhn, Trace Nova e Lé Vie), Jorja Smith, Ornatos Violeta, Pip Blom, The Smashing Pumpkins, Sharon Van Etten, Tash Sultana, Thom Yorke. Imagens oficiais aqui Informação Bilhetes NOS PRESSnospress@lpmcom.pt

Nestlé retira 687 milhões de colheres de chá de açúcar da alimentação dos portugueses

Entre 2013 e 2017, a Nestlé retirou da alimentação dos portugueses 687 milhões de colheres de chá de açúcar com um peso total de 2.750 toneladas, o equivalente a 11.000 milhões de calorias. No cerne deste trabalho está o propósito Nestlé de melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável, através da reformulação dos seus produtos, diminuindo os teores de açúcar, sal e gorduras saturadas. Os exemplos de reformulação encontram-se ao longo de todas as principais categorias do extenso portefólio Nestlé: dos cereais de pequeno-almoço, aos produtos culinários, passando pelos achocolatados e até pelo açúcar que acompanha as principais marcas de café do mercado. Estes exemplos podem ser conhecidos através da leitura de uma brochura dedicada ao tema, recentemente publicada pela Nestlé e disponível online em www.nestle.pt. De facto, a reformulação nutricional dos produtos Nestlé começou há muitos anos com o objetivo de proporcionar produtos nutricionalmente mais equilibrados e adaptados ao gosto dos consumidores. Os exemplos mais recentes passam por uma redução de 30% no teor médio de açúcar da gama de cereais de pequeno-almoço (realizada desde 2008), onde se incluem marcas líderes de mercado como CHOCAPIC, ESTRELITAS, NESQUIK ou FITNESS. A Nestlé foi igualmente uma marca pioneira na redução da gramagem de açúcar nos pacotes que acompanham os cafés SICAL, BUONDI, TOFA e CHRISTINA e que hoje têm 50% do peso de há alguns anos. No que respeita à redução de sal, esta é claramente uma aposta ganha no extenso portefólio de produtos culinários da marca MAGGI onde, por exemplo, os tradicionais caldos de galinha tiveram uma redução de 20% no teor de sal. No seu conjunto, as reformulações significam a retirada de 49 milhões de gramas de sal da alimentação dos portugueses. Estes e outros exemplos, já presentes no portefólio da Nestlé em Portugal, mostram o compromisso assumido ao mais alto nível na gestão da Companhia, que, como o próprio Diretor-Geral da Nestlé Portugal, Paolo Fagnoni, afirma: “como industriais de produtos alimentares e de bebidas temos a obrigação de encontrar soluções que ajudem os consumidores, contribuindo para diminuir significativamente os problemas de saúde pública relacionados com escolhas alimentares”. Este é um trabalho que nunca vai estar terminado. A preocupação de corresponder às necessidades nutricionais dos consumidores portugueses começou há 96 anos em Portugal e a Nestlé continuará a sua caminhada pela reformulação de receitas, trabalhando de perto com as autoridades governamentais, com os seus pares e com a indústria, para assegurar aos consumidores a mudança necessária para uma vida mais saudável e mais feliz. Sobre a NestléA Nestlé é a maior companhia mundial de alimentação e bebidas. Está presente em 189 países em todo o mundo e os seus 323.000 Colaboradores estão comprometidos com o seu propósito de “Melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável”. A Nestlé oferece um vasto portefólio de produtos e serviços para as pessoas e para os seus animais de companhia ao longo das suas vidas. As suas mais de 2000 marcas variam de ícones globais como Nescafé ou Nespresso, até marcas locais amplamente reconhecidas como CERELAC, NESTUM e SICAL. A performance da Companhia é orientada pela sua estratégia de Nutrição, Saúde e Bem-estar. A Nestlé está sediada na vila suíça de Vevey, onde foi fundada há mais de 150 anos.Em Portugal, a Nestlé está presente desde 1923 e tem atualmente 1922 Colaboradores, tendo gerado em 2017 um volume de negócios de 486 milhões de euros. Conta atualmente com duas fábricas (Porto e Avanca), um centro de distribuição (Avanca) e cinco delegações comerciais espalhadas pelo Continente e pelas ilhas. Lift ConsultingSusana Lourençosusana.lourenco@lift.com.ptSenior Communication ConsultantTel. +351 914 409 595

Investigador português ganha bolsa de 250 mil dólares

A Gilead Sciences atribuiu recentemente a Bolsa de Investigação Internacional na área da Fibrose Quística considerando, pela primeira vez, projetos provenientes da Região Europeia, além de projetos dos Estados Unidos da América e do Canadá. Das três bolsas de 250 mil euros atribuídas este ano pela farmacêutica americana, uma foi atribuída pela primeira vez na Europa, e veio para Portugal, para a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, onde Miquéias Lopes-Pacheco desenvolve a investigação: “Identification of Novel CFTR Traffic Correctors Among FDA-Approved Drugs”, no departamento dirigido pela professora Margarida Amaral, reconhecida investigadora nacional. O valor total do prémio será distribuído ao longo de dois anos. O objetivo do projeto é identificar potenciais princípios ativos que possam ser selecionados para desenvolvimento de novas moléculas com potencial terapêutico na Fibrose Quística. A missão deste programa da Gilead Sciences em Fibrose Quística é contribuir para a investigação inovadora geradora de conhecimento nos campos da fibrose quística pediátrica e do adulto e apoiar investigadores juniores do Canadá, da Europa ou dos Estados Unidos. A Gilead Sciences tem a expetativa de que os projetos de investigação apoiados por estas bolsas aperfeiçoem a compreensão da fibrose quística.Nota. Informação em anexo. W!SDOMRaquel Cordeiroraquel.cordeiro@wisdom.com.ptCommunication ManagerTel. +351 916 610 702

ZIPPY chega às 50 lojas em Portugal com nova abertura no CascaiShopping

A ZIPPY abre amanhã, 14 de dezembro, a sua loja no CascaiShopping, reforçando a presença da marca na região de Lisboa e passando a contar agora com um total de 50 lojas em território nacional. Ao longo de 2018, a ZIPPY investiu mais de 2 milhões de euros em novas aberturas e remodelações de lojas em Portugal. Com a abertura de loja no CascaiShopping, a ZIPPY passa a contar com 10 lojas na região da Grande Lisboa. A nova ZIPPY, localizada no piso 1 do espaço comercial, conta com uma área de vendas de 193m2, disponibilizando uma ampla gama de produtos para crianças, dos 0 aos 14 anos de idade, que contempla uma diversificada oferta de vestuário, calçado e puericultura, com a melhor relação qualidade-preço no mercado. Apostando na introdução de tecnologias e elementos diferenciadores para melhorar a experiência de compra dos clientes, a loja está dotada de um inovador ecrã táctil digital, que permite aceder ao serviço gratuito “In Store Sales”. Este serviço possibilita a consulta de mais de 4 mil artigos da marca e encomendar comodamente os produtos e tamanhos que não estão disponíveis no momento. A estratégia da ZIPPY passa por um reforço sustentado da sua presença em território nacional, disponibilizando uma proposta de valor única que tem permitido à marca estar presente em cada vez mais famílias em Portugal. Desconto de abertura e oferta de luvas solidárias GLOVES aos 100 primeiros clientes Para celebrar esta abertura, a ZIPPY promove uma campanha especial e, de sexta-feira a domingo (14 a 16 de dezembro), vai oferecer 20% de desconto em talão em toda a loja do CascaiShopping. Adicionalmente, a ZIPPY vai oferecer aos 100 primeiros clientes na sexta-feira e no sábado (14 e 15 de dezembro) um par de GLOVES, na sua edição especial exclusiva com as cores bordeaux e cinza. As GLOVES são o novo projeto de solidariedade social da marca para este Natal, umas luvas especiais que podem ser usadas em simultâneo por pais e filhos, reforçando o sentimento de união. Na compra de cada par de luvas, 1€ é doado à Fundação Make-a-Wish Portugal.  ZIPPY CascaiShopping: Morada: R. Margaceira 152B, AlcabidecheHorário de funcionamento da loja: Todos os dias, das 10h00 às 23h00 (Comunicado e imagem de loja ZIPPY em anexo) BANGonçalo Nobre Gestor de Contas Lisboa Av. Miguel Bombarda, 36 - 4º D 1050-165 Lisboa – Portugal T. +351 213 195 648 F. +351 213 156 291 M. +351 937 405 104 E.  gn@ban.ptW. www.ban.pt

Deixe a magia do céu transportá-la para outra dimensão com a nova fragrância AVON Surreal Sky

A pensar nas mulheres sonhadoras, a AVON acaba de lançar a fragrância feminina Surreal Sky, inspirada na atmosfera mágica do céu e na encantadora flor Rainha da Noite. Muito feminina e elegante esta flor floresce uma vez ao ano e oferece uma fragrância exuberante que lhe convida a viver momentos fascinantes. Com o toque oriental da madeira, o fresco dos citrinos e a doçura dos frutos vermelhos, combinados com o requinte floral da Rainha da Noite, Surreal Sky captura os seus sentidos para a magnificência do universo. A nova fragrância mágica, intrigante e magnífica, dá-lhe o poder de ultrapassar os seus limites e voar para um céu único, estrelado, glorioso, brilhante e intenso e de ter o seu momento de liberdade, onde tudo é mágico.Deixe a magia do céu transportá-la para outra dimensão com AVON Surreal Sky. Quem disse que o céu é o limite? Determine os seus próprios limites! Para descarregar imagens clique aqui  Sobre a AVON A AVON é a companhia que há 130 anos defende a beleza, a inovação, o otimismo e, acima de tudo, as mulheres. Os produtos da AVON incluem marcas reconhecidas e adoradas como Anew, AVON Color, AVON Care, Skin So Soft. Com mais de 6 milhões de Revendedoras, os produtos AVON deliciam consumidores em aproximadamente 70 países em todo o mundo. Saiba mais sobre a AVON e os seus produtos em www.avon.pt, www.avoncompany.com e http://avonblog.pt/ ATREVIA Neuza Farinha – nfarinha@atrevia.com Inês Migueis – imigueis@atrevia.comContato: 213 240 227

Francisco Guerreiro é o cabeça de lista pelo PAN às Europeias

PAN defende respostas mais responsáveis e humanas na integração dos fluxos migratórios atuais Propostas estratégicas para mitigar as Alterações Climáticas e estimular a transição energética Objetivo de eleger 1 eurodeputado O PAN – Pessoas-Animais-Natureza – apresenta hoje o seu cabeça de lista às eleições Europeias de 26 de maio de 2019. Francisco Guerreiro, membro da Comissão Política Nacional e Assessor Parlamentar do deputado André Silva na Assembleia da República, acredita que é possível dar continuidade, no Parlamento Europeu, ao trabalho de transformação social que o PAN, com apenas um Deputado, tem alcançado na sociedade portuguesa. O partido reconhece e defende os benefícios da cidadania na União Europeia (UE), não só os decorrentes do reforço da coesão económica, social e territorial e da solidariedade entre os países constituintes, com impactos reais na vida quotidiana dos portugueses, como também pelo esforço de cooperação e de superação de conflitos, que tem resultado no mais longo período de paz contínua, entre 1950 e os dias de hoje. A candidatura do PAN, liderada por Francisco Guerreiro, assenta em temáticas prioritárias relacionadas com o apoio humanitário, o desenvolvimento sustentável e as alterações climáticas e transição energética. Apoio humanitário e desenvolvimento sustentável Para o PAN, o DNA do projeto Europeu rejeita e deve continuar a rejeitar visões políticas extremadas e nacionalistas que ou recusam por um lado, uma resposta responsável de melhor integração ou, por outro, fecham as fronteiras a quem mais precisa de apoio humanitário. Perante o fluxo migratório, a instabilidade em várias regiões limítrofes à Europa e tendo em consideração os refugiados económicos e climáticos, o partido considera que a União Europeia deve reforçar mecanismos de integração não só com políticas efetivas de emprego como de integração social e cultural. Tendo em conta realidades de países que não consigam acolher mais refugiados ou imigrantes, deverão ser reforçados os mecanismos de apoio financeiro para que outros Estados possam acolher mais refugiados. “Os valores europeus e humanistas exigem bem mais do que soluções meramente pontuais e baseadas no medo para a problemática das migrações. Os saldos migratórios positivos são essenciais para o desenvolvimento sustentável da Europa”, defende Francisco Guerreiro, cabeça de lista pelo PAN nas Eleições Europeias 2019. Alterações climáticas e transição energética Focado nas alterações climáticas e na transição energética, o PAN quer garantir que a Comissão Europeia estabeleça a meta de 2030 para o fim da comercialização de veículos movidos a combustíveis fósseis dentro da UE. A União Europeia tem metas para a redução das emissões de gases poluentes de automóveis até 2030, mas ainda não delineou uma estratégia para fomentar o fim da venda, dentro do espaço Europeu, de carros movidos a Diesel e a Gasolina, nomeadamente veículos ligeiros e pesados de passageiros. Em paralelo a Comissão Europeia (CE) deverá apostar na mobilidade coletiva e na transição para a produção e comercialização de mais veículos movidos a energias 100% limpas e renováveis. A própria CE considera inevitável o fim de carros movidos a Diesel, porém não existe uma estratégia, nem meta, para terminar com a comercialização destes veículos movidos a combustíveis fósseis dentro da Europa. De relevar que segundo um estudo da Organização Não Governamental Transport & Environment (T&E), para que a UE cumpra os objetivos climáticos do Acordo de Paris todos os países devem cessar a venda destes veículos em 2030. De frisar que o transporte rodoviário na Europa, em 2015, era responsável por 22% das emissões de gases poluentes. “A energia faz parte de muitos dos desafios climáticos na Europa, mas acreditamos que com as apostas certas poderemos contribuir para a construção de um paradigma baseado em energias 100% limpas e renováveis”, afirma Francisco Guerreiro. Para garantir a segurança climática e a soberania alimentar na Europa, o PAN quer promover a conversão faseada da agricultura intensiva Europeia para modos de agricultura biológica, reforçando um plano de ação europeu para 2021-2027. Os modos convencionais agrícolas, nomeadamente em Portugal, têm-se mostrado devastadores para os ecossistemas e para a preservação dos mesmos severamente fragilizados com o aumento dos impactos decorrentes das alterações climáticas. Em paralelo desperdiça-se o potencial de valor acrescentado do aumento da competitividade Europeia no sector do biológico que valoriza não só o ambiente como o tecido social e empresarial. Esta transição acarreta também uma responsabilidade intergeracional fundamental num momento de crise climática. Esta transição terá que ser operacionalizada e negociada dentro da Política Agrícola Comum da União Europeia (PAC) que atualmente tem um peso de 29% e usufrui de 365 mil milhões de euros para investir. Relacionado, entre 2014 e 2020 Portugal recebeu de fundos europeus, aproximadamente 8 mil milhões de euros para investimento no sector agrícola. Fotografias do candidato aqui: https://app.box.com/s/sdd3xnr98kfy8w8idw5slsr701ptk14p/folder/56313807596 Biografia em anexo. Naíde Müller Assessora de Comunicação e Relações Públicas PAN – Pessoas-Animais-Natureza  (+351) 92 54 88 003 | Naide.Muller@pan.parlamento.pt

Noite com ciência e música a bordo do Titanic no Exploratório

Uma noite com ciência para todos é o que promete o Exploratório este sábado. Da música às diferentes atividades para os mais novos, passando por uma visita à exposição “Titanic – A Reconstrução”, esta a entrar nas duas últimas semanas de apresentação no Centro Ciência Viva de Coimbra, há muito para descobrir. Um sábado cheio de aventuras a bordo do Titanic é o que o Exploratório promete a todos os que quiserem partilhar histórias e experimentar ciência. Ainda durante a tarde, às 17H15, o Exploratório apresenta no Hemispherium mais um filme – “Nas Asas da Noite” – a 360 graus, a repetir no domingo, e apresenta também a última sessão de 2018 do ciclo “Conversar é o Melhor Remédio – Médicos na Exposição”, às 18H00, com Arnaldo Figueiredo. Segue-se uma noite em cheio, com dois concertos “The Planets”, de Gustav Holst, pelo OpuSpiritum Ensemble, a história “Os talheres mágicos do Titanic!”, na Livraria Faz de Conto, e uma visita à exposição “Titanic – A Reconstrução”. Às 21h00 tem início o primeiro de dois concertos pela formação OpuSpiritum Ensemble, que produziu a obra prima do compositor inglês Gustav Holst – “The Planets” – para apresentar nestas sessões do Exploratório. A proposta passa por dois concertos intimistas e de proximidade, às 21h00 e às 22h30, no ambiente noturno e imersivo do Hemispherium. Nos concertos, para além da música, o público tem ainda a oportunidade de observar estrelas e planetas, numa projeção hemisférica a cargo do Exploratório, que retrata os elementos do cosmos que inspiraram Gustav Holst na composição desta obra. Precisamente às 21h00, tem início também a atividade experimental “Os talheres mágicos do Titanic”. Partindo da leitura do livro na Livraria Faz de Conto, as crianças participantes, com idades compreendidas entre os 7 e os 12 anos, vão desenvolver um conjunto de experiências científicas em torno de temáticas como a física, a matemática ou a engenharia, terminando numa visita à exposição Titanic – A Reconstrução. Paralelamente, os visitantes do Exploratório podem ainda ter “Uma noite a bordo do Titanic”, numa proposta que passa por explorar a exposição Titanic – A Reconstrução numa visita noturna, entre as 21h00 e as 23h30.O objetivo da conjugação destas diferentes propostas numa única noite passa por apresentar uma oferta alternativa em horário noturno para que o público – dos mais pequenos aos seniores –, possa usufruir das diversas atividades do Exploratório. As atividades “Os Planetas” e “Os talheres mágicos do Titanic” carecem de inscrição prévia, que pode ser feita através do correio eletrónico visitas@exploratorio.pt ou do telefone 239 703 897, contando com uma lotação máxima de 30 e 20 participantes, respetivamente.  Departamento de Comunicação Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra info@exploratorio.ptParque Verde do Mondego3040-255 CoimbraTel: 912395682 | 239703897

Terceiro e último DLC de Marvel’s Spider-Man disponível a partir de 21 de dezembro

Silver Lining é o terceiro e último DLC de Marvel’s Spider-Man: A Cidade Que Nunca Dorme A Sony Interactive Entertainment (SIE) acaba de anunciar que o terceiro e último DLC de Marvel’s Spider-Man: A Cidade Que Nunca Dorme, “Silver Lining”, estará disponível a partir de sexta-feira, dia 21 de dezembro, em formato digital, na PlayStation®Store. De salientar que em Marvel’s Spider-Man: Silver Lining Silver Sable está de regresso e tenta recuperar a tecnologia roubada da Sable International. Com o seu contacto na polícia de Nova Iorque – Yuri Watanabe – em licença administrativa devido a confrontos contra o clássico vilão Hammerhead, Spider-Man terá de confiar em alguns aliados pouco prováveis de forma a manter segura a cidade de Nova Iorque da Marvel. Marvel’s Spider-Man: Silver Lining, para além de novas missões, uma nova fação de inimigos e tipos de crime, inclui ainda novos troféus, desafios e três novos fatos – incluindo o fato que  Peter veste no filme de animação Spider-Man: Into the Spider-Verse. Vê aqui algumas imagens. De salientar que o primeiro DLC de Marvel’s Spider-Man: A Cidade Que Nunca Dorme, The Heist, já se encontra disponível, em formato digital na PlayStation®Store desde o passado dia 23 de outubro. O segundo, Turf Wars, também está disponível desde o passado dia 20 de novembro. Sabe mais no Blog Oficial da PlayStation@. Segue-nos em http://www.facebook.com/PlayStationPT, www.twitter.com/PlayStationPT e www.instagram.com/PlayStationPT. Beatriz Monteiro beatriz.monteiro@lastlap.pt Last Lap Eventos & Comunicação, Lda. Rua Professor Reinaldo dos Santos, nº 42 1500-507 Lisboa - Portugal Tlm: + 351 91 051 29 93 Web Page: http://www.lastlap.pt

Mercedes-Benz investe 20 mil milhões de euros em células de bateria

A Mercedes-Benz acaba de dar o próximo passo rumo à sua estratégia para o futuro da mobilidade. A empresa desempenha atualmente um papel de liderança em todas as quatro áreas da mobilidade elétrica – "connectivity", "autonomous", "shared & services" e "electric" -  e está a investir dez mil milhões de euros na expansão do seu portfólio de veículos elétricos e mais mil milhões de euros na rede global de fábricas de baterias.  Rede de fábricas de baterias Mercedes-Benz Cars A Daimler está a investir mais de dez mil milhões de euros numa rede global de fábricas de baterias inserida na sua rede de produção mundial. Esta será constituída no futuro por oito fábricas em três continentes. A fábrica de Kamenz já se encontra a produzir enquanto uma segunda fábrica nesta mesma localidade irá iniciar a produção no início de 2019. Serão construídas mais duas fábricas em Stuttgart-Untertürkheim, uma nas instalações de Sindelfingen, e mais uma em cada uma das regiões de Beijing (China), Bangkok (Tailândia) e Tuscaloosa (EUA). A produção local de baterias é um fator importante de sucesso na ofensiva elétrica da Mercedes-Benz Cars e é decisiva para cumprir a procura global por veículos elétricos. As competências para a avaliação tecnológica das células bem como as atividades de pesquisa e desenvolvimento serão alargadas consistentemente, e incluem a otimização contínua da atual geração de sistemas de iões de lítio, o desenvolvimento adicional das células adquiridas no mercado mundial e a pesquisa da próxima geração dos designados sistemas pós-iões de lítio. Ofensiva elétrica Mercedes-Benz Cars Até 2022, todo o portfólio da Mercedes-Benz será eletrificado com várias versões em todos os segmentos. No total, existirão mais de 130 variantes, desde modelos com sistema elétrico de 48 V ao EQ Boost e modelos híbridos plug-in, e mais de dez veículos totalmente elétricos movidos a bateria ou células de combustível. Até 2025, as vendas de veículos elétricos deverão aumentar para 15-25% do total de vendas – em função das preferências individuais dos clientes e do desenvolvimento da infraestrutura pública. Fornecimento sustentável de matérias-primas A sustentabilidade constitui uma referência para o sucesso empresarial sendo, por esse motivo, um dos princípios básicos da estratégia da Daimler, onde se inclui a aquisição responsável de matérias-primas. A Daimler desenvolveu uma abordagem sistemática para respeitar os direitos humanos: o Sistema de Respeito dos Direitos Humanos. A Daimler considera particularmente importante ter uma cadeia de fornecimento sustentável de matérias-primas para o esperado crescimento dos veículos elétricos. Para esta finalidade, a Daimler definiu ao longo de vários anos os requisitos de sustentabilidade para os fornecedores nas suas Normas de Sustentabilidade do Fornecedor. Todos os novos fornecedores da Mercedes-Benz são sujeitos a análises de potencial antes de serem contratados. Cerca de 700 engenheiros de qualidade e, se necessário, especialistas de direitos humanos, realizam estas auditorias no terreno. Um pré-requisito para estabelecer um contrato de fornecimento com a Mercedes-Benz Cars é o consentimento para divulgar toda a cadeia de fornecimento, inclusive desde a extração de matérias-primas nas minas. Os elementos essenciais dos requisitos impostos aos fornecedores estão relacionados com as condições de trabalho e o respeito pelos direitos humanos. Os fornecedores diretos assumem transmitir e monitorizar firmemente as normas de sustentabilidade da Daimler na cadeia de fornecimento. A responsabilidade pela aquisição de matérias-primas para a produção de células de bateria reside nos fornecedores. Contudo, a Daimler não deixa os seus parceiros sozinhos com esta tarefa e apoia-os com equipas interdisciplinares. Sobre o C.A.S.E. Esta sigla dá forma ao futuro da mobilidade. Significa ligação em rede (Connected), condução autónoma (Autonomous), utilização flexível (Shared & Services) e cadeias cinemáticas elétricas (Electric). As quatro áreas do C.A.S.E. são uma parte integral da estratégia empresarial da Daimler. O objetivo consiste em moldar a mobilidade intuitiva para os clientes através da articulação inteligente dos temas do C.A.S.E. Atualmente, a Mercedes-Benz Cars já desempenha um papel de líder em todas as quatro áreas do CASE. Um bom exemplo é que todas as atividades na área da conectividade são focadas na marca digital Mercedes me, que fornece aos clientes o acesso a uma extensa e personalizada gama de serviços através de uma app, website ou diretamente a partir dos seus veículos. O inventor do automóvel já desempenha um papel de líder no campo da Partilha e dos Serviços. Os serviços de mobilidade utilizados por mais de 18 milhões de pessoas variam desde a partilha de veículos independente do local de levantamento e devolução (car2go), a reserva de táxi (mytaxi), até à plataforma de mobilidade (moovel). A Mercedes-Benz segue uma abordagem holística na eletrificação das cadeias cinemáticas. Além da marca EQ, a Mercedes-Benz também está a desenvolver um ecossistema abrangente que, juntamente com o próprio veículo, inclui entre outros, serviços avançados, unidades de armazenamento de energia e tecnologias de carregamento e reciclagem sustentáveis. Rumo à condução sem emissões de gases, a Daimler persegue sistematicamente uma estratégia de sistema de propulsão de três vias para implementar a máxima compatibilidade ambiental em todas as classes de veículos (incluindo veículos comerciais pesados e comerciais ligeiros), com uma combinação inteligente dos mais modernos motores de combustão, com a eletrificação parcial através da tecnologia de 48 V, com os modelos híbridos plug-in EQ Power à medida e com os veículos elétricos a bateria ou com sistema de células de combustível. Raquel Abreu Public Relations & Passenger Cars Communication / Budget Control / Social Responsability Mercedes-Benz Cars - Sales & Marketing                                                                                               Rua Gottlieb Wilhelm Daimler, Nº 20 2710-037 Sintra             Portugal                                                                                                                                                               Tel. /Phone: +351 21 925 7197                                                                                                    Tlm. /Mobile: +351 96 882 2160 e-mail: raquel.abreu@daimler.com

TAP VOA PARA SÃO FRANCISCO A PARTIR DE JUNHO

Companhia será a primeira da Europa a disponibilizar serviço gratuito de mensagens escritas ilimitadas, via wifi, a bordo de voos intercontinentais São Francisco será o oitavo destino da TAP para a América do Norte Reservas estão disponíveis a partir de hoje Rota será operada pelo novo Airbus A330neo Já é possível reservar bilhetes para o novo destino da TAP: São Francisco, nos Estados Unidos. Esta nova rota vem reforçar e consolidar a aposta da Companhia naquele mercado, agora alargando o seu alcance ao chegar à Califórnia, na costa oeste dos EUA.   O arranque da operação da TAP para São Francisco acontece a 10 de junho e contará com cinco voos por semana, às segundas, terças, quintas, sábados e domingos. Os voos têm partida de Lisboa às 10:00 e chegada a São Francisco às 14:40, hora local. No sentido inverso, a partida é às 16:10, com chegada a Lisboa às 11:25 do dia seguinte. São Francisco será o oitavo destino da TAP na América do Norte e o terceiro novo destino da TAP nos Estados Unidos no próximo ano. Chicago e Washington já estão também disponíveis para venda, com início de operação a 1 de junho e 16 de junho, respetivamente. “A TAP está a seguir o seu plano de expansão nos Estados Unidos. Sabemos que ainda há um longo caminho a percorrer, mas estamos cada vez mais perto de tornar este mercado um dos mais relevantes para a TAP, a par com o Brasil”, afirmou Antonoaldo Neves, CEO da TAP.Para o diretor do Aeroporto Internacional de São Francisco, Ivan C. Satero, "É um orgulho que a TAP tenha incluído São Francisco nos seus planos de expansão na costa oeste dos Estados Unidos. Partilhamos a paixão da TAP em tornar as viagens aéreas uma experiência agradável e os passageiros da região da Baía de São Francisco podem agora voar para Portugal e outros destinos, de forma mais fácil e económica”. A rota de São Francisco será operada com o novo Airbus A330neo, que a TAP recebeu em estreia mundial. E contará com um inovador serviço. A Companhia será a primeira da Europa a disponibilizar o envio gratuito de mensagens escritas ilimitadas, exclusivamente através de wifi, a bordo dos voos intercontinentais. “A TAP vai ser a primeira companhia do mundo a voar o avião mais eficiente e mais confortável do mundo e inova também ao proporcionar que todos os passageiros estejam sempre ligados. A TAP vai ser pioneira a oferecer mensagens de texto ilimitadas via wifi em voos transatlânticos”, afirma Antonoaldo Neves. No mercado da América do Norte, a TAP passou de três rotas, em 2015, para nove rotas atualmente, aumentando as frequências semanais de 16 para 56. Às novas rotas acrescenta-se também o reforço das frequências do Porto para Newark, para seis frequências semanais em vez das duas até agora oferecidas.No Atlântico Norte, a TAP passa assim a operar para: São Francisco, Washington, Chicago, Nova Iorque - JFK, Nova Iorque- Newark, Boston e Miami, à partida de Lisboa, e Nova Iorque- Newark à partida do Porto, além de Toronto, no Canadá. A abertura das novas rotas só é possível graças ao crescimento e renovação da frota da TAP. A companhia já recebeu seis aviões Airbus novos este ano e continuará nesse processo, alcançando 37 novas aeronaves até ao final do próximo ano e 71 até 2025. O primeiro avião novo a chegar à Companhia foi um Airbus A320neo, que já está em operação desde junho. Em setembro, a TAP integrou na sua frota dois aviões Airbus A321neo. Está também já em Lisboa o novo Airbus A330neo, do qual a TAP será a primeira operadora mundial e que fará o seu primeiro voo comercial em breve. No sábado, 8 de dezembro, chegou também à TAP um Airbus A321neo e no dia 11 de dezembro, terça-feira, outro Airbus A321neo aterrou em Lisboa vindo da fábrica da Airbus. Comunicação Corporativa | Relações com os Media E-mail: corpcom@tap.pt | Tel.: 218 416 017 | Fax: 218 415 881

Zippy abre loja no CascaiShopping

O CascaiShopping alarga a sua oferta no segmento infantil com a abertura da nova loja ZIPPY. Destinada a crianças dos 0 aos 14 anos, oferece uma vasta gama de artigos de vestuário acessórios, calçado e puericultura. Localizada no piso 1 do espaço comercial, a nova ZIPPY conta com uma área de vendas de 193m2, disponibilizando uma ampla gama de produtos de qualidade e a preços competitivos, para as várias fases de crescimento das crianças. A ZIPPY do CascaiShopping apresenta um serviço útil e inovador colocando à disposição dos seus clientes um ecrã tátil digital, que permite aceder ao serviço gratuito “In Store Sales”. Este serviço possibilita a consulta de mais de 4 mil artigos da marca e encomendar comodamente os produtos e tamanhos que não estão disponíveis no momento. Para celebrar esta abertura, a ZIPPY promove uma campanha especial e, de sexta-feira a domingo (14 a 16 de dezembro), vai oferecer 20% de desconto em talão em toda a loja do CascaiShopping. Adicionalmente, a ZIPPY vai oferecer aos 100 primeiros clientes na sexta-feira e no sábado (14 e 15 de dezembro) um par de GLOVES, na sua edição especial exclusiva com as cores bordeaux e cinza. As GLOVES são o novo projeto de solidariedade social da marca para este Natal, umas luvas especiais que podem ser usadas em simultâneo por pais e filhos, reforçando o sentimento de união. Na compra de cada par de luvas, 1€ é doado à Fundação Make-a-Wish Portugal. O CascaiShopping reforça assim o seu posicionamento no público infantil através da aposta clara numa oferta de qualidade e variedade. Lift ConsultingCatarina Marquescatarina.marques@lift.com.pt Communication Consultant Tel. +351 934 827 487

Minerar debaixo de água já é possível com engenharia portuguesa

O sistema robótico foi testado com sucesso na Irlanda, em Silvermines, e um dos robôs está em Portugal Minerar debaixo de água já é possível, provou-se rentável economicamente e vantajoso para o meio ambiente. A exploração de minério em minas abandonadas e inundadas é possível graças ao desenvolvimento de um sistema robótico, que é composto fundamentalmente por um veículo de mineração subaquático de 25 toneladas, um submarino de inspeção autónomo para apoio à operação e uma barcaça de suporte à operação. O veículo maior trata-se de um robô de 25 toneladas com capacidade de partir rocha e bombear o material extraído para a superfície de um lado e com um braço hidráulico com ferramentas intermutáveis do outro. O mais pequeno, chamado EVA, movimenta-se em torno do local de mineração, atualizando de forma constante um mapa 3D da área e transmitindo esta cartografia ao veículo maior, de modo a auxiliar na navegação. O robô EVA foi criado por investigadores portugueses do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), assim como todo os sistemas sensoriais que permitem a navegação e a operação do robô de 25 toneladas. Estes robôs foram desenvolvidos no âmbito do projeto europeu VAMOS (Viable Alternative Mine Operating System), com um orçamento superior a 12M€ e financiado em 9,2M€ pelo programa da Comissão Europeia Horizon 2020, cujo objetivo passa pela exploração subaquática de minas terrestres.  “O EVA consegue operar debaixo de água durante cerca de 7 horas, só ao fim desse período é que é necessário trocar as 3 baterias de 1 quilowatt, um processo que é feito em cinco minutos. O robô tem capacidade para descer a cerca de 500 metros de profundidade, mas alguns dos sensores que integram o EVA já têm capacidade para descer a 3 mil metros, podendo ser facilmente adaptado de modo a ser capaz de descer, no curto prazo, até 1000 metros de profundidade”, explica José Miguel Almeida, investigador coordenador no Centro de Robótica e Sistemas Autónomos do INESC TEC e docente do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP). Os dois robôs usam múltiplos sensores para a navegação e posicionamento de elevada exatidão, e para observação do meio que os rodeia. Combinam assim a informação proveniente de sonares, câmaras e um medidor de distâncias a laser que permite a operação do sistema, onde quer que estejam e sob quaisquer condições de visibilidade. Os dados recolhidos, depois de processados e combinados, são enviados para um piloto no centro de controlo, que os consegue ver exibidos numa consola multi tela, num ambiente de realidade virtual. Uma versão futura pode também ser capaz de visualizar o tipo e concentrações de minério à medida que é extraído, permitindo assim continuar a explorar aquele que é mais rico e não continuar a investir no mais pobre. Esta informação é fornecida pelo sistema de classificação e avaliação de minério, feito através de espectroscopia de plasma induzido por laser, que foi também desenvolvido por investigadores do INESC TEC, mais precisamente do Centro de Fotónica Aplicada deste instituto. Apesar de este consórcio ser composto por 17 parceiros, pertencentes a nove países europeus, as principais instituições responsáveis pelo desenvolvimento destes robôs foram essencialmente cinco: SMD (Reino Unido), BMT (Reino Unido), DAMEN (Holanda), INESC TEC (Portugal) e SANDVIK (Alemanha). O robô EVA está agora no Laboratório de Robótica e Sistemas Autónomos do INESC TEC, localizado nas instalações do ISEP, depois de ter sido testado com sucesso durante quase dois meses na Irlanda. “O robô que desenvolvemos representa os olhos deste sistema. Num lago, quando se começa a minerar no fundo, a quantidade de detritos em suspensão e a turbidez da água aumentam significativamente. Nesse sentido, só com sistema como o EVA é que se torna possível manter as operações contínuas e um mapa atualizado do estado do fundo, até por questões de segurança da máquina maior”, explica o investigador. Foi durante dois meses que decorreram os testes deste sistema robótico na mina inundada de Magcobar, em Silvermines. De acordo com José Miguel Almeida, “o VAMOS foi dos projetos mais exigentes em que participámos. Durante dois meses mobilizámos equipas de investigação para estarem em ambiente de mineração dia após dia. Os briefings começavam às sete da manhã e até ao final do dia o sistema robótico não podia parar, pelo que o nosso nível de prontidão tinha que ser elevado, algo que é completamente contrário ao normal funcionamento de um processo de investigação. Conseguir que equipas multidisciplinares compostas por elementos de vários parceiros industriais com diferentes metodologias, assim como de institutos de investigação e outros universitários mais académicos, com diferentes formações e interesses, colaborassem efetivamente foi um processo de aprendizagem. O que aconteceu na Irlanda foi único nesta área”. Para transportar todo o sistema do VAMOS, incluindo o robô de 25 toneladas, a barcaça e a estação de controlo foram necessários mais de 17 camiões TIR e a operação obrigou a vários meses de preparação de toda a logística. Passados os quase dois meses de teste, houve espaço para duas demonstrações públicas. Participaram nestas demonstrações 85 pessoas, desde membros dos 17 parceiros que integram o projeto, a geólogos e investigadores de empresas e instituições externas ao consórcio e, até mesmo, a populações locais. As operações consistiram no corte e operação do material em diversos cenários, bombeando posteriormente o material cortado para um depósito em terra, para posterior avaliação e caracterização da eficiência do processo. O investigador do INESC TEC explica a importância que este tipo de projetos tem para a Comissão Europeia: “a preocupação da CE ao apostar neste tipo de projetos prende-se, sobretudo, com a dependência do exterior para obter matérias-primas fundamentais para a indústrias e em como explorar recursos que detém. Apesar de a maioria das minas, quando foram fechadas, não serem economicamente viáveis, a verdade é que grande parte delas contém quantidades substanciais de matéria-prima e que, com os resultados deste projeto, podem voltar a ser rentáveis”. Atualmente a UE consome 25 a 35% do metal produzido a nível mundial, enquanto que a extração mineral na Europa ascende apenas a 3% da produção global de minério, o que significa que a UE importa cerca de 200 milhões de toneladas de minerais por ano. O VAMOS, que teve uma duração de quatro anos, está quase a terminar e já há manifestações de interesse para transferir tecnologias como EVA e os sistemas de navegação e mapeamento para o mercado. “Se houver, de facto, vontade de transferir o EVA para o mercado vai ser necessário adaptar o protótipo para um produto, o que vai logo tornar necessário padronizar as operações, de modo a que qualquer pessoa, independentemente de ser especialista ou não, consiga operar o robô”, conclui José Miguel Almeida. Para mais informações: http://vamos-project.eu/ Joana Desport CoelhoServiço de ComunicaçãoCommunication ServiceINESC TECCampus da FEUPRua Dr Roberto Frias4200-465 PortoPortugalT +351 22 209 4297joana.d.coelho@inesctec.ptwww.inesctec.pt

Neste Natal a Makro deseja a todos “um bom cabaz”

A Makro Portugal iniciou no Dia 1 de Dezembro a sua campanha de Natal com o mote “Neste Natal desejamos a todos um bom cabaz”, campanha que decorrerá até 31 de dezembro. A empresa vai oferecer nesta época natalícia 300 cabazes de Natal com um valor total a rondar os 90.000€. Por dia, a Makro vai oferecer 10 cabazes, 1 por loja de Norte a sul do país. A cada dia, o cliente Makro com o maior volume de compras será presenteado com um cabaz de nível superior - com um valor aproximado de 300€ - que conta com vinho, destilados, bacalhau, queijos, produtos de charcutaria e temperos, patés, entre muitos outros produtos. São consideradas para este passatempo todas as compras com o maior valor em euros realizadas nas lojas Makro, incluindo também os clientes abrangidos pelo Serviço de Entregas e Makro Go. A dinâmica teve início com a filmagem da campanha na loja de Cascais e durante o período antecedente ao Natal, as lojas Makro terão Pai Natal a interagir com colaboradores e clientes na promoção dos Cabazes de Natal em linha com a comunicação offline desenvolvida com o catálogo mensal de diferenciação para o canal HoReCa e para rechear a mesa de Natal. “Nesta altura de festa e solidariedade, não podíamos deixar de presentear neste fecho de ano os nossos clientes com uma campanha natalícia que os recorde que também nestes momentos de celebração e família gostamos de partilhar com eles aquilo que a Makro tem de melhor. O objectivo foi presentear com um cabaz muito especial os clientes que nos dedicam ao longo de todo o ano a sua preferência. É também uma forte Campanha que pretende gerar tráfego adicional para as nossas lojas neste período festivo e que nos permite mostrar o nosso sortido premium e inovação para o Canal HoReCa poder preparar as suas refeições de Natal com os melhores produtos aos melhores preços. Todos os dias deste mês vamos oferecer um cabaz por loja com diversos produtos ao cliente que realizou o maior volume de compras no dia. Aproveito para desejar as Boas Festas a todos. Procuramos levar o que a Makro tem de melhor ao negócio de cada um.” comenta Sílvia Lopes, Head of Marketing & Communication da empresa grossista.       Os clientes premiados serão identificados em https://bomcabazmakro.pt/ e serão comunicados também na sua loja de eleição através de um cartaz afixado com o seu nome e fotografia, além de uma publicação nos media da empresa. A campanha natalícia da Makro fecha no próximo dia 31 de dezembro e vai premiar centenas de clientes com cabazes natalícios inesquecíveis. Para mais informações e condições, visitar: www.bomcabazmakro.pt Junto enviamos comunicado de imprensa completo. SUSANA FREITAS Senior Communication Consultant Rua Fernando Vaz, nº 12-A – 1750-108 Lisboa t. +351 217 506 050 m. + 351 912 017 206 susanafreitas@youngnetworkgroup.com YOUNGNETWORK GROUP  www.youngnetworkgroup.com

VAMPIRE WEEKEND CONFIRMADOS PARA O NOS ALIVE'19

Vampire Weekend são a mais recente confirmação para a 13.ª edição do NOS Alive’19. A banda de Nova Iorque vai subir ao Palco NOS, dia 12 de julho, para apresentar o tão aguardado terceiro longa-duração, que segundo a própria banda já se encontra finalizado e será revelado em breve aos fãs. Uma das bandas de indie rock que mais rápido viu o sucesso mundial, é considerado por muitos um caso clássico de "amor ao primeiro disco”. Em 2008 romperam os tops das mais importantes rádios mundiais, com o álbum de estreia homónimo. Temas como “A-Punk”, Cape Cod Kwassa Kwassa”, “Mansard Roof” e “Oxford Comma” ficaram nas bocas do mundo e garantiram à banda uma fortíssima legião de fãs. Após o comprovado sucesso dos três primeiros discos da carreira do grupo, “Vampire Weekend” (2008), “Contra” (2010), e “Modern Vampires of the City” (2013), o trio nova iorquino deixou apetite para muito mais. Ezra Koenig em várias entrevistas já revelou alguns detalhes do próximo trabalho de estúdio e foram apresentados cinco temas no passado mês de agosto em Chicago, de uma forma peculiar, com o vocalista a colocar um telemóvel no microfone, terminando com a banda a tocar na integra um dos novos temas. Certo é que a apresentação ao vivo do novo álbum em Portugal está já agendada para dia 12 de julho no NOS Alive’19. Artistas confirmados: Bon Iver, The Cure, Curadoria Bridgetown (Carla Prata, Dillaz, DJ Dadda, Nubai Soundsystem, Plutonio, Saint Jhn, Trace Nova e Lé Vie), Jorja Smith, Ornatos Violeta, Pip Blom, The Smashing Pumpkins, Sharon Van Etten, Tash Sultana, Thom Yorke e Vampire Weekend Imagens oficiais aqui Informação Bilhetes NOS PRESSnospress@lpmcom.pt

RECICLAGEM DE 210 TONELADAS DE RESÍDUOS TÊXTEIS REVERTE EM 10.500 EUROS DOADOS A 9 INSTITUIÇÕES MAIATAS

Este donativo representa um valor simbólico, mas retrata o esforço da população e que é devolvido à comunidade através do apoio social prestado pelas instituições. Na Maia, os resíduos têxteis, depositados seletivamente nos roupões disponíveis no concelho, continuam a ser solidários. Em 2018, em resultado das 210 toneladas recolhidas destes resíduos, a iniciativa promovida pela MAIAMBIENTE e pela Wippytex (empresa responsável pela recolha destes resíduos) permitiu angariar 10.500 euros de verba, agora doados a nove instituições do concelho. A cerimónia de entrega de donativos decorreu no dia 11 de dezembro e foi presidida pelo presidente do Conselho de Administração da MAIAMBIENTE, Paulo Ramalho, pelo Administrador da Wippytex, Pedro Oliver, pela Vereadora do Ambiente e membro do Conselho de Administração da Maiambiente, Marta Peneda, e pelo Presidente da Câmara Municipal da Maia, António da Silva Tiago. Para o Presidente da Maiambiente, “é um motivo de grande orgulho poder assumir esta função de Responsabilidade Social, que é já uma marca da empresa.” Acrescentando, “gostávamos que estes projetos fossem um exemplo para outras empresas do nosso município, até com maior capacidade financeira, para que sejam capazes de assumir este papel e contribuir para o bem-estar da comunidade onde estão inseridas”.  Abordando as parcerias necessárias à implementação destas ações, Paulo Ramalho reforça “construímos um futuro em conjunto. Só trabalhando em rede construímos um futuro mais fácil para todos”. Este donativo representa um valor simbólico, mas retrata o esforço da população e que é devolvido à comunidade através do apoio social prestado pelas instituições. O projeto está implementado há sete anos, tendo sido atribuídos 63.400€, a 38 beneficiários identificados pelo município e ligadas ao setor social, não descurando a área cultural e do bem-estar animal. “A Maia e a Maiambiente são uma referência nacional e internacional na área ambiental e da sustentabilidade. Com os diversos projetos, em que este se integra, temos feito um caminho de grande afirmação e de grande testemunho” afirma com orgulho António da Silva Tiago. O autarca congratula “a forma responsável e consciente que a população maiata demonstra para a problemática dos resíduos, apoiando e participando ativamente nestes projetos”. De forma a oferecer as condições necessárias para que todos possam contribuir para o aumento da valorização destes resíduos, transformando-os em novos recursos e, simultaneamente, reduzindo a deposição em aterro ou incineração, encontram-se instalados no concelho da Maia 48 'Roupões', contentores azuis claros e identificados para a deposição seletiva destes resíduos. Na sua intervenção, o Administrador da Wippytex reforça a importância de atendermos à problemática deste tipo de resíduos, mostrando preocupação quanto ao futuro. “Em 2000, foram produzidos 50 mil milhões de peças de vestuário, em 2015 passou para 100 mil milhões… o que irá acontecer em 2030?”. Na cerimónia marcaram ainda presença representantes das entidades beneficiaras deste apoio: Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação da Maia, Conferências Vicentinas - Conselho de Zona da Maia, Bombeiros Voluntários de Pedrouços, Grupo de Alcoólicos Tratados da Maia, Lar de Santo António, Raríssimas - Centro de Desenvolvimento e Reabilitação do Norte, A Criança Diferente -  Associação de Amigos, Banda de Musica de Moreira e Amigos Picudos - Associação para a Preservação e Proteção dos Ouriços. Gabinete de Comunicaçãocomunicacao@maiambiente.ptTeresa Juncal Pires | 910 945 790MAIAMBIENTERua 5 de Outubro, nº 3594475-302 MilheirósTel (+351) 22 947 81 30Fax (+351) 22 947 81 39Portal: http://www.maiambiente.pt

O Natal está a chegar ao LeiriaShopping

É já no dia 1 de dezembro que o Natal chega ao LeiriaShopping. O Cortejo de Natal chega ao Centro às 12h00, com um fantástica parada e espetáculo de chegada do Pai Natal, ao qual se juntam várias figuras natalícias que farão as delícias de todas as crianças. Até dia 24 de dezembro a festa está garantida, com vários momentos de festa, fotografias com o Pai Natal e ateliers de adereços e objetos bem natalícios. O Cortejo de Natal, que marca a chegada do Pai Natal ao Centro, tem início às 12h00 deste sábado, dia 1 de dezembro. A Parada é liderada por duas Mães Natal que convidam todos os presentes a viver este cortejo. A esta festa juntam-se ainda várias renas, soldadinhos de chumbo e outras mascotes natalícias que vão surpreender as crianças e convidar os visitantes a dançar juntamente com bailarinas que trarão muita alegria ao LeiriaShopping. No final, chega o elemento mais importante desta época do ano: o Pai Natal, num carro decorado com muitos motivos natalícios. E é com a sua chegada que tem início um grande espetáculo com música, dança e muita animação, e gorros para todos os presentes. Neste dia, a festa termina no trono do Pai Natal para que miúdos e graúdos possam tirar a fotografia preferida desta época. Depois de chegar ao Centro, o Pai Natal estará presente no LeiriaShopping até dia 24 de dezembro, aos fins de semana e nos três dias que antecedem o grande dia de Natal, chamando todas as crianças ao trono num percurso animado pelo Centro. O Pai Natal estará disponível para os mais novos das 11h00 às 13h00 e, à tarde, das 14h00 às 21h00. Já no dia 24 de dezembro, o trono será ocupado pela figura que todas as crianças querem conhecer das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. E porque o Natal é também muita música e animação, o LeiriaShopping oferece aos seus visitantes um ciclo de espetáculos muito variado, que irá decorrer aos fins de semana, pelas 15h30 no piso 0, junto à Casa do Pai Natal. Dia 2 de dezembro, a magia chega ao Centro pelas mãos de um Clown, que irá proporcionar um momento que vai surpreender toda a família. Dia 8 de dezembro é a vez de Diogo Duro presentear todos os visitantes com “Click to Click”, um espetáculo em que o artista assume o papel de palhaço e que vive de muita interação com o público, com muito improviso e jogos divertidos. Dia 9 de dezembro é a estátua viva Cartoonette que terá a responsabilidade de animar os mais pequenos. No fim de semana seguinte, dia 15 de dezembro, a magia volta ao LeiriaShopping, desta vez pelas mãos de Mário Mágico, num espetáculo de magia close-up. Já no dia 16 de dezembro, o momento de animação fica a cargo de Choco Miranda, uma outra estátua viva que irá surpreender todos os visitantes. No último fim de semana antes do Natal, dia 22 de dezembro é o Palhaço Piruleta que fará os miúdos rir à gargalhada com a sua performance em que mostra as suas características de trapalhão e atrevido, num espetáculo com malabarismo, bolas de sabão, modelagem de balões e muito mais. E a 23 de dezembro, Tic Tac e Tic Tic Juntos no Mundo da Magia é o último espetáculo da grande festa do Natal no LeiriaShopping. Este ano, os visitantes mais pequenos podem ainda viver a Hora do Conto, um momento de cerca de 15 minutos em que o Pai Natal vai contar várias histórias às crianças, em três momentos distintos: às 12h00, às 15h00 e às 18h00. Os visitantes do LeiriaShopping poderão ainda contar com vários Ateliers de Natal junto à Casa do Pai Natal, no piso 0. Diariamente, os mais pequenos e as suas famílias poderão fazer postais de Natal e escrever a sua carta ao Pai Natal, dias 1, 2, 8 e 9 de dezembro e de 15 a 24 de dezembro, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 21h00. Para os que quiserem ir ainda mais longe no seu espírito natalício, terão à sua disposição Ateliers de Calendários de Natal (1 e 2 de dezembro), Gorros Especiais de Natal (8 e 9 de dezembro), Velas de Natal (15 e 16 de dezembro), Bonecos de Neve (de 17 a 21 de dezembro) e, para terminar, e nas vésperas do Natal, poderão aprender a fazer Figuras de Natal (de 22 a 24 de dezembro). O Natal com muita festa, surpresas e animação está garantido no LeiriaShopping, de 1 a 24 de dezembro, com momentos mágicos e muitos sorrisos de miúdos e graúdos. Horário da Visita ao Pai Natal Dias 2, 8, 9, 15, 16, 22 e 23 de Dez: das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 21h00 Dia 24 de Dez: das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 Hora do Conto Dias 2, 8, 9, 15, 16, 22, 23 e 24 de Dez: às 12h00, às 15h00 e às 18h00 (cerca de 15 minutos) Horário dos Ateliers Dias 1, 2, 8 e 9 de Dez: das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 21h00 De 15 a 23 de Dez: das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 21h00 Dia 24 de Dez: das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 Diariamente: Carta e Postais de Natal 1 e 2 Dez: Calendário de Natal 8 e 9 Dez: Gorros Especiais de Natal 15 e 16 Dez: Velas de Natal 17 a 21 Dez: Bonecos de Neve 22 a 24 Dez: Figuras de Natal Horário dos Espetáculos Aos fins de semana, às 15h30. 2 Dez – Magic Clown (Espetáculo de Magia) 8 Dez – Diogo Duro (“Click to Click”) 9 Dez – Cartoonette (Estátua Viva) 15 Dez – Mário Mágico (Magia Close-Up) 16 Dez – Choco Miranda (Estátua Viva) 22 Dez – Palhaço Piruleta 23 Dez – Tic Tac e Tic Tic Juntos no Mundo da Magia Sobre o LeiriaShopping O LeiriaShopping foi inaugurado em março de 2010 e é o maior centro comercial da região de Leiria, sendo hoje uma referência na cidade e uma plataforma de grandes fluxos de população provenientes da cidade e de uma extensa área envolvente. Com 119 lojas distribuídas por dois pisos, inúmeras insígnias de referência, 19 restaurantes, um Hipermercado Continente, estacionamento gratuito, Cinema e 2 espaços para diversão infantil,  o Centro Comercial oferece ao consumidor o que de melhor há na cidade. A par da experiência única de compras e de lazer que oferece aos seus clientes, o LeiriaShopping assume a responsabilidade de dar um contributo positivo para um mundo mais sustentável, trabalhando ativamente para um desempenho excecional nas áreas ambiental e social.  Consulte as novidades do LeiriaShopping em www.leiriashopping.pt, na mobile app (ios e android) e www.promofans.pt. Lift Consulting – Catarina Marques // Maria FernandesM: +351 934 827 487 | M: +351 911 790 060catarina.marques@lift.com.pt // maria.fernandes@lift.com.pt

Conceito de Proximidade da Altice Portugal em nova Loja MEO em Coimbra

Nova loja MEO sem barreiras físicas no atendimento e orientada para a experimentação; Novo espaço com 70m2 totalmente despido de montras, amplo e sem balcões promove um atendimento mais próximo e emocional; 6 posições de atendimento para 16 profissionais especializados; Loja MEO aberta 7 dias por semana, domingo a 5ª feira, das 9h às 23h, 6ª feira, sábado e vésperas de feriados, das 9h às 24h. A Altice Portugal inaugura amanhã uma nova Loja MEO, em Coimbra, no Fórum Coimbra, com o novo conceito de proximidade que o maior operador de comunicações do país tem vindo a implementar, sem barreiras físicas entre os clientes e os profissionais de atendimento e com condições logísticas orientadas para a experimentação, in loco, de todos os serviços e produtos em cada momento em destaque. O novo espaço MEO em Coimbra, com 70m², integra-se na aposta da Altice Portugal na melhoria da experiência de todos os seus clientes através da modernização da sua rede de lojas físicas.   Mais informações e uma imagem da nova loja MEO seguem nos documentos em anexo. AlticePaula PerfeitoDir. Comunicação Corporativa e Marca / Comunicação Institucional +351 215 002 788 / +351 961 962 673paula.perfeito@telecom.ptAv. Fontes Pereira de Melo, 401069-300 Lisboaaltice.pt

JAC Volkswagen coloca a primeira pedra do novo centro de I+D na China para impulsionar o veículo elétrico

/          O centro de I+D ficará situado na cidade de Hefei e centrar-se-á no desenvolvimento das áreas principais como a eletrificação, conetividade e condução autónoma/          Graças ao apoio dos acionistas, entre eles a SEAT, a JAC Volkswagen continuará a avançar no sentido da estratégia da inovação para o desenvolvimento da mobilidade sustentável/          Li Ming, presidente da JAC Volkswagen, destacou a colocação da primeira pedra do centro I+D como mais um êxito para a empresa Hefei (China), 14/12/2018. - A JAC Volkswagen Automotive Co., Ltd. colocou a primeira pedra do novo centro de I+D especializado em veículos de nova energia (NEV, nas siglas em inglês) para passageiros, que ficará situado na cidade chinesa de Hefei, na província de Anhui. O ato teve lugar semanas depois da assinatura de um acordo estratégico entre o Volkswagen Group China, a JAC e a SEAT, com a presença de Xi Jinping, presidente da República Popular da China, e o presidente do Governo de Espanha, Pedro Sánchez. Song Guoquan, secretário do Comité Municipal de Hefei; Jochem Heizmann, presidente e CEO da Volkswagen Group China; An Jin, presidente da JAC; Dr. Christian Vollmer, vice-presidente de Produção e Logística da SEAT, e Dr. Matthias Rabe, vice-presidente de I+D da SEAT, participaram, juntamente com outros representantes do governo local e representantes dos acionistas da JAC Volkswagen, na cerimónia a que também assistiram investidores e representantes dos empregados. “Esta primeira pedra na construção do centro de I+D é outro grande passo na história da JAC Volkswagen”, declarou Li Ming, presidente da JAC Volkswagen. “Eletrificar e dotar de inteligência são os passos-chave para a transformação que está a atravessar a indústria automóvel. Com o sólido apoio dos acionistas e de todos os setores, a empresa está a aproveitar a oportunidade para impulsionar, com elevada ênfase na inovação, o desenvolvimento da ofensiva de veículos eletrificados e avançar rumo ao futuro da mobilidade sustentável”. O centro de I+D, situado no novo distrito económico e tecnológico de Hefei, centrar-se-á nas áreas-chave como a eletrificação, conetividade e condução autónoma. Todos os sócios alavancarão o seu investimento, conhecimento e tecnologia para garantir que o centro de I+D cumpra os seus objetivos. Este projeto é um indicador do progresso que a JAC Volkswagen está a cumprir na ofensiva aos veículos 100% elétricos e marca um passo muito importante rumo à próxima fase de desenvolvimento. Dr. Christian Vollmer, vice-presidente de Produção e Logística da SEAT e membro do conselho de supervisão da JAC Volkswagen sublinhou que “para a SEAT é um orgulho ser a marca líder do Grupo Volkswagen na joint-venture com a JAC Volkswagen. A China é o principal mercado nos veículos elétricos e a pretensão da SEAT é a de contribuir, juntamente com os restantes parceiros, para que a mobilidade seja cada vez mais sustentável.” A mobilidade elétrica, juntamente com a digitalização, a conetividade e a condução autónoma, são o futuro da indústria da mobilidade, e a China tem-se afirmado como o principal impulsionador desta transformação. A construção do centro de I+D, além de cumprir com os acordos assinados a 9 de julho e a 28 de novembro deste ano, é uma pedra importante no desenvolvimento da JAC Volkswagen na nova indústria chinesa de veículos eletrificados. Peter Wyhinny, o primeiro vice-presidente da JAC Volkswagen, disse: “Sinto-me muito orgulhoso e emocionado ao assistir a este momento histórico. Com o rápido desenvolvimento da indústria de veículos elétricos, a JAC Volkswagen, como primeira joint -venture dedicada a estes veículos na China, está a aproveitar ao máximo os recursos dos acionistas para a satisfação das necessidades dos clientes chineses na construção do futuro da mobilidade sustentável com nova tecnologia”. A estratégia faz parte do esforço do Volkswagen Group China e das suas joint-ventures no âmbito da mobilidade elétrica, que pressupõe o lançamento de 30 novos veículos elétricos nos próximos dois anos, que representarão metade da produção na China. O objetivo do Grupo é o de entregar cerca de 400.000 veículos elétricos na China em 2020 e de chegar aos 1,5 milhões em 2025. SEAT é a única companhia no seu setor com capacidade total para desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell (Barcelona), exportando 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 80 países dos cinco continentes. Em 2017, a SEAT obteve 281 milhões de euros de lucros depois de impostos, vendeu perto de 470.000 veículos e alcançou um volume de negócios recorde superior a 9.500 milhões de euros. O Grupo SEAT emprega mais de 15.000 profissionais nos seus três centros de produção: Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica o Ibiza, o Leon e o Arona. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Ateca e o Toledo na República Checa, o Tarraco na Alemanha, o Alhambra em Portugal e o Mii na Eslováquia. A multinacional espanhola tem um Centro Técnico que se configura um “núcleo de conhecimento” que integra cerca de 1.000 engenheiros que têm como objetivo impulsionarem a inovação do maior investidor industrial I&D em Espanha. A SEAT disponibiliza a mais recente tecnologia de conetividade na sua gama de veículos e está empenhada num processo de digitalização global da empresa para impulsionar a mobilidade do futuro. SEAT PortugalT  / +351 21 891 89 32 press@seatportugal.pt Edif. Expo 98, Av D.João II Lote 1.07.2.1 – R/C 1998-014 Lisboa www.seat.pt

CONTINENTE ABRE LOJA EM OEIRAS

Abre hoje o Continente Bom Dia em Oeiras. O novo espaço traduz a criação de 71 postos de trabalho, dos quais 27 são primeiro emprego.  Trata-se de uma loja de proximidade, com cerca de 1460m2, que pretende responder às necessidades do consumidor atual de Oeiras, uma população que procura um serviço completo, eficiente e rápido. Com esta inauguração o distrito do Lisboa passa a contar com 56 espaços Continente. A nova loja dispõe de uma gama composta por milhares de referências, que incluem os produtos de marca própria Continente, uma gama que é composta pelos produtos que formam o cabaz habitual de compras dos portugueses, ao melhor preço. Destaque ainda para os produtos frescos, nomeadamente as frutas e legumes, padaria, talho e peixaria da loja, que contemplam produtos da região. Nestas áreas, que se assemelham a um mercado tradicional, com o conforto e ambiente próprios de um espaço contemporâneo, os visitantes podem encontrar informação sobre a origem dos produtos e outras características relevantes dos frescos. Jorge Simões, Diretor de Loja do Continente Bom Dia de Oeiras, destaca que “esta abertura reflete a confiança do Continente no potencial de crescimento de Oeiras. Acreditamos que esta loja vem contribuir para a economia local, desde logo com a criação de 71 postos de trabalho e esperamos conquistar a confiança da população local, fazendo-lhe chegar os melhores produtos aos melhores preços.” A inauguração do espaço é assinalada com uma campanha de 10% de desconto em Cartão Continente em toda a loja entre os dias 14 e 16 de dezembro. Na vertente ambiental, o Continente Bom Dia de Oeiras apresenta-se como uma loja de referência no setor, dotada de equipamentos que evitam, por um lado, o consumo adicional de energia para produção de frio e, por outro, as trocas de calor com o exterior, reduzindo o consumo energético da loja. Ao nível da iluminação, a loja dispõe de lâmpadas de baixo consumo, 100% LED e ainda de equipamentos de controlo e redução de potenciais consumos excessivos de água. Para impulsionar a cidadania ambiental junto da comunidade local, a loja dispõe de equipamento onde é possível depositar óleos alimentares usados, pilhas usadas, rolhas de cortiça, que serão posteriormente enviados para reciclagem. No mesmo sentido, o Continente Bom Dia de Oeiras terá à disposição dos seus clientes uma variedade de Sacos Reutilizáveis. A população local e as instituições da região vão igualmente poder contar com as iniciativas de intervenção social da Missão Continente, agora dinamizadas por esta loja, com foco na promoção da saúde familiar, o combate ao desperdício alimentar, a luta contra a fome e a promoção de uma alimentação saudável e a sustentabilidade ambiental. Para saber mais basta aceder ao site https://missao.continente.pt/. Informação adicional: Morada Continente Bom Dia de Oeiras Quinta do Marquês, Lote 65 2780-155 Nova Oeiras - Oeiras 111 lugares de estacionamento Horário de Funcionamento De segunda a domingo, das 8h30 às 21h30 Serviços disponibilizados Loja Well’s Loja Dr. Well’sCafetaria Descarregue mais fotografias aqui: https://we.tl/t-2RVy6sClvz GCIJoana Marinhojmarinho@gci.pt

PAN quer estudo científico e estratégia nacional para mitigar os impactos dos microplásticos

Aferir os impactos dos microplásticos no ambiente, na cadeia alimentar e na saúde humana Propõe mais medidas de sensibilização e estratégia nacional para a redução destes resíduos no meio ambiente Na Europa, por ano, chegam ao oceano mais de 8.000 toneladas de microplásticos, o equivalente ao peso da Torre Eiffel Estudo indica amostras de sal contaminadas com partículas microplásticas em Portugal O PAN, Pessoas-Animais-Natureza, acaba de apresentar uma iniciativa legislativa que recomenda ao Governo a elaboração de um estudo científico que afira os impactos dos microplásticos no ambiente, na cadeia alimentar e na saúde humana. Para além da realização deste estudo, que deve estar inscrita no Orçamento do Estado, e mediante os resultados, o partido propõe ainda o desenvolvimento de uma Estratégia Nacional para o Combate e Mitigação dos Efeitos dos Microplásticos que envolva várias entidades e a sociedade civil na procura de soluções. O atual paradigma económico e social de consumo crescente e contínuo – alicerçado numa mentalidade linear de produção, distribuição, consumo e gestão de resíduos –, tem conduzido a modelos de sociedade insustentáveis e diretamente concorrentes com os escassos recursos do planeta. As evidências científicas validadas por diversas instituições nacionais e internacionais revelam dados alarmantes sobre a produção mundial de plásticos. Segundo a Agência Portuguesa do Ambiente, em menos de um século de existência os detritos de plástico já representam cerca de 60 a 80% do lixo marinho dependendo da localização. Considera-se que a fragmentação do plástico é um processo infinito e que pode continuar até ao nível molecular podendo levar à formação contínua de micro plásticos e até nano partículas de plástico no ambiente. Um estudo da Greenpeace em 2016 concluiu que só na Europa, por ano, chegam ao oceano mais de 8.000 toneladas de microplásticos, o que equivale ao peso da Torre Eiffel (aproximadamente 10.000 toneladas). O nível de contaminação vai sendo cada vez mais evidente à medida que mais estudos demonstram o potencial de perigosidade para a fauna e flora, tal como para a saúde pública. Uma investigação publicada na Nature em 2017, que analisou 17 amostras de sal de mesa vendido em oito países (incluindo Portugal), confirmou que existia contaminação com microplásticos, sendo que uma das três amostras portuguesas atingiu o máximo observado, com dez microplásticos por quilograma de sal. Também em setembro do corrente ano a Organização das Nações Unidas lançou a Plataforma Global para os Plásticos, que visa unir esforços e concertar estratégias para reduzir o uso e o desperdício de plástico nomeadamente na União Europeia, nos países do G8 e G20, com o apoio de várias associações ou instituições, tal como o Fórum Económico Mundial. Assim, para encontrar soluções eficazes para este enorme desafio é necessário estudar aprofundadamente o seu impacto atual no meio ambiente, na saúde pública e bem-estar de outros animais. Num país como Portugal, que tem uma das maiores zonas económicas exclusivas (ZEE) da Europa (cobrindo cerca de 1.683.000 km² e podendo vir a chegar a 3.800.000 km²), este estudo proposto pelo PAN sobre a quantidade e o impacto dos microplásticos é fundamental para o desenvolvimento positivo do país. O partido propõe também que se estude e garanta, a curto prazo, a remoção do mercado nacional de produtos e bens que contenham microplásticos. “Os crescentes estudos e dados já são substancialmente expressivos para continuarmos a fechar os olhos à contaminação generalizada dos microplásticos em Portugal e no mundo. Os impactos no ambiente, na saúde e na cadeia alimentar têm que ser mitigados com uma ação e estratégia nacional, mas precisamos de vontade e coragem política para abordar este tema” afirma Francisco Guerreiro, membro da Comissão Política Nacional do PAN. “Verificamos que o tema é inexistente na COP 24 e que os seus efeitos negativos se continuarão a sentir bem após de outras COPs”, conclui Francisco Guerreiro. Projeto de Resolução em Anexo. PANNaíde Müller Assessora de Comunicação e Relações Públicas(+351) 92 54 88 003 | naide.muller@pan.parlamento.pt

AIRBUS A330NEO DA TAP JÁ VOA EM ESTREIA MUNDIAL ENTRE LISBOA E SÃO PAULO

O primeiro Airbus A330-900neo é da TAP e foi batizado com o nome “D. João II, Príncipe Perfeito” Primeiro voo comercial descolou esta manhã de Lisboa rumo a São Paulo TAP é a primeira Companhia da Europa a disponibilizar o envio gratuito de mensagens escritas ilimitadas, via wifi, a bordo dos voos intercontinentais TAP já recebeu este ano seis aviões Airbus NEO, alcançando 37 novas aeronaves até ao final de 2019 e 71 até 2025 Já está a voar, entre Lisboa e São Paulo, o novíssimo e avançado Airbus A330neo da TAP, numa estreia mundial pela companhia aérea portuguesa da mais recente coqueluche da Airbus e da aviação. O Airbus A330-900neo da TAP, batizado com o nome “D. João II, Príncipe Perfeito”, está a realizar o voo TP088, o primeiro voo comercial desta aeronave. Partiu do aeroporto Humberto delgado, em Lisboa, às 10:57 devendo aterrar no aeroporto de Guarulhos, em S. Paulo, no Brasil, às 18:27 (hora local de São Paulo), completando um voo com a duração total estimada de 9 horas e 30 minutos. Em Lisboa, no embarque para este voo histórico, o CEO da TAP, Antonoaldo Neves, surpreendeu os  passageiros ao sortear, já no avião, o seu lugar em classe executiva, entre os Clientes com lugar marcado em classe económica. A TAP Air Portugal é a primeira companhia aérea do mundo a beneficiar dos muitos atributos desta aeronave, de maior alcance, e da sua nova versão da cabina Airspace, que representa um novo conceito ajustado à ambição da Companhia de oferecer o melhor produto da indústria aos seus Clientes. Até ao final de 2019, a TAP receberá mais 19 aviões Airbus A330-900neo. “É um dia histórico para a TAP e para a aviação, para Portugal e para o Brasil, que pela primeira vez é o destino de um voo comercial inaugural de uma aeronave de longo curso. A TAP fica na história como a primeira companhia do mundo a voar o avião mais eficiente e mais confortável de sempre e inova também ao permitir que todos os passageiros estejam sempre ligados. A Companhia é pioneira ao oferecer mensagens de texto ilimitadas, via wifi, em voos transatlânticos”, afirma Antonoaldo Neves, Presidente Executivo da TAP. Além de um sistema de entretenimento a bordo e conectividade de última geração, com wifi disponível, o primeiro Airbus A330-900neo tem 298 assentos dispostos numa confortável configuração de cabina com três classes: 34 assentos em executiva, 96 em classe económica plus e 168 em classe económica. A nova cabina Airspace by Airbus, entre outras novidades, oferece mais espaço a cada Cliente, compartimentos de bagagem maiores e um inovador sistema de iluminação de cabina. O novo avião veio para reforçar e expandir a operação do longo curso da TAP. O Airbus A330-900neo é uma aeronave de última geração. O novo avião incorpora a última geração de motores Rolls-Royce Trent 7000, altamente eficientes e uma nova asa de maior envergadura com otimização 3D e com novos sharklets para proporcionar o melhor desempenho aerodinâmico. Em conjunto, estes avanços trazem uma redução significativa no consumo de combustível na ordem dos 10-12% em comparação com aeronaves concorrentes de tamanho similar que pertencem à geração anterior. A TAP já recebeu seis aviões Airbus NEO novos este ano e continuará nesse processo, alcançando 37 novas aeronaves até ao final do próximo ano e 71 até 2025. Esta renovação e crescimento da frota tem permitido à Companhia anunciar novos destinos e mais frequências. Na América do Norte, São Francisco, Washington e Chicago são os novos destinos já à venda, juntando-se a Nova Iorque - JFK, Nova Iorque- Newark, Boston e Miami, à partida de Lisboa, e Nova Iorque- Newark à partida do Porto, além de Toronto, no Canadá.Telavive, Dublin e Basileia são outros novos destinos que a TAP já anunciou para 2019. Comunicação Corporativa | Relações com os Media E-mail: corpcom@tap.pt | Tel.: 218 416 017 | Fax: 218 415 881

SEAT ultrapassa barreira dos 10 milhões de veículos fabricados em Martorell

/         A fábrica produziu 39 modelos diferentes num quarto de século/         Mais de 12.500 empregados a trabalhar nas instalações de Martorell/         Realidade virtual, robots colaborativos, impressão 3D e realidade aumentada fazem parte dos processos de desenvolvimento e de produção de veículos A fábrica da SEAT em Martorell, que celebra este ano o seu 25° aniversário, alcançou em 2018 mais uma marca ao superar os 10 milhões de unidades produzidas. Neste quarto de século, saíram das linhas de produção da maior fábrica de automóveis de Espanha 39 modelos diferentes, desde a segunda geração do SEAT Ibiza e do primeiro SEAT Cordoba até ao SEAT Arona e Audi A1, que começou a ser fabricado há poucas semanas. A fábrica foi inaugurada no ano de 1993 depois de um investimento de 244.500 milhões de pesetas (1.470 milhões de euros). A SEAT transferiu a produção da antiga fábrica da Zona Franca de Barcelona depois de 40 anos nessas instalações. Desde então, fabricaram-se em Martorell os principais modelos da marca, bem como os Audi Q3 e A1. A fábrica, que é a terceira maior unidade fabril do Grupo Volkswagen na Europa, converteu-se na smart factory referência na Indústria 4.0. O veículo 10 milhões, um Arona FR 1.5 TSI que combina as cores vermelho Desire e preto Midnight, fica exposto esta semana na fábrica de Martorell, numa exposição que celebra o 25° aniversário. Este Arona foi fabricado sobre a plataforma MQB A0, que reparte com o modelo Ibiza e o recém-chegado Audi A1. A SEAT foi a primeira marca do Grupo Volkswagen a utilizar esta plataforma que permite uma maior flexibilidade de fabrico, já que suporta diferentes modelos e tipos de carroçaria dentro do mesmo segmento, o que tornou possível que Martorell integrasse nas suas linhas três novos modelos nos últimos 18 meses. Dr. Christian Vollmer, vice-presidente de Produção e Logística da SEAT, afirma que “desde a sua inauguração em 1993, o coração da SEAT tem-se caracterizado por estar na vanguarda da inovação. Graças ao contínuo investimento na tecnologia e à equipa humana altamente qualificada, a fábrica melhorou ano após ano na qualidade dos produtos e dos processos até conseguir converter-se no que é atualmente: a fábrica que mais automóveis produz em Espanha e uma referência na Indústria 4.0 e na digitalização”. Com o olhar no futuro: a Indústria 4.0Nestes 25 anos, os processos de produção da fábrica evoluíram consideravelmente. Neste sentido, a SEAT aposta convictamente na conversão da fábrica de Martorell à Indústria 4.0, com o objetivo de criar uma fábrica inteligente, digitalizada e conectada, que se adapte às necessidades e aos processos de produção e que gira da forma mais eficaz os recursos e a comunicação entre as áreas.Como exemplo desta transformação, a fábrica conta com mais de 2.000 robots que têm um papel essencial, já que se encontram em constante movimento a trabalhar num novo automóvel, montando as mais de 3.000 peças que o compõem, e a desempenhar um papel ainda mais importante nos próximos anos. Todas estas novidades 4.0 convivem com os 8.000 trabalhadores da fábrica, que pode chegar ao fabrico de 2.400 veículos por dia, ou seja, um automóvel aproximadamente a cada 30 segundos. Uma referência em investimento, emprego e produçãoA ofensiva de produto da SEAT dos últimos anos implicou um valor recorde em investimento e em gastos de I+D, que no passado exercício foi de 962 milhões de euros. Atualmente, a fábrica produz o Ibiza, o Leon, que em 2019 estreará uma nova geração, bem como o crossover urbano Arona. Além disso, acaba de integrar nas suas linhas de produção o Audi A1, que é exclusivamente construído na fábrica da SEAT e distribuído em todos os mercados onde é comercializado; tendo a Audi escolhido Martorell depois do êxito na produção do Audi Q3, que se fabricou nesta fábrica durante sete anos. O aumento da produção e de modelos na fábrica de Martorell, bem como o lançamento de projetos estratégicos relacionados com a conetividade automóvel e a digitalização da empresa, juntamente com o desenvolvimento e lançamento do Tarraco, aumentaram a força de trabalho da empresa para mais de 15.000 profissionais. Destes, mais de 12.500 trabalham em Martorell, tanto na linha de produção como nos serviços centrais da empresa e no Centro Técnico da SEAT, onde se desenham e desenvolvem todos os veículos da marca. Apenas em 2018, foram integrados na empresa mais de 500 trabalhadores com contratos sem termo. Compromisso com a sustentabilidadeA SEAT multiplicou os seus projetos em matéria de sustentabilidade nos últimos anos e a aposta compreende todas as atividades, incluindo as do I+D, produção, logística e vendas, entre outras. Neste sentido, a fábrica de Martorell conta com o plano ECOMOTIVE FACTORY desde 2011 com o propósito de se tornar numa fábrica eficiente, sustentável e que respeite o meio ambiente. O objetivo da empresa é o de reduzir para metade a sua pegada ambiental até 2025, em comparação com 2010. Nos últimos 7 anos, a SEAT reduziu em 35,5% o seu impacto no meio ambiente graças a iniciativas como o SEAT Al Sol, a maior fábrica solar da indústria automóvel na Europa; uma instalação que recupera a energia das estufas de secagem, ou o pavimento que reduz a contaminação em 40%, entre outras iniciativas. SEAT é a única companhia no seu setor com capacidade total para desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell (Barcelona), exportando 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 80 países dos cinco continentes. Em 2017, a SEAT obteve 281 milhões de euros de lucros depois de impostos, vendeu perto de 470.000 veículos e alcançou um volume de negócios recorde superior a 9.500 milhões de euros. O Grupo SEAT emprega mais de 15.000 profissionais nos seus três centros de produção: Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica o Ibiza, o Leon e o Arona. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Ateca e o Toledo na República Checa, o Tarraco na Alemanha, o Alhambra em Portugal e o Mii na Eslováquia. A multinacional espanhola tem um Centro Técnico que se configura um “núcleo de conhecimento” que integra cerca de 1.000 engenheiros que têm como objetivo impulsionarem a inovação do maior investidor industrial I&D em Espanha. A SEAT disponibiliza a mais recente tecnologia de conetividade na sua gama de veículos e está empenhada num processo de digitalização global da empresa para impulsionar a mobilidade do futuro. SEAT PortugalT  / +351 21 891 89 32 press@seatportugal.pt Edif. Expo 98, Av D.João II Lote 1.07.2.1 – R/C 1998-014 Lisboa www.seat.pt

Guarda Racing Days promete espectáculo na Guarda

O Guarda Racing Days é uma das novidades que a Câmara Municipal da Guarda e o Clube Escape Livre estão a preparar para 2019, e que promete ser um espectáculo inédito na cidade mais alta.  A prova desportiva irá decorrer no mês de Julho e é uma oportunidade para os pilotos, com ou sem licença desportiva, de mostrarem os seus dotes ao volante numa das classes que incluem diferentes tipos de viaturas - ralis, off road, kartcross e todo-o-terreno – de acordo com o Art.º. 11.1 a) das PGAK da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting. Um piloto pode participar em várias classes e cada viatura poderá ser inscrita por mais que um concorrente. O Guarda Racing Days irá realizar-se na malha urbana da cidade, sendo que o acesso a pé entre o centro da cidade e o local demora apenas dez minutos. Após sessões de treino livres, os pilotos realizam um circuito de quase 3km, 70 por cento em asfalto e 30 por cento em terra, num sistema de perseguição de viaturas. O espectáculo está garantido. Para Luis Celínio, presidente do Clube Escape Livre, “é um orgulho que em 2019, com a parceria do Município da Guarda, consigamos ter uma actividade desportiva distinta e marcante que se juntará ao objectivo de divulgação da região através do automóvel, um desígnio que o Clube Escape Livre já desenvolve com as provas inseridas no Campeonato de Portugal de Drift e Campeonato de Portugal de Perícia. Acreditamos que também esta prova desportiva, sendo única no distrito, tem todas as condições para ser um sucesso e uma mais-valia turística.” Outros detalhes do evento serão conhecidos em Janeiro, com a apresentação do calendário de actividades do Escape Livre para 2019, onde, como habitualmente, o todo terreno turístico e de lazer ocupa grande parte do ano. O Guarda Racing Days conta com organização do Município da Guarda e do Clube Escape Livre e está agendado para 13 e 14 de Julho. ESCAPE LIVRERua Marquês de Pombal, 45 1º e 2º   -   6300-728 GuardaTelf. 271 205 285Email: escapelivre@escapelivre.comWeb Site: www.escapelivre.com

Conheça o plano de treino FITNESS HUT que o vai deixar em forma!

Sabemos que o Natal é tempo de festa e diversão em família. Nesta época ninguém consegue resistir às rabanadas, ao bolo rei e todas as doçarias típicas. Os excessos são muitos e, nestes dias, a preocupação é pouca ou nenhuma. O pior é mesmo subir à balança quando tudo termina... A pensar em si, a Personal Trainer Carmen Consiglieri do FITNESS HUT desenvolveu um plano de treino para o ajudar a voltar a estar em forma e sentir-se bem. Com um circuito de 8 exercícios, este plano de treino em circuito, combina exercícios aeróbios, de intensidade alta e exercícios de força com intensidade leve a moderada, para que possa perder aquela gordurinha extra e manter a forma física, apenas com a ajuda de uma corda, uma caixa e o seu peso corporal. Preparado(a)?  SOBRE O FITNESS HUT: Fitness Hut, a cadeia de fitness clubs “premium low-cost” nasce em Portugal em 2011, com o objetivo de proporcionar aos seus sócios o primeiro ginásio que aposta no preço justo. Atualmente, conta com uma rede de 31 clubes em Portugal Continental. Os clubes Fitness Hut têm um espaço compreendido entre os 1.250 e 2.000 m2 e são dotados de um design vanguardista, pensado e desenvolvido para estar em perfeita harmonia com as atividades físicas disponíveis. Entre os serviços disponíveis o Fitness Hut oferece: 7 zonas diferentes de ginásio (Cardio Fitness, Resistência, Musculação, Combate, Treino Funcional, Sprint e Relax); Serviço de Personal Training Premium; Aulas de Grupo Les Mills (Body Combat, Body Balance, Body Step, Body Pump, Body Attack, CX Work, Sh’ Bam e RPM) e Aulas de Grupo Fitness Hut (Yoga Moves, ABS Moves, Dance Moves, Fit Moves, Cross Moves e outras modalidades (Bum Bum Brasil e  Spinning). Criou ainda novas Zonas de treino: HIIT ZONE e SPINNING ZONE. www.fitnesshut.pt  Para descarregar imagens clique aqui ATREVIA Neuza Farinha – nfarinha@atrevia.com | 213 240 227 Fonte Carmen Consiglieri - Personal Trainer @ Fitness Hut Oeiras Fotografia Liete Couto Quintal - LCQ Photography https://www.facebook.com/lietecoutoquintal 

Nova Arcada reforça aposta no segmento da restauração

O Nova Arcada continua a apostar no segmento da restauração, com a abertura de dois novos restaurantes: BE ORGANO e SE CALHAR que chegam com ofertas distintas. No restaurante BE ORGANO, situado no piso 2, os visitantes do Nova Arcada vão poder apreciar de um menu diferente, com refeições saudáveis, ingredientes frescos, e sempre prontos a comer. Este restaurante oferece as famosas smoothie bowl cheias de cor e sabor, sandes com ingredientes “do bem” e saladas leves e saborosas.       Também no Piso 2, o restaurante SE CALHAR oferece os melhores sabores da gastronomia portuguesa numa deliciosa ementa preparada pelo Chef Cordeiro. Todos os pratos são confecionados com produtos tradicionais portugueses e servidos com simpatia. Um espaço que apresenta uma decoração moderna e luminosa com um toque animado e bem-disposto. O Nova Arcada convida todos os seus visitantes a conhecer os novos espaços com diferentes opções de refeições. Desfrute desta época natalícia e dos momentos em família! Bom Apetite!Para mais informações não hesite em contactar. Lift ConsultingCatarina Marquescatarina.marques@lift.com.pt Communication Consultant Tel. +351 934 827 487

ESCLARECIMENTO

O jornal Público divulgou hoje uma notícia com o título “Diretor da CP demitido por discordar de decisão que ameaça segurança ferroviária”. Face ao conteúdo da noticia divulgada a CP esclarece: As operações de manutenção e reparação do material circulante da CP obedecem a pareceres técnicos e decisões que, em contacto permanente com os fabricantes, asseguram os padrões de segurança ferroviária. Em concreto, no que concerne ao ciclo de manutenção das unidades UTE 2240, os pareceres técnicos da Direção de Material Circulante da CP e da EMEF foram naturalmente concordantes e suportaram a decisão do Conselho de Administração da CP, tendo concluído que esta alteração não coloca em causa a segurança da operação ou dos passageiros.Importa salientar que a exoneração do diretor de material circulante da CP não tem qualquer ligação com tal decisão, mas, tão somente, com a não verificação de condições objetivas para o exercício da função. GCI - Gabinete de Comunicação Institucional Sede: Calçada do Duque, 20 1249-109 Lisboa 3imprensa@cp.pt Telefone: 211023819

CANAL HOLLYWOOD COMEÇA 2019 COM OS DÁLMATAS MAIS FAMOSOS DO MUNDO

Glenn Close num dos papéis mais hilariantes de sempre que lhe valeu a nomeação para o Globo de Ouro na categoria de Melhor Atriz - Comédia / Musical O Canal Hollywood dá as boas-vindas a 2019 com a exibição de uma dupla de filmes hilariantes que promete divertir toda a família. No dia 1 de janeiro, às 12h10, chega ao ecrã do canal “101 Dálmatas”, seguindo-se “102 Dálmatas”, às 14h05. As famosas comédias protagonizadas por Glenn Close no  surpreendente papel de Cruela, uma excêntrica e malévola estilista de moda, contam a história de Roger Dearly (Jeff Daniels) que vive com o seu dálmata, Pongo, em Londres. Ao levar o cão a passear, este apaixona-se por uma dálmata chamada Prenda. Tal como aconteceu com os cães, Roger e a dona de Prenda, a estilista Anita Campbell-Green (Joely Richardson) também se apaixonam e acabam por casar. Pouco tempo depois, os dálmatas dão a luz uma ninhada de 15 filhotes, provocando a ganância de Cruela Cruel, chefe de Anita, que quer comprar os animais para fazer um casaco de peles com as suas pintas. Desconfiada dos planos ardilosos da sua chefe e com nenhuma pretensão de se desfazer dos dálmatas, Anita recusa a oferta, o que leva a vilã a sequestrar toda a família canina. Segue-se um trama cheio de ação e muito divertido com Glenn Close num papel surpreendente que lhe valeu a nomeação para um Globo de Ouro, em 1997, na categoria de Melhor Atriz - Comédia / Musical por interpretar uma vilã divertidíssima, com aspeto esquelético, pele albina, olhos esbugalhados e cigarro sempre à mão, que parece cair a qualquer momento com as suas pernas longas e finas. Às 14h05, segue-se ““102 Dálmatas”, a sequela em que, após uma temporada na prisão, Cruela De Vil está de volta, desta vez reabilitada através de um inovador tratamento de hipnose. Mas o tratamento é sensível a ruídos agudos e quando Cruela ouve os sinos do Big Ben, tudo volta a ser como antes.Dois filmes imperdíveis que conseguem juntar comédia e romance, dando origem a momentos surpreendentes, capazes de agradar a todas as famílias.CANAL HOLLYWOOD O Canal Hollywood, produzido pela Dreamia, disponibiliza mensalmente 300 filmes durante 24 horas por dia, exibindo a melhor seleção de filmes de todos os géneros cinematográficos. Com uma emissão regular em Portugal desde 1996, foi o primeiro canal temático de cinema em Portugal. Em 2016, o Canal Hollywood registou pelo quarto ano consecutivo, a primeira posição dos canais de televisão em Portugal*.  * Dados da MMW/Mediamonitor/GFK DeepStepJoana Fernandesjoana.fernandes@deepstep.pt Assessora de Imprensa www.deepstep.pt Av. da República Nº43, 6ºA 1050-187 Lisboa Telef. 218 937 050 Fax. 218 937 059

IDLES SOBEM AO PALCO SAGRES DO NOS ALIVE'19

Os Idles, que no passado mês de novembro visitaram Lisboa pela primeira vez para apresentarem o álbum de estreia “Joy As An Act of Resistance”, com um concerto esgotado, absolutamente extraordinário, no LAV – Lisboa ao Vivo, vão subir ao Palco Sagres do NOS Alive, dia 13 de julho para mostrarem porque são hoje apontados como uma das melhores bandas punk rock do Reino Unido. Com o novo álbum produzido pelo Space e misturado por Adam Greenspan e Nick Launay (Arcade Fire, Yeah Yeah Yeahs, Kate Bush), “Joy as an Act of Resistance”, aponta para tudo, desde a masculinidade tóxica, nacionalismo, imigração e desigualdade de classes – tudo isto enquanto mantém entranhada uma positividade contagiante. O vocalista Joe Talbot resume: “This album is an attempt to be vulnerable to our audience and to encourage vulnerability; a brave naked smile in this shitty new world. We have stripped back the songs and lyrics to our bare flesh to allow each other to breathe, to celebrate our differences, and act as an ode to communities and the individuals that forge them. Because without our community, we’d be nothing.” O segundo registo de originais foi merecedor da melhor atenção por parte da crítica. A NME atribuiu cinco estrelas ao disco, referindo que é um "clássico instantâneo”, enquanto que o The Guardian avaliou com quatro estrelas e salientou que o álbum é composto por "11 canções de raiva focada, catártica e enraizada nas suas próprias experiências", tendo ainda reforçado que os Idles são "a banda britânica mais necessária”. Artistas confirmados: Bon Iver, Curadoria Bridgetown (Carla Prata, Dillaz, DJ Dadda, Nubai Soundsystem, Plutonio, Saint Jhn, Trace Nova e Lé Vie), Jorja Smith, Ornatos Violeta, Pip Blom, The Chemical Brothers, The Cure, The Smashing Pumpkins, Tash Sultana, Thom Yorke, Sharon Van Etten e Vampire Weekend. VídeoInformação Bilhetes NOS PRESSnospress@lpmcom.pt

NA MAIA, OS CALENDÁRIOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS PARA 2019 JÁ COMEÇARAM A SER ENTREGUES

Calendários chegarão a casa dos munícipes, até fim de dezembro, e passam a ser atualizados semestralmente. Consulta online disponível em www.maiambiente.pt No município da Maia, os calendários de Recolha de Resíduos para o primeiro semestre de 2019, no âmbito do serviço Ecoponto em Casa, já começaram a ser enviados e, até ao fim do mês de dezembro, chegarão a casa dos munícipes através de carta endereçada. Entretanto, os calendários já podem ser consultados online no site www.maiambiente.pt, acedendo ao item “Calendários 2019”. De forma a permitir um mais rápido ajuste dos circuitos de recolha em função da produção dos diferentes fluxos de resíduos, o calendário passou a ser semestral. O objetivo é efetuar um serviço de recolha que vá cada vez mais ao encontro das necessidades dos munícipes da Maia.O serviço Ecoponto em Casa tem como objetivo tornar mais cómoda e fácil a separação de resíduos, aumentar os quantitativos de resíduos enviados para valorização multimaterial, uniformizar o sistema de recolha em todo o concelho, melhorar a higiene e limpeza dos arruamentos e dar continuidade à estratégia de recolha seletiva, que desde sempre foi uma aposta da autarquia. Gabinete de ComunicaçãoTeresa Juncal Pires | 910 945 790MAIAMBIENTEcomunicacao@maiambiente.ptRua 5 de Outubro, nº 3594475-302 MilheirósTel (+351) 22 947 81 30Fax (+351) 22 947 81 39Portal: http://www.maiambiente.pt

PAN pretende diferenciar plásticos biodegradáveis dos plásticos “convencionais” através de logótipo

·         Embalagens não reutilizáveis de plástico biodegradável de origem renovável devem ter símbolo específico ·         Oferecer aos consumidores a opção de escolha e facultar informação sobre o correto encaminhamento dos resíduos ·         Assegurar o direito dos consumidores à informação O PAN, Pessoas-Animais-Natureza, acaba de apresentar um Projeto de Lei que visa a introdução de um logótipo que diferencie plásticos biodegradáveis dos plásticos “convencionais”. Com a crescente consciencialização dos impactos do plástico nos ecossistemas e na saúde pública, o mercado tem vindo a apresentar alternativas aos plásticos elaborados maioritariamente a partir de matérias-primas com origem fóssil (plásticos convencionais). Estes plásticos biodegradáveis resultam de matéria-prima com origem em biomassa de fontes renováveis, tais como cana-de-açúcar, milho e soja. Os resíduos destes plásticos podem ter tratamentos de valorização diferentes consoante o tipo, sendo que existem plásticos biodegradáveis de origem renovável compostáveis ou biodegradáveis no solo ou água. É relevante a necessidade de se diferenciar plásticos biodegradáveis de origem renovável dos plásticos “convencionais” e dos oxo-degradáveis, uma vez que não são visualmente distinguíveis, pelo que a sua marcação é necessária para que os consumidores possam identificar, utilizar e encaminhar para o tratamento adequado. É o caso dos plásticos biodegradáveis compostáveis que não podem ser depositados no ecoponto amarelo. Em diversos países europeus para colmatar a ausência de logótipos que distinga plásticos de origem fóssil de plástico biodegradável com origem em biomassa, é utilizada a combinação de um logótipo que identifica a certificação a que estão sujeitos juntamente com destino final a que os resíduos devem ser submetidos. Em Portugal para que os plásticos biodegradáveis possam ser comercializados têm de ser alvos de certificação por entidades devidamente creditadas, seguindo as normas europeias EN 13432 ou EN 14995. Tanto a certificação como a introdução de um logótipo que identifique os plásticos biodegradáveis é importante na medida em que oferece aos consumidores a opção de escolha e faculta informação relativamente ao correto encaminhamento dos resíduos. Desde 1982 que os direitos dos consumidores têm expressão constitucional sendo que esta proposta pretende assegurar o direito à informação, que pressupõe que seja produzida uma informação completa e leal capaz de possibilitar uma decisão consciente e responsável por parte dos consumidores.PROJETO DE LEI EM ANEXO. PANNaíde MullerNaide.Muller@pan.parlamento.pt

ADEUS FATURA EM PAPEL, OLÁ FATURA ELETRÓNICA

  Imagens disponíveis para download aqui. (até dia 24/12) Continente é o primeiro retalhista alimentar a lançar o serviço de fatura eletrónica em Portugal; Poupança de ambiente: aproximadamente 193 toneladas de papel/ano, o que corresponde a cerca de 4000 árvores; Poupança de tempo: cerca de 20 segundos por compra representam uma poupança de estimada de 35 minutos/ano para quem faz compras duas vezes por semana; Mais de 15.000 adesões em duas semanas de soft launch O Continente é o primeiro retalhista alimentar em Portugal a lançar o serviço de fatura eletrónica, uma inovação que permitirá aos clientes da marca não só pouparem tempo e fazerem uma gestão integrada das suas compras, como também contribuírem para poupar o ambiente. Em preparação há alguns meses e em piloto desde o final do mês de novembro, esta é apenas mais uma das iniciativas inseridas na estratégia ambiental da marca. A partir de agora é possível compilar eletronicamente todas as faturas das lojas Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia, e futuramente o serviço também será estendido às insígnias Well’s, note!, Zu e Supermercados Go Natural. Para usufruírem deste novo serviço, os clientes devem ser titulares do Cartão Continente ou Cartão Universo, aderir ao serviço e solicitar a emissão da fatura com os dados de faturação associados ao seu Cartão. A adesão pode ser realizada através da App Cartão Continente, no menu “Mais”, clicando na opção “Gestão de Conta”; ou em www.cartaocontinente.pt, selecionando a opção “Dados de Faturação”, no menu “A Minha Conta”. A fatura em papel deixa de ser impressa e passa a ser enviada para o email do cliente. Os utilizadores podem, ainda, consultar todas as suas faturas, referentes aos últimos 30 dias, através da App e do site Cartão Continente. Com esta novidade, o Continente procura melhorar a experiência que proporciona aos seus clientes, tornando-se num aliado que lhes permite poupar tempo nas visitas habituais. Espera-se que a emissão da fatura eletrónica possibilite aos utilizadores a poupança de sensivelmente 20 segundos em cada compra, já que deixa de ser necessário aguardar pela impressão da fatura. Isto traduz-se na poupança de um total de cerca de 35 minutos anualmente, para os clientes que compram nas lojas Continente duas vezes por semana. Outro aspeto desta novidade é a consciencialização ambiental dos clientes Continente, que ao aderir vão estar a contribuir para a redução do volume de papel impresso, diminuído assim a pegada ecológica. Se todos os clientes aderirem a esta funcionalidade, é expectável uma poupança aproximada de 193 toneladas de papel/ano, o que corresponde à preservação de cerca de 4.000 árvores. Para Tiago Simões, diretor de Marketing da Sonae MC “o lançamento deste serviço é mais uma prova de que o Continente está e pretende continuar a estar na vanguarda da inovação tecnológica, procurando oferecer uma experiência de compra cada vez mais integrada e conveniente aos seus clientes. A adesão à fatura eletrónica irá representar poupança significativas ao ambiente e também simplificar a forma como os nossos clientes fazem a gestão das suas compras” Bruno Mourão, diretor de arquitetura de sistemas de informação do Continente, “A fatura eletrónica enquadra-se num desafio constante que nos move no interesse da melhoria da experiência dos nossos clientes. Esta fatura eletrónica, que tem validade fiscal, é rececionada através de e-mail e pode ser consultada quer na aplicação Cartão Continente quer no portal Cartão Continente. A sua disponibilização foi antecedida por outras melhorias como, por exemplo, a associação de dados fiscais à conta Cartão Continente e a disponibilização na aplicação Cartão Continente de talões de compra sem validade fiscal. É através destas abordagens incrementais, sustentadas por metodologias ágeis, que conseguimos antecipar a entrega de valor ao cliente, não ficando presos ao tempo de implementação do desafio mais complexo. É também com orgulho que verificamos que, apesar do soft launch ter apenas algumas semanas, já ocorreram mais de 15.000 adesões.”O Continente procura assim assegurar um serviço de excelência junto de todos os seus clientes, reiterando a sua posição enquanto empresa amiga do ambiente e com preocupações na área da sustentabilidade, capaz de apoiar os portugueses num consumo cada vez mais inteligente e sustentável. GCIMarta Silvamsilva@gci.pt

CUT COPY SOBEM AO PALCO SAGRES DO NOS ALIVE'19 DIA

O NOS Alive’19 continua a somar grandes nomes ao cartaz e hoje surge nova confirmação para o Palco Sagres. Dia 12 de julho, Cut Copy atuam no Passeio Marítimo de Algés, no mesmo dia dos já anunciados Vampire Weekend (Palco NOS), Tash Sultana, Pip Blom (Palco Sagres) e curadoria Bridgetown (Palco NOS Clubbing), que conta com Saint Jhn, Plutonio, Lé Vie, Dillaz, Trace Nova, Nubai Soundsystem e Carla Prata. Os australianos trazem a terras lusas o quinto álbum “Haiku From Zero”, editado em 2107 e sucessor de “Free Your Mind” (2014). Para a banda este é indiscutivelmente o disco com maior diversificação sonora, com uma produção exímia e sem dúvida o mais oportuno da sua carreira. Este novo registo foi gravado em vários estúdios um pouco por todo o mundo e inclui singles como “Airborne”, produzido por Ben Allen (Deerhunter, Animal Collective), e “Standing in the Middle of the Field”. Dan Whitford explica que “este álbum fala sobretudo sobre o padrão de informação atual, imagens que nos cercam no dia a dia. Seja via internet ou imprensa, ou apenas o mundo em geral. Somos bombardeados por um excesso de imagens e informações que parecem acumular-se à nossa volta. Às vezes parece uma sobrecarga, no entanto, há uma estranha beleza aleatória à sua volta. O título do álbum surge precisamente da ideia de espremer a poesia do caos – a ideia de encontrar algo poético na sobrecarga". Quando Cut Copy lançaram o álbum de estreia “Bright Like Neon Love” em 2004, a banda australiana entrou num cosmos musical que constantemente não sabia o que fazer com eles. Um casamento entre a estética electro-pop, com a sensibilidade de uma banda de indie rock, o grupo não era considerado nem peixe nem ave, o que os tornou tão especiais. Cinco álbuns mais tarde e 10 anos de uma carreira brilhante, os Cut Copy conseguiram de uma forma bastante inteligente desenvolver as suas sonoridades, enquanto as aperfeiçoavam. Os temas do novo álbum são alguns dos mais cativantes e astutos que já gravaram, ao mesmo tempo que são sonoramente uma aventura.  Segundo Dan é este tipo de equilíbrio que a banda sempre procurou, mesmo quando os próprios não tinham percebido "Tínhamos objetivos modestos ao início, o que penso que nos levou a ultrapassar o teto que pensávamos ser possível bastante cedo...e as coisas continuaram a acontecer. Desde aí tudo nos parece uma bênção. Acredito que os nossos objetivos não mudaram radicalmente. Queremos continuar a gravar discos e a fazer coisas diferentes. Não nos queremos ficar a questionar ‘e se tivéssemos feito aquilo’. A vida é curta. O objetivo ainda é tentar fazer tudo. Artistas confirmados: Bon Iver, Cut Copy, Curadoria Bridgetown (Carla Prata, Dillaz, DJ Dadda, Nubai Soundsystem, Plutonio, Saint Jhn, Trace Nova e Lé Vie), Idles, Jorja Smith, Ornatos Violeta, Pip Blom, The Chemical Brothers, The Cure, The Smashing Pumpkins, Sharon Van Etten, Tash Sultana, Thom Yorke e Vampire Weekend. Imagens Informação Bilhetes NOS PRESSnospress@lpmcom.pt

O carro que protege os ciclistas

/         O novo SUV integra um assistente que permite detetar a presença de ciclistas, envolvidos em cerca de 8% dos acidentes na Europa /         O veículo alerta o condutor com um sinal acústico e visual ou, até, travando automaticamente/         A 72km/h, o veículo começaria a travar 20 metros antes de uma possível colisão com um ciclista que circule na mesma direção do automóvel Um engenheiro da SEAT e dois aficionados do ciclismo partilham a estrada numa demonstração do funcionamento do novo assistente à condução do SEAT Tarraco: uma ajuda ao volante destinada a proteger estes veículos de duas rodas, envolvidos em 8% dos acidentes que se produzem na Europa. Eis como funciona: - Um automóvel capaz de reconhecer bicicletas: ao volante do SEAT Tarraco, Esteban Alcántara, responsável pela Segurança Ativa da SEAT, encontra um par de ciclistas a circular na mesma estrada. Ao aproximar-se deles, “o radar dianteiro deteta a presença dos ciclistas e, mediante a trajetória e a velocidade dos dois veículos, desencadeia uma série de ações de forma a evitar uma eventual colisão”, diz. - Todos os segundos contam: quando o assistente do SEAT Tarraco deteta a eminência de uma colisão em 1,5 a 2 segundos, ativa um aviso luminoso e acústico. Se o condutor não reagir, o carro aciona automaticamente uma travagem de emergência entre 0,8 e 1 segundo antes que o provável acidente ocorra. Segundo este engenheiro, se isto acontecesse num ambiente real de circulação, traduzir-se-ia em “se conduzirmos numa estrada a 72Km/h, este automóvel iniciaria uma travagem cerca de 20 metros antes de uma possível colisão”, acrescenta. - 1.200 testes de desenvolvimento: é o número de experiências realizadas para comprovar o funcionamento deste sistema de assistência. Para isso, foram recriados 450 cenários diferentes em pista. “Realizaram-se simulações de condução real. Foram utilizadas estruturas que reproduzem as propriedades dos diferentes utilizadores da via, como peões e ciclistas, para testar como responde o veículo em cada um destes casos”, explica este engenheiro. - O condutor é o responsável final: Alcántara lembra que os assistentes de condução são uma grande ajuda ao volante: “os sistemas de Segurança Ativa representam um papel cada vez mais importante na proteção dos utilizadores da via e, em alguns casos, podem evitar acidentes ou minimizar as suas consequências”. No entanto, este perito sublinha que a responsabilidade final é sempre de quem que vai ao volante. “Este tipo de assistentes, em nenhum caso substituem a obrigação do condutor em permanecer atento à estrada, respeitar as normas de circulação, reduzir a velocidade e manter a distância de segurança ao ultrapassar um ciclista”, relembra. Por seu lado, os ciclistas estão obrigados a circular pela direita, usar capacete fora das localidades e não podem circular em pelotão. - Segurança para todos: “No Centro I+D da SEAT existe a sensibilidade de proteger não apenas os condutores, como todos os utilizadores da via”, confirma Alcántara. Nesse sentido, Tony Gallardo, designer da empresa e ciclista amador, também lembra que “somos cada vez mais os aficionados deste desporto: é fundamental apostarmos na convivência em estrada, garantindo a segurança para todos”, remata. SEAT é a única companhia no seu setor com capacidade total para desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell (Barcelona), exportando 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 80 países dos cinco continentes. Em 2017, a SEAT obteve 281 milhões de euros de lucros depois de impostos, vendeu perto de 470.000 veículos e alcançou um volume de negócios recorde superior a 9.500 milhões de euros. O Grupo SEAT emprega mais de 15.000 profissionais nos seus três centros de produção: Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica o Ibiza, o Leon e o Arona. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Ateca e o Toledo na República Checa, o Tarraco na Alemanha, o Alhambra em Portugal e o Mii na Eslováquia. A multinacional espanhola tem um Centro Técnico que se configura um “núcleo de conhecimento” que integra cerca de 1.000 engenheiros que têm como objetivo impulsionarem a inovação do maior investidor industrial I&D em Espanha. A SEAT disponibiliza a mais recente tecnologia de conetividade na sua gama de veículos e está empenhada num processo de digitalização global da empresa para impulsionar a mobilidade do futuro. SEAT PortugalT  / +351 21 891 89 32 press@seatportugal.pt Edif. Expo 98, Av D.João II Lote 1.07.2.1 – R/C 1998-014 Lisboa www.seat.pt

Exploratório sorteou réplica de lavabo do Titanic

Marta Isabel Rodrigues Cristo, residente na Lousã, foi a vencedora de uma réplica de um lavabo de luxo do Titanic, no âmbito do concurso que o Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra promoveu a propósito da exposição Titanic - A Reconstrução, patente ainda até final de dezembro. O sorteio realizado esta segunda-feira, pelas 12h00, no Exploratório, com a colaboração das crianças que se encontram a frequentar o programa “A ciência não vai de férias… de Natal”, ditou que a grande vencedora do concurso promovido no âmbito da exposição “Titanic – A Reconstrução” é Marta Isabel Rodrigues Cristo, residente na Lousã, que, assim, irá receber uma réplica de um dos lavabos de luxo do mais famoso navio de todos os tempos. De acordo com as regras do concurso, todos os visitantes da exposição Titanic - A Reconstrução tiveram a oportunidade de participar, habilitando-se ao prémio, depois de preencherem o boletim de participação que receberam no momento da visita, no Exploratório. Coincidindo com os últimos dias da exposição em Coimbra e sendo também uma forma de presentear o público da cidade por ter acolhido esta exposição, a feliz contemplada, que visitou a exposição no último domingo, 16 de dezembro, foi conhecida esta segunda-feira, 17 de dezembro, num sorteio realizado no Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra, pelas 12h00. Marta Isabel Rodrigues Cristo, a vencedora do concurso, irá receber, em data ainda a definir, mas que deverá coincidir com o fecho da exposição, uma réplica de um dos lavabos de luxo do famoso navio, sendo esta uma reconstrução oficial realizada pela empresa espanhola Bathco. Uma réplica idêntica à que está em sorteio em Coimbra foi entregue ao antigo presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, para adornar a sua nova residência, após a sua saída da Casa Branca.A exposição que desvenda todos os segredos do Titanic irá manter-se no Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra até final de dezembro, de terça a sexta-feira, das 09h30 às 17h30, e aos fins de semana, das 10h00 às 18h00. Departamento de Comunicaçãoinfo@exploratorio.pt Exploratório - Centro Ciência Viva de CoimbraParque Verde do Mondego3040-255 CoimbraTel: 912395682 | 239703897 | Facebook | Site

SEAT junta-se a Barcelona para liderar a mobilidade urbana europeia

/         A União Europeia escolheu o consórcio formado por Barcelona, a SEAT e outras 46 cidades, empresas e universidades para desenvolver a Knowledge and Innovation Community (KIC) on Urban Mobility/         Luca de Meo: “Esta iniciativa vai permitir impulsionar um novo modelo europeu de mobilidade que favorece a inovação e a competitividade”/         A KIC sobre a Mobilidade Urbana implicará um investimento de até 1.600 milhões de euros e terá uma validade de entre 7 e 15 anos A União Europeia escolheu o consórcio MOBILus, formado pela cidade de Barcelona, a SEAT e outras 46 cidades, empresas e universidades de 15 países europeus para desenvolver a Knowledge and Innovation Community (KIC) on Urban Mobility, a iniciativa encarregue de desenvolver as inovações em mobilidade urbana da União Europeia. A Comunidade de Inovação e Conhecimento sobre Mobilidade Urbana terá uma vigência de 7 a 15 anos e implicará um investimento financeiro de até 1.600 milhões de euros: 400 milhões a cargo da União Europeia e até 1.200 milhões dos parceiros participantes. A sede ficará localizada em Barcelona e contará com quatro filiais em Copenhaga (Dinamarca), Praga (República Checa), Munique (Alemanha) e Helmond (Países Baixos). A primeira Assembleia Geral do EIT Urban Mobility, o Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia de Mobilidade Urbana, realizou-se em Barcelona, e assistiram o presidente de câmara da cidade, Ada Colau; o comissário para a Promoção Económica do Município de Barcelona, Lluís Gómez; e representantes da Universidade Politécnica da Catalunha (UPC). O presidente da SEAT, Luca de Meo, destacou na conferência de imprensa que apresentou Barcelona como a capital europeia da mobilidade urbana que “este projeto confirma que quando a Administração Pública, as empresas, as universidades, as instituições financeiras e os agentes sociais trabalham em conjunto, somos capazes de mover o mundo. Esta iniciativa irá permitir impulsionar um novo modelo europeu de mobilidade que favorece a inovação e a competitividade”. O objetivo da KIC sobre Mobilidade Urbana é o de estimular a competitividade europeia, melhorar a mobilidade e promover o lado atrativo das cidades, conectando comunidades e fomentando a inovação empresarial e o repensar dos espaços públicos. A eleição do consórcio MOBILus, de que faz parte destacada a SEAT, e a eleição de Barcelona como sede da plataforma da inovação de mobilidade urbana, implicará um impacto económico muito relevante para a cidade e a atração de novos investimentos. Entre outros objetivos, espera-se que fomente a criação de 180 startups associadas, libertando-se mais espaço viário em 90% das cidades participantes, resultando na formação de 1.450 licenciados em especialidades relacionadas com o consórcio ou num aumento de mobilidade partilhada em todos os países membros. SEAT é a única companhia no seu setor com capacidade total para desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell (Barcelona), exportando 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 80 países dos cinco continentes. Em 2017, a SEAT obteve 281 milhões de euros de lucros depois de impostos, vendeu perto de 470.000 veículos e alcançou um volume de negócios recorde superior a 9.500 milhões de euros. O Grupo SEAT emprega mais de 15.000 profissionais nos seus três centros de produção: Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica o Ibiza, o Leon e o Arona. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Ateca e o Toledo na República Checa, o Tarraco na Alemanha, o Alhambra em Portugal e o Mii na Eslováquia. A multinacional espanhola tem um Centro Técnico que se configura um “núcleo de conhecimento” que integra cerca de 1.000 engenheiros que têm como objetivo impulsionarem a inovação do maior investidor industrial I&D em Espanha. A SEAT disponibiliza a mais recente tecnologia de conetividade na sua gama de veículos e está empenhada num processo de digitalização global da empresa para impulsionar a mobilidade do futuro. SEAT Portugal T  / +351 21 891 89 32 press@seatportugal.pt Edif. Expo 98, Av D.João II Lote 1.07.2.1 – R/C 1998-014 Lisboa www.seat.pt

Cientistas desenvolvem tubo-guia biodegradável para regeneração de nervo periférico

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), com a colaboração da Faculdade de Engenharia do Porto (FEUP) e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), desenvolveu um inovador tubo-guia biodegradável para regeneração de nervo periférico (nervo responsável pela função motora e/ou sensorial) após lesões. Na Europa, registam-se anualmente 300 mil lesões de nervo periférico causadas, por exemplo, por acidentes rodoviários e laborais, danos tumorais ou infeções virais, representando um importante problema de saúde. As lesões de nervo periférico estão quase sempre associadas a lesões secundárias e, muitas vezes, provocam danos irreversíveis, como a perda de locomoção. O novo tubo-guia, já protegido por patente provisória, distingue-se por «ser um dispositivo biodegradável de forma controlada, produzido integralmente com materiais aprovados pela FDA [Food and Drug Administration], não tóxico e completamente seguro, que cria um microambiente propício à regeneração do nervo, isto é, promove a adesão e proliferação celular. Outra característica importante é o facto de ser um tubo flexível, de dimensão adaptável ao tipo de lesão do nervo», destaca o coordenador do estudo, Jorge Coelho. Dito de forma muito simples, depois de implantado no paciente, o tubo-guia de base polimérica «vai indicar o caminho correto para que as extremidades separadas pela lesão (corte) possam juntar-se novamente e retomar a sua função», explica o investigador e docente do Departamento de Engenharia Química da FCTUC. Testada em modelos animais (ratinhos), a solução apresentou resultados muito promissores: «o tubo-guia foi implantado em modelos de neurotmese - lesão do nervo ciático, o grau mais severo de lesão de nervo periférico. Após 20 semanas, verificou-se a recuperação total da função motora e sensorial dos animais», sublinha Jorge Coelho. O tempo estimado para a recuperação em humanos será entre 24 e 30 semanas. Atualmente, as lesões de nervo periférico são tratadas frequentemente com recurso a autoenxertos, método que apresenta muitas desvantagens, como a resistência a sutura e sacrifício de um nervo saudável. O projeto acaba de vencer a final do concurso europeu PhD transition fellowships, promovido programa EIT Health, através da tese de doutoramento realizada por Catarina Pinho. Intitulado “Polymeric Nerve Guide Tubes for Peripheral Nerve Regeneration”, o trabalho derrotou as propostas apresentadas pelas universidades de Oxford (Inglaterra), Sorbonne e Grenobla Alpes (França), e pelo Instituto Karolinska, da Suécia. Validado o conceito e concluídos com sucesso os ensaios in vivo, os investigadores ponderam agora constituir uma Startup (empresa) da Universidade de Coimbra, tendo em vista a realização dos estudos necessários conducentes à comercialização do produto. Sobre o programa EIT Health:Suportado pela Comissão Europeia e pelo Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (EIT), o programa EIT Health é uma das mais abrangentes e importantes iniciativas mundiais na área dos cuidados de saúde. Este programa possui um orçamento de dois mil milhões de euros para investir nos melhores talentos empresariais e mentes criativas da Europa, fomentando o desenvolvimento e a comercialização de produtos e soluções inteligentes no setor de saúde e abordando os desafios impostos pelas alterações demográficas e o envelhecimento das populações. Cristina Pintocristina.pinto@uc.pt Assessora de Imprensa Universidade de Coimbra• Faculdade de Ciências e Tecnologia Telefone: 239 452636 | Telemóvel:  91 7575022| 96 9728546

ROBYN ESTREIA-SE EM PORTUGAL EM NOME PRÓPRIO

Robyn, a ícone pop sueca, vai fazer a sua grande estreia em Portugal, em nome próprio, dia 11 de julho, no Palco Sagres do NOS Alive’19. A artista junta-se ao cartaz no dia dos já anunciados The Cure, Ornatos Violeta, Jorja Smith e Sharon Van Etten, fazendo deste, até agora o dia liderado pelas vozes femininas. A artista apresenta no primeiro dia do festival o tão aguardado disco “Honey”, editado no passado mês de outubro. O novo disco, que será lançado em 2019, é o primeiro trabalho da artista em oito anos e sucede o álbum “Body Talk”. O The Guardian descreveu o oitavo registo de originais da carreira da artista como a “perfeição do pop”. Já o site Pitchfork garante que “o seu comando magistral de emoções na pista de dança lentamente revela-se através de um disco cativante”. “Honey” conta com a colaboração do Joseph Mount dos Metronomy e ainda de Klas Åhlund e Adam Bainbridge. A cantora, compositora e produtora, chamou a atenção do público e da crítica em 1997 graças aos sucessos “Show Me Love" e “Do You Know (What It Takes)”, do álbum de estreia “Robyn Is Here”. Foi em 2005 que Robyn conquistou popularidade mundial com o álbum homónimo “Robyn”, editado em 2005, que incluía o êxito "With Every Heartbeat”. Em janeiro de 2009, Robyn venceu o “Grammy Sueco de Melhor Atuação Ao Vivo”. Em 2010, Robyn lançou o primeiro álbum de uma trilogia chamada “Body Talk”. O primeiro single desta coleção de mini-álbuns, "Dancing On My Own", tornou-se #1 na Europa e foi nomeado para um Grammy, na categoria “Best Dance Recording”. Artistas confirmados: Bon Iver, Cut Copy, Curadoria Bridgetown (Carla Prata, Dillaz, DJ Dadda, Nubai Soundsystem, Plutonio, Saint Jhn, Trace Nova e Lé Vie), Idles, Jorja Smith, Ornatos Violeta, Pip Blom, Robyn, The Chemical Brothers, The Cure, The Smashing Pumpkins, Sharon Van Etten, Tash Sultana, Thom Yorke e Vampire Weekend. ImagensInformação Bilhetes Sobre a NOSA NOS é o maior grupo de comunicações e entretenimento em Portugal. Oferece soluções fixas e móveis de última geração, televisão, internet, voz e dados para todos os segmentos de mercado. É líder na TV por subscrição, em serviços de banda larga de nova geração e na distribuição cinematográfica.A NOS está no principal índice bolsista nacional (PSI-20), conta com mais de 4,7 milhões de clientes móveis, 1,6 milhões de clientes de televisão, 1,8 milhões de clientes de telefone fixo e 1,3 milhões clientes de internet de banda larga fixa.Em 2017, levou ao cinema 10 milhões de espectadores (mais 2% que em 2016), com uma receita de 53 milhões de euros (mais 3,4%). Em termos de exibição, a NOS cresceu 4,7% nas receitas (51 milhões de euros), sendo o exibidor com mais recintos (32), ecrãs (226) e lugares (41.274) em Portugal, no final do ano 2017.Mais informação em http://www.nos.pt/institucional LPM Alexandra Amorim | Ana Grácioalexandraamorim@lpmcom.pt | anagracio@lpmcom.ptT 91 940 92 92 | 961 528 469 | 218 508 110

FELGUEIRAS ENCERROU O CICLO DE CONFERÊNCIAS “ARQUEOLOGIA EM TERRAS DE SOUSA E TÂMEGA”

10 sessões em volta do património arqueológico e arquitetónico do concelho de Felgueiras A conferência “Cale e os Callaici: um lugar e um povo nas encruzilhadas da história”, a cargo do Mestre António Manuel Silva, foi a última sessão no âmbito do Ciclo de Conferências “Arqueologia em Terras de Sousa e Tâmega”, um projeto que a Câmara Municipal de Felgueiras promoveu desde março de 2018. Esta última sessão (no passado sábado, 15 de dezembro) convidou o público para uma viagem a um dos mais discutidos lugares da história antiga do norte de Portugal, Cale, onde se foram cruzando as fontes documentais com os mais recentes dados arqueológicos. Em paralelo um obscuro povo, Callaici, que alguns séculos antes da nossa era liderou uma incipiente tentativa de reação ao avanço dos conquistadores romanos. Entre o sítio afamado e o “solar” desses primitivos “Galaicos” se teceram as malhas de mais uma conversa em “Terras de Sousa e Tâmega».Com este projeto, o Município de Felgueiras, através dos seus Serviços do Património Cultural, pretendeu dar a conhecer o património arqueológico e arquitetónico do concelho, promovendo o debate junto da população em geral, interessados e investigadores. No total, os Serviços de Património Cultural da Câmara Municipal de Felgueiras promoveram, ao longo do ano de 2018, dez conferências. De entre as várias ações, são de destacar as intervenções arqueológicas na Igreja Velha de Lordelo, na Igreja de Idães e no Castro da Senhora da Aparecida. Para além das escavações arqueológicas foi possível apresentar alguns estudos de âmbito regional e nacional, que incluem o território de Felgueiras e que informaram sobre o panorama geral das investigações no âmbito da Arquitetura, Arte do Românico, Encastelamento e Conservação e Preservação do Património. Tânia Leite, 926 548 582cmf-gci@cm-felgueiras.pt

FITNESS HUT ABRE 3 NOVOS CLUBES

Não tem tempo, é longe de casa ou do trabalho, está cansado… Estas são algumas das desculpas para não treinar! Mas o Fitness Hut quer inspirar os portugueses a serem mais ativos! Para isso, basta 30 minutos de exercício, desde que se treine com consistência, frequência e intensidade. A partir de agora, a distância já não vai ser uma desculpa, já que o Fitness Hut vai estar mais perto! É em Carcavelos, na Avenida de Roma em Lisboa e no Centro Comercial Parque Nascente em Rio Tinto que o Fitness Hut vai abrir nos primeiros meses de 2019. As inscrições já estão abertas e quem se fizer sócio-pioneiro tem vantagens adicionais. O novo Fitness Hut Carcavelos, está inserido no “campus” da Universidade Nova e vai ocupar uma área 1.900m2. A sala de ginásio de 600m2 está equipada com máquinas cardiovasculares, de resistência, musculação, treino funcional, combate, sprint e stretch. Conta ainda com as pioneiras aulas virtuais e aulas com instrutores, nos 4 estúdios/zonas: - O primeiro espaço destaca-se pelo design vanguardista, salientando o painel de luzes cromáticas; -   o segundo estúdio é dedicado ao spinning com projeções estimulantes; -   o terceiro é aberto com relvado sintético; -   e dispõe ainda de um espaço inserido no ginásio, dedicado às aulas de treino intervalado de alta intensidade, designada por HIIT ZONE. O Fitness Hut Roma que vai morar no Centro Comercial Acqua Roma, tem no total 1.165m2, no qual se inclui uma sala de ginásio com 650m2 e estará equipado como os outros clubes. A diferença residirá nas zonas para aulas, sendo que o espaço estará preparado para receber o HIIT ZONE, SPINNING ZONE e o estúdio aberto de relva sintética. O Fitness Hut Parque Nascente, estará dentro do Centro Comercial Parque Nascente em Rio Tinto e terá 1.500m2, que se divide por uma sala de ginásio com 518m2 e conta com os mesmos 4 espaços que compõem o centro de Carcavelos.   Todos os clubes oferecem wi-fi grátis, para que possa usufruir dos gadgets e aplicações dinâmicas, tais como: a app myHUT, onde realiza, à distância de um clique, a marcação das aulas preferidas e das consultas de nutrição (1 consulta de nutrição a cada 2 meses, ou seja, 6 consultas por ano, em clinicas parceiras) e a app HUT Training que otimiza o seu treino com mais de 1500 exercícios. Em breve o Fitness Hut vai contar ainda com uma nova app, a nutriHUT, onde disponibiliza o plano alimentar, dicas e chat com nutricionista para dúvidas. Perto de si, com grande variedade de aulas e a um preço muito acessível - a partir de 5,50€ por semana - agora já não há desculpa para não treinar antes, a meio ou ao final de um dia de trabalho ou de estudo! Moradas dos 3 novos Fitness Hut: Campus de Carcavelos, Rua da Holanda, 1, 2775-405 Carcavelos Centro Comercial AcquaRoma, Av. de Roma, 15,1000-264 Lisboa Centro Comercial Parque Nascente, Praceta Parque Nascente, 35, 4435-182 Rio Tinto Horário Fitness Hut: Segunda a sexta - 7h00 às 23h00 Sábados - 9h00 às 21h00 Domingos e Feriados - 9h00 às 18h00 Natal e Fim de Ano - Encerrados SOBRE O FITNESS HUT: Fitness Hut, a cadeia de fitness clubs “premium low-cost” nasce em Portugal em 2011, com o objetivo de proporcionar aos seus sócios o primeiro ginásio que aposta no preço justo. Atualmente, conta com uma rede de 33 clubes em Portugal Continental. Os clubes Fitness Hut têm um espaço compreendido entre os 1.250 e 2.000 m2 e são dotados de um design vanguardista, pensado e desenvolvido para estar em perfeita harmonia com as atividades físicas disponíveis. Entre os serviços disponíveis o Fitness Hut oferece: 7 zonas diferentes de ginásio (Cardio Fitness, Resistência, Musculação, Combate, Treino Funcional, Sprint e Relax); Serviço de Personal Training Premium; Aulas de Grupo Les Mills (Body Combat, Body Balance, Body Step, Body Pump, Body Attack, CX Work, Sh’ Bam e RPM) e Aulas de Grupo Fitness Hut (Yoga Moves, ABS Moves, Dance Moves, Fit Moves, Cross Moves e outras modalidades (Bum Bum Brasil e  Spinning). Criou ainda novas Zonas de treino: HIIT ZONE e SPINNING ZONE. Sobre o Centro Comercial AcquaRoma: Localizado numa das zonas mais afluentes e emblemáticas da cidade de Lisboa, a Avenida de Roma, o Centro Comercial Acqua Roma, um centro de proximidade, recentemente remodelado, conta com 3 pisos, ocupados com um mix de insígnias líderes de mercado no seu segmento. Sobre o Centro Comercial Parque Nascente Localizado em Rio Tinto, junto à Circunvalação, o centro comercial Parque Nascente, é um dos maiores e mais conhecidos centros comerciais da zona do Porto. Possui 63.500 m² de Área Bruta Locável (ABL), dos quais 35 mil destinados à Galeria Comercial e os restantes repartidos entre o hipermercado Jumbo, o hipermercado de bricolage Leroy Merlin e o Centro Automóvel Norauto. É gerido pelo grupo KLÉPIERRE e é o quinto maior centro comercial do país, tendo um total de 122 lojas, distribuídas por três pisos. Destaca-se a área do lazer, com 12 salas de cinemas Lusomundo e uma Praça de Restauração com cerca de 40 restaurantes. O empreendimento compreende ainda um parque de estacionamento com capacidade para 3.400 viaturas e está aberto ao público diariamente, entre as 09h00 e as 24h00. https://parque-nascente.klepierre.pt/ Sobre o Campus da Universidade NovaCom 46.000 m², o novo campus da Universidade Nova de Lisboa conta com 55 salas, 26 anfiteatros, um espaço de estudo aberto durante 24h, serviços como supermercado, ginásio e clínica médica e ainda com um túnel de acesso à praia. Este novo campus foi inaugurado no dia 29 de setembro de 2018 e marca a transição da faculdade, que abandonou o campus de Campolide e transitou para Carcavelos. ATREVIA (Consultora de Comunicação) Neuza Farinha | nfarinha@atrevia.com | 213 240 227

O Mealheiro voltou e é para todos

O banco Montepio acaba de reeditar o icónico Mealheiro, de ferro amarelo e design vintage, ao mesmo tempo que apresenta o novo Mealheiro Digital. Estes dois lançamentos, que juntam tradição e inovação, têm o objetivo único de reavivar a poupança das famílias, para que dê mais gosto e gozo poupar, do que gastar. Com o regresso do Primeiro Mealheiro Público do País, volta um cofre diferente de todos os outros, para onde as notas e as moedas entram, mas dificilmente saem. É uma poupança à prova de instintos consumistas, é segura, é garantida. Tudo porque a única chave que dá acesso às poupanças está guardada no balcão do banco Montepio e só aí o dono do mealheiro consegue recuperar o ‘recheio’. Quem viveu isto nos anos 80, pode voltar a revivê-lo agora. Basta abrir uma conta com novo titular no Montepio – até 7 de janeiro de 2019 - e recebe o icónico mealheiro de 90 anos, sem qualquer custo. Quem já é cliente, não precisa de abrir uma conta nova, basta ir ao balcão e pagar o valor simbólico da caução do mealheiro. No entanto, este mealheiro tem um peso impróprio para o acompanhar onde quer que vá. A pensar nisso e naqueles clientes que resolvem a vida num ecrã, o banco Montepio reinventou o mealheiro e transportou-o para os nossos dias. Assim nasceu o Mealheiro Digital, uma ferramenta simples e apelativa que – se for levada a sério – concorre para ser um gestor ótimo da vida financeira, com a vantagem de ter espaço ilimitado para notas e moedas e de poder estar onde as pessoas estão. A aplicação está disponível nos canais digitais Net24 e na app M24 e é simples de usar. Cada cliente pode ter um ou mais mealheiros, que personaliza com um nome, associa um objetivo de poupança - em valor e em que prazo - e uma conta poupança que vai alimentar esse mealheiro. Logo que o mealheiro está criado, o cliente fica a saber quanto tem de poupar por dia, por mês ou semana. Se o objetivo não for alcançado dentro do tempo previsto, o cliente recebe notificações para o incentivar a entregar o valor em falta ou, em alternativa, a convidar alguém para contribuir. Por outro lado, quando o objetivo é alcançado, o cliente recebe uma notificação a felicitá-lo e sugestão de várias opções de gestão ou aplicação da poupança alcançada. No Montepio, poupar é um clássico.Pode aceder a fotos do mealheiro de metal ou digital aqui. Margarida Henriques |External & Media RelationsMargarida.Henriques@montepio.pt T. +351 96 209 33 68 Direção de Comunicação Rua Castilho, Nº5, Piso 1, 1269-109 Lisboa

‘GRINCH’ LIDERA AS ESCOLHAS CINEMATOGRÁFICAS DAS FAMÍLIAS NESTE NATAL

A animação ‘Grinch’, que estreou a 22 de novembro em Portugal, com a voz de António Raminhos, lidera o top das animações de Natal com 163 mil espectadores e uma receita de bilheteira superior a 809 mil euros. Esta figura estranhamente divertida, que odeia o Natal, continua a atrair miúdos e graúdos às salas de cinema, sobretudo nesta quadra festiva. O filme baseado no clássico infantil de Dr. Seuss ocupou ainda a segunda posição (geral) no ranking nacional do fim-de-semana, com mais de 40 mil espectadores, segundo os dados do Instituto do Cinema e do Audiovisual. Com uma cave repleta de invenções e engenhos para o dia-a-dia, o Grinch apenas vê os seus vizinhos de Vila-Quem quando fica sem comida. Todos os anos, no Natal, eles perturbam a sua tranquila solidão com as suas celebrações, cada vez maiores, mais brilhantes e barulhentas. Quando os Quem declararam que iriam fazer uma árvore de Natal três vezes maior, o Grinch percebe que só existe uma forma de conseguir alguma paz e sossego: ele tem de roubar o Natal. ‘Grinch’ conta ainda com as vozes de Ana Bola (Presidente de Vila-Quem) e Pêpê Rapazote (narrador) na versão portuguesa. Na versão original, Benedict Cumberbatch dá a voz ao Grinch, Angela Lansbury à Presidente e o narrador é Pharrell Williams. Depois dos enormes sucessos de bilheteira com as animações de ‘Gru: O Maldisposto’, ‘Mínimos’, ‘A Vida Secreta dos Nossos Bichos e ainda ‘Cantar!’, a Illumination brinda-nos com esta nova animação: “Grinch”, repleta de otimismo, divertidas personagens e uma forte mensagem tão apropriada à Época de Natal. Links Trailer | Conteúdos | You’re a Mean One, Mr. Grinch | Imagens das Dobragens NOS CINEMAS Sobre a Universal Pictures Universal Pictures é uma divisão da Universal Studios (www.universalstudios.com). Universal Studios faz parte da NBCUniversal. NBCUniversal é uma das companhias de media e entretenimento líderes no desenvolvimento, produção e marketing de entretenimento, notícias e informação para audiências globais. NBCUniversal detém e opera um valioso portfólio de redes de notícias e entretenimento, é uma empresa cinematográfica de topo, com grandes produções, um grupo líder de estações de televisão e tem parques temáticos de renome mundial. NBCUniversal é uma subsidiária da Comcast Corporation. Sobre a NOS A NOS é o maior grupo de comunicações e entretenimento em Portugal. Oferece soluções fixas e móveis de última geração, televisão, internet, voz e dados para todos os segmentos de mercado. É líder na TV por subscrição, em serviços de banda larga de nova geração e na distribuição e exibição cinematográfica em Portugal. No mercado empresarial posiciona-se como uma alternativa sustentada nos segmentos Corporate e Mass Business, oferecendo um portefólio alargado de produtos e serviços, com soluções à medida de cada setor e de negócios de diferentes dimensões, complementando a sua oferta com serviços ICT e Cloud. A NOS está no principal índice bolsista nacional (PSI-20), conta com mais de 4,7 milhões de clientes móveis, 1,6 milhões de clientes de televisão, 1,8 milhões de clientes de telefone fixo e 1,3 milhões clientes de internet de banda larga fixa. Mais informação em  http://www.nos.pt/institucional LPM Ana Grácio | Alexandra Amorimanagracio@lpmcom.pt | alexandraamorim@lpmcom.ptT 96 152 84 69 | 91 940 92 92 | 218 508 110

Liga Allianz Running by Record realiza prova em Vila Real

Data: 29 de dezembro, 18h Local: Vila Real Prova: Corrida XIII de São Silvestre A Liga Allianz Runnig by Record está a aproximar-se da meta final e a última corrida do ano está marcada para Vila Real. A “XIII Corrida de São Silvestre” realiza-se no sábado, dia 29 de dezembro, pelas 18h, na capital de Trás-os-Montes e Alto Douro. Organizada pela Câmara Municipal de Vila Real, Regimento de Infantaria 13, Associação de Atletismo de Vila Real, Fundação Inatel, Policia Segurança Pública e Junta de Freguesia de Vila Real, a corrida tem partida agendada na Praça 25 de Abril e chegada na Praça do Município. Com uma distância total de 10 Kms, para atletas de nacionalidade portuguesa, federados e não federados, a corrida integra ainda uma caminhada solidária com 5 Kms, destinada a todas as classes etárias. A equipa Allianz estará, mais uma vez, a representar a Companhia.  José Francisco Neves, Membro do Comité de Direção e Diretor de Market Management e de Produto P&C da Allianz Portugal, refere: “É um orgulho para a Allianz Portugal continuar a apoiar mais esta corrida da Liga Allianz Running by Record, uma iniciativa enquadrada na estratégia da seguradora em estar mais próxima dos portugueses, promovendo a prática de atividade física, o bem-estar e a competição saudável. Através da Liga Allianz Running by Record, a Allianz Portugal está presente nas cidades de norte a sul de Portugal para incentivar as pessoas a correrem e a superarem os seus objetivos. Estamos certos de que serão momentos de forte convívio e interação com o público em geral, parceiros e clientes.” Mais informações disponíveis em https://bit.ly/2SUenWu e na plataforma online oficial www.ligarunning.pt, um espaço aglutinador de conteúdos com o calendário das provas e informação detalhada sobre a Liga Allianz Running Record, com informações técnicas para treino, saúde, alimentação e equipamentos, além de notícias da atualidade sobre Running. A primeira prova realizou-se em Tondela, passou por Aveiro, Castelo Branco, Bragança, Porto, Portalegre, Santarém, Viana do Castelo, Beja, Leiria, Évora, Coimbra, Lisboa, Braga, Setúbal, Faro, Guarda e ruma agora para Vila Real. Entre com o pé direito em 2019 com a Liga Allianz Running by Record! www.ligarunning.pt  Sobre a AllianzA Allianz Portugal integra o Grupo Allianz, um dos maiores grupos financeiros do mundo, presente em mais de 70 países e com cerca de 145.000 colaboradores. Mais de 60 milhões de clientes, a nível mundial, confiam no seu know-how e sentido de responsabilidade. A Allianz Portugal tem, também, como acionista e principal parceiro estratégico, o Banco BPI. Posiciona-se no mercado nacional de forma inovadora, apostando no desenvolvimento de produtos de acordo com as necessidades de segurança dos seus Clientes, na expansão da sua rede de distribuição e na melhoria da prestação de Serviço. Conta atualmente com cerca de 600 colaboradores e mais de 4.500 mediadores em todo o país. Desde Dezembro de 2004, a Allianz Portugal é uma seguradora com Certificação da Qualidade ISO 9001, que abrange a maior parte dos seus produtos e serviços. Ecofirma: 213 240 227 / 963461295 Marta Pais – mpais@atrevia.com Francisco Costa – fbcosta@atrevia.com

Esclarecimento CP

O Jornal de Notícias divulgou hoje uma notícia com o titulo “CP impõe silêncio aos trabalhadores”, relativamente à qual se esclarece: O Código de Ética da CP foi aprovado em 31 de maio de 2007 e posteriormente divulgado aos trabalhadores. Conforme é do conhecimento público, os Códigos de Ética são documentos, com enquadramento legal específico, que estabelecem os valores e princípios que orientam a atividade e atuação das empresas e instituições e, consequentemente, de todos quantos com elas se relacionam. Em 6 de dezembro de 2018, o Código de Ética da CP foi revisto com o objetivo de dar cumprimento à legislação em vigor sobre Proteção de Dados Pessoais (RGPD). A alteração consistiu na introdução de 2 alíneas referenciando que a Empresa se compromete a cumprir a referida legislação e que os colaboradores devem atuar da mesma forma. As alterações a este documento são sempre objeto de divulgação aos trabalhadores da Empresa, o que se verificou, também desta vez, no dia 12 de dezembro.Assim sendo, resulta claro que não existe qualquer fundamento para as afirmações do Jornal de Notícias, quando refere que esta divulgação está relacionada com qualquer imposição de silêncio aos trabalhadores da CP. GCI - Gabinete de Comunicação Institucional Sede: Calçada do Duque, 20 1249-109 Lisboa 3imprensa@cp.pt Telefone: 211023819

REPSOL PREMIADA NOS DATA SCIENCE AWARDS

· A III Edição dos ‘Data Science Awards Spain’, patrocinados pela Telefónica e Google Cloud, reconhecem o talento analítico. · A Repsol recebeu o “Prémio da Melhor Iniciativa Empresarial de Big data de Espanha 2018”. · O projeto premiado – “Analytics Polyolefins” – procura antecipar e assegurar em tempo real a qualidade das poliolefinas que a Repsol fornece aos seus clientes.  No passado dia 22 de novembro, em Madrid, a Repsol foi premiada pelo seu projeto “Analytics Polyolefins” com os Prémios ‘Data Science Awards’, patrocinados pela Telefónica e Google Cloud, na categoria “Melhor Iniciativa Empresarial de Big data de Espanha 2018”. Este projeto, que faz parte do programa de digitalização da Repsol como impulso para a melhoria de produtos e serviços, foi desenvolvido no Complexo Industrial da Repsol em Puertollano. A empresa prevê a extensão do projeto às suas restantes unidades industriais, como exemplo de aplicação analíticas avançadas e automação de processos.O processo de digitalização da Repsol é um dos mais ambiciosos dentro do sector energético. A aposta da empresa na digitalização como impulso para melhorar e gerar novos produtos e serviços, levou-a a implementar um programa bastante ambicioso que inclui todos os negócios e áreas-chave da empresa. Para além disso, foi criada uma área de Digitalização e Tecnologias de Informação que ficará encarregue de estender o programa nos próximos anos. REPSOL | 21 311 9000 António Martins Victor | amvictor@repsol.com LLORENTE & CUENCA | 21 923 97 00Sónia Batista - sbatista@llorenteycuenca.com

GLOVO É A NOVA PARCEIRA DO CONTINENTE NO MERCADO DAS ENTREGAS RÁPIDAS

Continente Online expande a sua estratégia de parcerias no mercado de entregas rápidas à Glovo 30 minutos é o tempo que precisa para receber o seu pedido em casa Testes piloto já começaram em Lisboa Depois do Porto com a SendEat, as entregas rápidas ao domicílio chegam, agora, a Lisboa com a Glovo. Desde o início de dezembro que o Continente e a Glovo testam esta iniciativa piloto, que procura melhorar a eficiência das entregas e aumentar o leque de produtos disponíveis neste serviço, agora na região de Lisboa. Atualmente este piloto garante a cobertura de um diâmetro que inclui desde a zona da Serafina, Campo Grande, Alvalade, Areeiro, Alfama, Cais do Sodré e Santos. No futuro, espera-se conseguir ampliar o alcance deste novo serviço. O Continente Online está determinado em satisfazer as necessidades dos seus clientes e por este motivo, a distribuidora Glovo - que já disponibilizava produtos Continente no seu marketplace e que executa as entregas em 30 minutos - foi o parceiro óbvio para este serviço. Desta forma, em Lisboa passa também a ser possível adquirir qualquer produto Continente de forma rápida e sem esforço. A partir de agora, sempre que faltar aquele ingrediente especial para o jantar ou quando o champô estiver a acabar, o cliente pode pedir a entrega rápida em casa, através do marketplace da Glovo ou da aplicação móvel Glovo disponível para Android e iOS. Deste modo, o Continente reitera o seu compromisso em dar resposta às necessidades de todos os clientes, acompanhando os seus hábitos e lançando as tendências mais inovadoras do retalho alimentar em Portugal. GCIMarta Silvamsilva@gci.pt

Metro Accelerator ajuda o desenvolvimento de 10 Start-Ups de 8 países

Metro Accelerator for Hospitality inicia 4º programa em Berlim Especialistas selecionados de um grupo de cerca de 200 mentores irá preparar start-ups para um maior crescimento Empresas desenvolvem “hospitality tech”: Office Management, business intelligence e ferramentas de RH, assistentes virtuais, soluções baseadas em inteligência artificial, assim como chatbots Os participantes da nova edição do METRO Accelerator for Hospitality, powered pela Techstars, já chegaram a Berlim. Um júri de mais de 20 membros, compreendendo investidores, executivos da METRO e outros parceiros selecionaram 10 start-ups tecnológicas da Alemanha, França, Reino Unido, Índia, Israel, Itália, Croácia e Coreia do Sul. Nos próximos 3 meses terão oportunidade de desenvolver os seus modelos de negócio com um extenso apoio da empresa grossista e especialista em alimentação METRO, da qual a Makro Portugal faz parte. Durante este período, serão preparados por especialistas selecionados de um grupo de cerca de 200 mentores, recebendo financiamento de até 120.000€ cada, bem como apoio da METRO em infraestruturas, network e know-how. O destaque do programa: em meados de fevereiro de 2019 as equipas das start-ups vão apresentar as suas soluções a potenciais investidores em Berlim. “A troca direta com start-ups inovadoras permite-nos alterar perspetivas, que esperamos que venham a conceder novos ímpetos ao setor hoteleiro. Em troca, oferecemos a estas equipas acesso potencial aos nossos cerca de 21 milhões de clientes e a uma extensa rede de contactos no setor hoteleiro que dificilmente as start-ups encontram em qualquer outro local,” explica Sylvia Dudek, Programme Director da Metro Accelerator. “Este ano recebemos mais de 400 candidaturas de topo de todo o mundo. Este marco motiva-nos a continuarmos a trabalhar em conjunto com start-ups de forma a fornecer as inovações hoteleiras do futuro.” Dez start-ups de 8 países foram selecionadas para marcar presença no 4º programa do Metro Accelerator for Hospitality: Barratio, Paris (França) – completa tarefas diárias de back-office como gestão de inventário ou cálculos de custos em 5 minutos por dia, baseando-se numa única solução de software. www.barratio.fr EasyWay, Tel Aviv (Israel) – um assistente virtual para turistas que está integrado nos canais de comunicação dos hotéis, sendo apoiado por inteligência artificial para melhorar a experiência do cliente. www.easyway.ai Fresco, Milão (Itália) – A Fresco altera a forma como os restaurantes oferecem azeite. A aplicação da Fresco é a primeira aplicação de cozinha a produzir azeite fresco, espremido presencialmente, apenas com um clique. www.oliofresco.it Gofer, Paris (França) – Gofer é uma aplicação móvel, que simplifica a contratação de empregados a curto-prazo, ao fazer corresponder o staff desejado a determinado estabelecimento hoteleiro. www.gofer.fr HeyMojo, Nova Deli (Índia) – a HeyMojo constrói bots de voz e chat personalizados para automação de campanhas de marketing e ferramentas do website para reservas diretas, encomendas e gestão da experiência do cliente. Resultado: Aumento de encomendas diretas e de relacionamento com o cliente. www.heymojo.com Hotelhero, Berlim (Alemanha) – Hotelhero é a única plataforma de pesquisa tecnológica hoteleira preparada para ajudar hoteleiros independentes a selecionar as soluções de TI que melhor se aplicam às especificidades do hotel e necessidades do negócio. www.hotelhero.tech Roborus, Seul (Coreia do Sul) – Um quiosque que reúne dados dos clientes e que melhora a experiência do consumidor, baseado numa máquina com sistema de aprendizagem que concede aos clientes uma recomendação personalizada. www.roborus.co.kr Sentiment Search, Londres (Reino Unido) – utilizando algoritmos inteligentes a Sentiment Search apresenta uma solução que agrega e analisa revisões para restaurantes e hotéis em qualquer cidade, proporcionando uma imagem compreensiva da opinião do cliente e, assim, identifica tendências e insights detalhados de concorrentes. www.sentimentsearch.com Trakbar, Zagreb (Croácia) – business inteligence prática apoiada por inteligência artificial que proporciona um prognóstico de vendas preciso, análises em tempo real e sugestões inteligentes de encomendas para pequenas e médias empresas na indústria hoteleira. www.trakbar.com Waffle, Londres (Reino Unido) – Waffle é um chatbot que origina procura a restaurantes em tempo real. www.joinwaffle.com Em meados de fevereiro de 2019 e após 3 meses de trabalho intenso, as equipas irão apresentar os seus modelos de negócio a investidores, mentores, potenciais clientes e outros especialistas da indústria no Demo Day em Berlim. METRO a construir “pontes”: acesso a network de negócio Com o Accelerator Programme em Berlim, a METRO promove inovações que oferecem valor acrescentado significativo para o setor hoteleiro independente. O acelerador apoia principalmente start-ups tecnológicas que trazem um potencial especial e facilitam a transformação digital na indústria do setor. Além do forte apoio da METRO, as start-ups têm acesso à rede internacional da empresa e aos seus clientes. Por outro lado, após completarem o programa, as equipas das start-ups também têm possibilidade de testar as suas soluções com cerca de 500 donos de restaurantes em 5 mercados europeus no âmbito do Programa Piloto METROpolitan. Para mais informações acerca do Accelerator: www.metroaccelerator.com  Para mais informações acerca do METROpolitan Pilot: www.dish.co Junto enviamos o comunicado de imprensa completo. SUSANA FREITAS Senior Communication Consultant Rua Fernando Vaz, nº 12-A – 1750-108 Lisboa t. +351 217 506 050 m. + 351 912 017 206 susanafreitas@youngnetworkgroup.com YOUNGNETWORK GROUP  www.youngnetworkgroup.com

ALUNOS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA VÃO CULTIVAR EM ESTUFA NO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CAMPO ABERTO, EM BEIRIZ

Póvoa de Varzim, 18 de dezembro de 2018 - São 27 os alunos que beneficiam de medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão que passam agora a ser responsáveis pelo cultivo de uma estufa com 80m2 que acaba de ser instalada no Agrupamento de Escolas Campo Aberto, em Beiriz (Póvoa de Varzim). O projeto visa proporcionar a estes alunos, com idades compreendidas entre os 10 e os 19 anos, a aprendizagem de práticas de sustentabilidade, em articulação com conceitos básicos de matemática, ciências, português e inglês. "A estufa será trabalhada por alunos com currículos adaptados, vários com Perturbações do Espetro do Autismo, e precisávamos de um espaço para, fora do contexto da sala de aula, estimular a aprendizagem com recurso à vertente sensorial. O cultivo da estufa será importante para que estes alunos interiorizem a ideia de que, ao produzirem, recebem o retorno do seu trabalho e do seu esforço, autossustentando-se.” refere Gracinda Cadilhe, coordenadora de Educação Especial no Agrupamento de Escolas Campo Aberto. O diretor do Agrupamento, João Grancho, reforça acreditar que "pelo grau de autonomia que poderão atingir no desempenho desta atividade, algumas destas crianças e jovens poderão, futuramente, tornar-se aptas a trabalhar na área agrícola ou ainda adquirir competências para maior autonomia na sua vida diária. Simultaneamente, pretende-se que todos os alunos do agrupamento possam usufruir de um espaço aprazível e interativo". Em simultâneo, acrescenta Gracinda Cadilhe, "os alunos vão poder reforçar algumas noções elementares de matemática, ao medirem os terrenos, de ciências, ao aprenderem a reprodução das espécies, de português, ao escreverem receitas, e de inglês, ao estudarem os nomes das plantas". Oferecida pela Cotesi, empresa que integra o Grupo Violas e é líder mundial na produção de fio agrícola, a estufa vai produzir, numa primeira fase, framboesas e mirtilos, criando sinergias com o curso profissional de cozinha do Agrupamento de Escolas Campo Aberto e "alimentando" a ambição de vir a criar uma marca para comercializar os produtos a nível local, em pequenas mercearias e restaurantes.  "O Grupo Violas tem uma ação social forte e, na Cotesi, depois de conhecer o trabalho de excelência que esta escola desenvolve com estes alunos, quisemos ajudar a despertar o interesse  dos mesmos pela área agrícola", considera Rui Marques, diretor da divisão de indústria e agro-têxtil da Cotesi.  "Ao contrário do que é habitual, toda a estufa é coberta com telas de solo e o espaçamento entre as plantas foi pensado para facilitar a mobilidade dos miúdos, que em alguns casos é reduzida", sublinha Rui Marques. Refira-se que este projeto conta ainda com o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, cuja equipa de jardineiros vai ajudar na limpeza e manutenção de um outro espaço no interior da escola, dedicado ao cultivo de ervas aromáticas e vegetais.   DOWNLOAD DO PRESS-RELEASE EM FORMATO EDITÁVEL (WORD): em anexo; LINK PARA DOWNLOAD DE CONJUNTO DE 8 FOTOGRAFIAS: https://we.tl/t-520deoQg4I ;   Press Contacts:    Francisco Quintas Serrano    News@Work - Consultoria de Comunicação    M. 351 916 669 291    E. fqs@newsatwork.pt        

FUNDOS DE 350.000 EUROS PARA INVESTIGAÇÃO EM SÍNDROME DE ANGELMAN

•        Abertura de candidaturas para bolsa de investigação em Síndrome de Angelman •        Prazo de entrega 4 de janeiro de 2019 A Angelman Syndrome Alliance (ASA) apoia a investigação científica em Síndrome de Angelman com fundos até 350.000 Euros, a serem entregues na próxima Conferência Científica Internacional da Síndrome de Angelman. A Angelman Syndrome Alliance é uma iniciativa de várias associações de pais, de diferentes países, - ASB (Bélgica), ASFA (França), Angelman e.V. (Alemanha), ORSA (Itália), AIA (Irlanda), AV (Países Baixos), Angel (Portugal), Angelman UK (Reino Unido), AVO (Áustria), Fundação Israelita AS (Israel), JASSG (Japão), Espanha ( ASA) e da Fundação Nina (Holanda) - que criaram uma organização internacional com o objetivo de unir forças e fundos para aumentar o apoio financeiro de projetos de investigação dedicados e, assim, intensificar a investigação sobre a Síndrome de Angelman. A Síndrome de Angelman é uma desordem genética que resulta de uma perda da atividade do gene UBE3A, que codifica a ubiquitina E3 ligase E6-AP. Esta síndrome é caracterizada por um atraso severo no desenvolvimento, dificuldade na fala, distúrbios no sono, convulsões, movimentos desconexos e sorriso frequente. São convidados a candidatarem-se investigadores, de qualquer país, que submetam projetos a bolsas de investigação cobrindo investigação pré-clínica (básica), bem como investigação translacional, tal como ensaios controlados baseados em mecanismos. Candidaturas para terapias comportamentais não são elegíveis nesta fase. Os fundos a atribuir terão um limite de 175.000€ por bolsa. A duração deste apoio é flexível mas a duração máxima é de 4 anos. Será efetuada uma avaliação do projeto após a conclusão de 50% da duração prevista da bolsa; o procedimento deverá ser feito através de um relatório científico detalhado dirigido ao Conselho Consultivo Científico e, ainda, um relatório, em termos mais gerais e em linguagem simples, com fotografias, para partilhar com as associações de pais financiadoras. O processo de candidatura tem duas etapas: em primeiro lugar, deverá ser submetida uma candidatura simplificada através do website da ASA (prazo limite até 4 de janeiro de 2019); depois, até 14 de janeiro de 2019, as candidaturas que passarem a primeira fase serão convidadas a apresentar propostas mais detalhadas (prazo limite 11 de março de 2019). Os candidatos serão informados sobre o resultado a 22 de julho de 2019. Os premiados serão convidados a apresentar uma palestra na próxima conferência científica bi-anual da ASA, que terá lugar no outono de 2020. O registo para a candidatura pode ser feito através do website da ASA www.angelmanalliance.org. A candidatura simplificada deve incluir o seguinte:  - Carta de apresentação, incluindo o título da proposta e o nome do investigador principal;  - Resumo de duas páginas sobre o projeto de investigação proposto, incluindo parágrafos sobre as hipóteses, antecedentes, plano de investigação, metodologia principal e a relevância do trabalho proposto; -  Visão global do orçamento também deve ser incluída (custos indiretos não poderão ser aplicados). -      Curriculum vitae do candidato.Todas as candidaturas devem ser escritas em inglês, usando Times New Roman, corpo de letra 10, com 1,5 de entrelinha.As propostas que envolvam testes em animais de laboratório deverão ser aprovadas pelas respetivas entidades institucionais competentes, antes da atribuição do financiamento. Todas as propostas, incluindo cartas de apresentação, devem ser submetidas no website da ASA: angelmanalliance.org Questões sobre o processo de atribuição da bolsa devem ser dirigidas ao Conselho de Administração da ASA: Manuel Costa Duarte - direccao@angel.ptQuestões relacionadas com investigação sobre Síndrome de Angelman devem ser encaminhadas ao Conselho Consultivo Científico, para: Harald Sitte – harald.sitte@meduniwien.ac.at Vera Diasveradias@unimagem.pt Senior Account T 213 187 900    M 961 734 739

Preços de comercialização do novo Mercedes-Benz Classe B

O novo Classe B, modelo com chegada prevista a Portugal para fevereiro de 2019, está agora com uma aparência mais dinâmica e com maior agilidade em estrada. Equipado com o sistema de inteligência artificial MBUX que estreou recentemente no novo Classe A, a nova geração do Classe B herdou também inúmeras funções do Classe S, como é o caso da condução semiautónoma, do Assistente Ativo de Controlo da Distância DISTRONIC, ou do Assistente Ativo de Travagens de Emergência. No B 180 d, motorização mais comercializada em Portugal, o motor tem agora uma potência de 116cv, enquanto os modelos B 200 d e B 220 d com 150 cv e 190 cv respetivamente, estreiam o novo motor a Diesel OM 654 de dois litros. Raquel Abreu Public Relations & Passenger Cars Communication / Budget Control / Social Responsability Mercedes-Benz Cars - Sales & Marketing                                                                                                 Rua Gottlieb Wilhelm Daimler, Nº 20 2710-037 Sintra             Portugal                                                                                                                                                                 Tel. /Phone: +351 21 925 7197                                                                                                    Tlm. /Mobile: +351 96 882 2160e-mail: raquel.abreu@daimler.com

FOCA ALCANÇA FEITO HISTÓRICO COM SUBIDA INÉDITA DA EQUIPA MASCULINA À 1ª DIVISÃO

A equipa de Felgueiras classificou-se em 3º lugar no Campeonato Nacional de Clubes da 2ª Divisão O FOCA – Clube de Natação de Felgueiras garantiu, no passado fim de semana, em Stº António dos Cavaleiros, a presença entre a elite nacional masculina, na modalidade de Natação Pura. A equipa de Felgueiras classificou-se em 3º lugar no Campeonato Nacional de Clubes da 2ª Divisão, garantindo, assim, a subida à 1ª Divisão Nacional. Com esta conquista o clube fez história, já que é a primeira vez que a equipa masculina ascende ao patamar mais alto da Natação em Portugal. O feito é de particular importância também para o Concelho de Felgueiras, uma vez que a equipa do FOCA se torna a única a competir na 1ª Divisão Nacional, de todas as modalidades existentes no Concelho. Os atletas do FOCA bateram inúmeros recordes pessoais (em alguns casos recordes do clube) e arrecadaram 5 vitórias, 2 classificações de segundo lugar e 1 classificação de terceiro lugar, alcançando assim 340 pontos. O principal destaque vai para o atleta Glauber Silva que alcançou 3 vitórias (100m Livres, 50m Mariposa e 50m Costas) e ainda a melhor performance da competição na prova de 50m Mariposa com 779 pontos. Destaque, ainda, para o atleta Ivo Ribeiro que foi segundo classificado na prova de 200m Costas e quarto nos 100m Costas. Em grande plano estiveram, também, os atletas Tomás Lopes e Marcelo Pereira. O primeiro classificou-se em 4º lugar nos 100m Mariposa e 8º nos 400m Livres e o segundo em 6º lugar nos 200m Estilos e 7º lugar nos 100 e 200m Bruços. Nas provas de estafetas, o FOCA superiorizou-se aos adversários vencendo os 4x100m Estilos e os 4x200m Livres e foi segundo nos 4x100m Livres. No setor feminino, a equipa de Felgueiras assegurou a manutenção na 2ª Divisão, classificando-se em 11º lugar com 244 pontos. O principal destaque vai para Francisca Martins que venceu os 400m Livres, com a marca de 4.19:35, que lhe dá a melhor performance dos campeonatos com 739 pontos. A atleta de Felgueiras foi ainda 2ª classificada nos 200m Livres e 6ª classificada nos 400m Estilos. Atletas Masculinos: Glauber Silva, Marcelo Pereira, Luís Lopes, Ivo Ribeiro, Nuno Ferreira, Tomás Lopes, Fernando Carvalho, Bernardo Vasconcelos, Rúben Silva; Atletas Femininos: Ana Filipa Martins, Rosana Macedo, Beatriz Cunha, Nina Ribeiro, Margarida Teixeira, Francisca Martins, Margarida Almeida, Vanda Melo. Técnicos: Simão Marinho e Filipe Marinho. Fisioterapeuta: Abel VianaDirigentes: Cristóvão Ribeiro, Joana Soares e Jorge Almeida. Tânia Leite, 926 548 582 cmf-gci@cm-felgueiras.pt

SUPER SMASH BROS. ULTIMATE É O JOGO PARA UMA CONSOLA DOMÉSTICA NINTENDO QUE MAIS RAPIDAMENTE VENDEU NA EUROPA!

Com 74 lutadores jogáveis, mais de 100 cenários, mais de 800 músicas e muito mais, Super Smash Bros. Ultimate, para a Nintendo Switch, não é só o maior crossover da História dos videojogos – é o jogo para uma consola doméstica Nintendo que mais rapidamente vendeu na Europa*, superando as vendas de títulos como The Legend of Zelda: Breath of the Wild, Super Mario Odyssey, e Mario Kart 8 Deluxe, sendo que cada um vendeu mais de 10 milhões de exemplares até à data. O novo jogo – repleto de combates frenéticos entre personagens tão populares como Mario, Link, Donkey Kong e dúzias mais – foi lançado mundialmente a 7 de dezembro e está já a quebrar recordes. Só nos seus primeiros três dias, o total das vendas europeias foi quase 30% maior do que o jogo Mario Kart Wii, que viria a superar as 37 milhões de unidades vendidas mundialmente. Para além deste recorde no retalho, Super Smash Bros. Ultimate é também o jogo mais rapidamente vendido de sempre na Nintendo eShop. Super Smash Bros. Ultimate é um exclusivo para a Nintendo Switch, a consola que lhe permite jogar quando, onde e como quiser. Agora a chegar pela segunda vez à época natalícia, e impulsionada por títulos como Super Smash Bros. Ultimate, Pokémon: Let’s Go, Pikachu! / Pokémon: Let’s Go, Eevee! e Super Mario Party, entre muitos outros, a Nintendo Switch é já dona de um catálogo de mais de 1000 jogos para todos os gostos e níveis de experiência. Após apenas 20 meses no mercado, a Nintendo Switch tem já 5 dos 10 jogos mais vendidos de sempre numa consola doméstica Nintendo, na Europa**: The Legend of Zelda: Breath of the Wild, Mario Kart 8 Deluxe, Super Mario Odyssey, Pokémon: Let’s Go, Pikachu! / Pokémon: Let’s Go, Eevee! e, agora, Super Smash Bros. Ultimate. “Super Smash Bros. Ultimate é o maior jogo Super Smash Bros. de sempre e não só é o jogo da série que mais rapidamente vendeu na Europa, como também é o nosso jogo para consolas domésticas que mais rapidamente vendeu, de sempre”, afirmou o COO da Nintendo of Europe, Stephan Bole. “Os fãs da Nintendo Switch podem esperar muitas novidades boas para 2019, incluindo novos jogos das séries Animal Crossing e Pokémon, Yoshi’s Crafted World, Fire Emblem: Three Houses, e muito mais”. Super Smash Bros. Ultimate já está disponível nos retalhistas e na Nintendo eShop, e num bundle de edição limitada que inclui a consola Nintendo Switch, comandos Joy-Con e Base personalizados e um código para download do jogo. Super Smash Bros. Ultimate é o jogo para uma consola doméstica Nintendo que mais rapidamente vendeu na Europa, com vendas quase 30% superiores às de Mario Kart Wii. Nota aos Editores: * Baseado nos números de vendas internos da Nintendo. Inclui unidades avulso e bundles vendidos em retalho e vendas digitais através da Nintendo eShop. ** Baseado nos números de vendas internos da Nintendo dos primeiros três dias de vendas de cada título. Para mais informações: Site de Super Smash Bros. Ultimate: http://www.smashbros.com Site da Nintendo: https://www.nintendo.pt Site da Nintendo Switch: http://www.nintendoswitch.pt Site do Nintendo Switch Online: http://nintendoswitchonline.nintendo.pt Super Smash Bros. Ultimate no Facebook: https://www.facebook.com/SmashBrosPT Nintendo PT no Facebook: https://www.facebook.com/NintendoPT Nintendo Switch no Facebook: https://www.facebook.com/NintendoSwitchPT Nintendo PT no Twitter: https://twitter.com/nintendopt Nintendo PT no YouTube: http://www.youtube.com/Nintendopt Nintendo PT no Instagram: https://www.instagram.com/nintendopt Sobre a Nintendo: Pioneira mundial na criação de entretenimento interativo, a Nintendo Co., Ltd., com sede em Quioto (Japão), fabrica e distribui hardware e software para a consola de sala Nintendo Switch e para a família de consolas portáteis Nintendo 3DS. Desde 1983, quando lançou a Nintendo Entertainment System (NES), a Nintendo vendeu mais de 4.6 mil milhões de videojogos e mais de 730 milhões de unidades de hardware em todo o mundo, incluindo a Nintendo Switch e a família de consolas Nintendo 3DS, que abrange a New Nintendo 3DS, a New Nintendo 3DS XL, a Nintendo 3DS, a Nintendo 3DS XL e a Nintendo 2DS, bem como a Nintendo DS, a Nintendo DSi, a Nintendo DSi XL, a GameBoy, a GameBoy Advance, a Super NES, a Nintendo 64, a Nintendo GameCube, a Wii e a Wii U. Criou ainda ícones da indústria como Mario, Donkey Kong, Metroid, Zelda e Pokémon. Como empresa subsidiária, a Nintendo Ibérica S.A., com sede em Madrid e Lisboa, atua como centro de operações da Nintendo em Espanha e Portugal. Gonçalo Brito Public Relations Officer gonçalo.brito@nintendo.ptPhone: +(351) 211 207 100Mobile: +(351) 914 613 020

SEAT une-se à Alastria no desenvolvimento de soluções baseadas na tecnologia blockchain

/         Alastria é a rede semipública multissetorial centrada em blockchain e promovida por empresas e instituições espanholas/         Diversos departamentos da empresa exploram os benefícios desta tecnologia /         A SEAT, em conjunto com a Telefónica, iniciou há uns meses os seus primeiros passos em blockchain A SEAT junta-se à rede Alastria, o primeiro consórcio multissetorial semipúblico que pretende criar um espaço de cooperação digital baseado numa rede independente e neutra e onde se desenvolvem serviços e produtos baseados na tecnologia blockchain. Com este novo passo, que faz da SEAT o primeiro fabricante de automóveis a unir-se a esta rede pioneira com mais de 70 grandes empresas e instituições, a empresa espera encontrar, testar e progredir no desenvolvimento da tecnologia blockchain, aflorando sinergias com outras companhias participantes. A tecnologia blockchain, nascida em 2009, representa uma evolução ao nível das comunicações em rede tal como a conhecemos atualmente. A facilidade de acesso à informação, cada vez mais instantânea, resulta por vezes na falta de fiabilidade dos dados, na escassez de segurança e na verificação insuficiente dos dados respetivos às entidades que intervêm nos processos de comunicação através de fornecedores externos. Neste sentido, esta tecnologia nasce com o objetivo de transformar a indústria gerando a troca de bens e serviços sem a intervenção de terceiros, melhorando assim a segurança dos procedimentos. Luca de Meo, presidente da SEAT, sublinhou que “fazer parte da rede Alastria abre-nos novas possibilidades no desenvolvimento de possibilidades para desenvolver serviços e produtos com total confiança e segurança”. Além disso, de Meo acrescentou que “somos a primeira marca de automóveis a integrar esta rede que engloba as maiores empresas do país. Estamos convencidos da relevância que a tecnologia blockchain terá no futuro, e por isso queremos estar presentes desde o início”. Aplicação da tecnologia em áreas estratégicasA incorporação da SEAT na rede Alastria tem como objetivo que diversas divisões específicas da empresa possam ter um primeiro contacto com a tecnologia blockchain e conhecer as possíveis vantagens que este conhecimento pode comportar em diferentes áreas. Especificamente, a produção será o primeiro departamento a reforçar o desenvolvimento desta tecnologia, como o principal objetivo de estudar os possíveis avanços em matéria da Indústria 4.0. Outra das áreas nas quais a SEAT quer trabalhar soluções blockchain é a das finanças, onde pretende testar novas iniciativas que melhorem os processos habituais. A experiência blockchain na SEATA associação da SEAT à rede Alastria é uma nova aproximação da empresa a esta tecnologia. Nesse sentido, a empresa já deu os primeiros passos na aplicação do blockchain nos seus processos. Por exemplo, em colaboração com a Telefónica, a empresa está a trabalhar numa prova experimental baseada no blockchain para melhorar o seguimento das peças dentro da cadeia de abastecimento da fábrica de Martorell. A SEAT, como a empresa industrial que mais investe na investigação e desenvolvimento em Espanha, está a adaptar os seus processos de transformação digital que está a atravessar a indústria automóvel. A companhia está a desenvolver e a aplicar ferramentas e soluções digitais destinadas à produção de automóveis que permitem ser mais eficientes e flexíveis, ágeis e digitais. SEAT é a única companhia no seu setor com capacidade total para desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell (Barcelona), exportando 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 80 países dos cinco continentes. Em 2017, a SEAT obteve 281 milhões de euros de lucros depois de impostos, vendeu perto de 470.000 veículos e alcançou um volume de negócios recorde superior a 9.500 milhões de euros. O Grupo SEAT emprega mais de 15.000 profissionais nos seus três centros de produção: Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica o Ibiza, o Leon e o Arona. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Ateca e o Toledo na República Checa, o Tarraco na Alemanha, o Alhambra em Portugal e o Mii na Eslováquia. A multinacional espanhola tem um Centro Técnico que se configura um “núcleo de conhecimento” que integra cerca de 1.000 engenheiros que têm como objetivo impulsionarem a inovação do maior investidor industrial I&D em Espanha. A SEAT disponibiliza a mais recente tecnologia de conetividade na sua gama de veículos e está empenhada num processo de digitalização global da empresa para impulsionar a mobilidade do futuro. T  / +351 21 891 89 32 SEAT Portugal press@seatportugal.pt Edif. Expo 98, Av D.João II Lote 1.07.2.1 – R/C 1998-014 Lisboa www.seat.pt

Apenas 13% do valor total que o PAN conseguiu para esterilizações foi requisitado pelas autarquias

Aprovado apoio financeiro de 500 mil euros para promover campanhas de apoio à esterilização Apenas foram atribuídos 65 mil euros por falta de candidaturas dos municípios Muitas autarquias, mesmo com apoio monetário, insistem em não cumprir a lei Após ter conseguido aprovar um apoio financeiro de 500 mil euros para promover uma campanha de apoio à esterilização de cães e gatos de companhia e desse valor ter sido efetivamente disponibilizado às Câmaras Municipais (Despacho n.º 3283/2018) o PAN, Pessoas-Animais-Natureza, questionou o governo sobre quantos e quais municípios conseguiram beneficiar do apoio em causa. Pela resposta do Governo foi possível apurar que, dos 500 mil euros só cerca de 65 mil, 13% do valor total, foram atribuídos por falta de candidaturas. Tendo em conta a controvérsia que tem gerado a entrada em vigor da lei que proíbe o abate de animais nos canis municipais e a contestação de muitas autarquias que afirmam ainda não estarem devidamente preparadas para esta mudança, seria expectável, caso existisse vontade política, uma afluência de pedidos para usufruto da verba disponível para a adoção de uma política de controlo da população de animais que assente na esterilização. Pela evidente ineficácia da longa política de abates, e pelos problemas éticos a que não podemos ficar alheios, a procura e implementação de um novo método – a esterilização – como solução para reduzir a sobrepopulação de animais de companhia para os quais não há donos é uma alternativa inquestionável. Mas o reduzido número de municípios que está a utilizar as verbas disponíveis para esta finalidade reflete a falta de interesse político na matéria e confirma que muitas autarquias, mesmo quando lhes é dado apoio monetário, insistem em não cumprir a lei.“Esta realidade vem comprovar que fazer leis e assegurar meios para se cumprirem não é suficiente se os responsáveis pela sua implementação não assumirem um compromisso honesto com as mudanças que são necessárias para resolver os problemas e continuarem a esconder-se em argumentos que espelham opções de desresponsabilização e de laxismo. Para resolver problemas precisamos de mudança de atitudes e de responsáveis políticos focados nas soluções”, reforça André Silva, Deputado do PAN. PANNaíde Müller Assessora de Comunicação e Relações Públicas(+351) 92 54 88 003 | naide.muller@pan.parlamento.pt